Saude

Síndrome do sono insuficiente – causas, sintomas e tratamento




Veja como a síndrome do sono insuficiente ataca grande parte da população e como tratar esse problema!

A grande parte da população do Brasil sofre com distúrbios do sono. Dormem muito menos do que deveriam dormir, isto acaba trazendo transtornos uma sonolência incontrolável durante o dia. Interferindo nas tarefas diárias cochilando em horários inadequados, podendo inclusive causar acidentes se estiver na direção. Além do sono a síndrome do sono pode trazer sintomas como: dores de cabeça, alteração de humor, dificuldades de concentração entre outros. O sono é muito importante para a nossa saúde. Veja a seguir as causas e tratamentos para tratar a síndrome do sono insuficiente. Boa leitura!

síndrome do sono insuficienteQuais as causas da síndrome do sono insuficiente?

As causas da síndrome do sono insuficiente podem estar associadas a vários fatores como: Depressão, ansiedade, estresse, o abuso de cochilos durante o dia, deitar-se muito cedo, o uso abusivo de cafeína, o uso de álcool, cigarro, doença física, ambiente inadequado para dormir, desconforto físico e o uso de algum medicamento.

Quais os outros sintomas além da sonolência que ela pode causar?

A síndrome do sono insuficiente pode causar outros transtornos a saúde como: Dores de cabeça, alteração de humor, dificuldades de concentração, mal-estar, depressão, irritabilidade, problemas de memória, euforia e agressividade.

Quais são os tratamentos que podem ser feitos:

A síndrome do sono insuficiente pode ser tratada de diversas formas, tudo depende da sua causa. Veja a seguir algumas delas:

– Se for uma causa mais grave como uma depressão profunda, o ideal é procurar um médico especialista e se tratar com medição;

– A síndrome quando não é um problema físico, pode ser por causa de maus hábitos alimentares, neste caso evite comer muito perto da hora de dormir;

– Evite ingerir bebidas alcoólicas e bebidas que possuam cafeína;

– Pratique exercícios físicos regularmente, mas evite de fazer pelo menos 3 horas antes de dormir;

– O nosso corpo precisa dormir entre 7 e 10 horas todas as noites, para recuperar as energias;

– Quando durante o dia ficar sonolento, lavar o rosto, tomar um copo de água e caminhar um pouco;

síndrome do sono insuficienteA síndrome do sono insuficiente tem cura?

A síndrome do sono insuficiente é uma das síndromes menos complicadas, pois basta algumas mudanças de hábitos para solucionar o problema. Como não precisa tomar medicação os resultados positivos no sono podem ser bem mais rápidos. Portanto a síndrome do sono insuficiente tem cura, basta seguir algumas regras descritas acima.Porém, seu médico sempre deve ser consultado!

síndrome do sono insuficienteQuais são as outras causas da dificuldade de ficar acordado?

A síndrome do sono insuficiente pode ter outras causas como: Apneia do sono, síndrome das pernas inquietas, narcolepsia e hipersônia idiopática. Todas as causas devem ver investigadas se a frequência da sonolência continuar, deve-se ter um cuidado especial com o sono. Existem mais de 100 distúrbios do sono, mas as principais categorias são: dificuldade de pegar no sono, problemas para ficar acordado, problemas de manter uma rotina de sono e comportamentos diferentes durante o sono.

Espero ter contribuído para tirar algumas dúvidas sobre a síndrome do sono insuficiente. Como você pode perceber que diferente que outras síndromes do sono esta precisa de apenas algumas mudanças de hábitos.Pra quem quer relaxar, sugiro a leitura do artigo sobre a vital caps para relaxar

E pra quem sofre com o ronco, sugiro ler sobre o silent snore que é super interessante!

De adeus aquela sonolência durante o dia! Cuide-se!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.