Alimentação

Glúten: por que é o vilão da alimentação?


O glúten é um tipo de proteína presente na maioria dos alimentos. No entanto, o consumo excessivo dessa substância pode resultar em diversos malefícios para a saúde, além de provocar grande desconforto na hora da digestão.

No mundo atual, temos assistido a várias “modas” no que se refere a alimentação. Primeiro foi a fruta noni, depois o goji berry, e sabe-se lá qual é o próximo. Mas algo que infelizmente não se trata de modismo, são os problemas que algumas possuem em relação ao consumo do glúten. Os alimentos que contém glúten são aqueles que possuem em sua composição cereais como o malte, o trigo, a cevada, triticale e o centeio. Boa parte desses alimentos são calóricos e pouco nutritivos, por este motivo, o glúten também é associado ao ganho de peso.

glúten

Por quê o glúten faz mal?

O glúten é uma proteína que age de diversas maneiras no organismo e possui diferentes funções na produção dos alimentos. A sua presença nos pães e bolos, por exemplo, garante que a massa cresça e não diminua de tamanho após sair do forno.

No entanto, classificar que o glúten está presente apenas nas massas é um equívoco, ele pode ser encontrado em muitos outros alimentos e bebidas.

O principal motivo de o glúten ser um vilão é que no momento da digestão ele pode ter diferentes funções no organismo. Se o consumo for exagerado, ele tende a prejudicar a produção de insulina e provocar uma falta de glicose nas células, o que resulta em muito desconforto após as refeições, com sintomas como o cansaço e o sono.

Esse tipo de proteína também pode ter efeito inflamatório, facilitando a formação de gordura localizada. Além disso, o glúten faz mal deve ser evitado por quem sofre com colesterol alto, isso porque ele ativa enzimas que estimulam a produção de LDL (colesterol ruim), o que pode causar consequências graves, até mesmo quando a alimentação é saudável.

glúten

Os principais sintomas de quando o consumo está acima do tolerado pelo organismo são o desconforto abdominal, inchaço, ânsia e diarreia após as refeições. Esses também podem ser sinais da doença celíaca, caracterizada pela intolerância ao glúten, exigindo uma dieta extremamente restritiva e sem a presença dessa proteína.

Dicas para fazer uma dieta sem glúten

Separamos algumas dicas . Confira:

Sempre confira os rótulos dos alimentos

O glúten tem sabor, mas como é misturado a dezenas de outros ingredientes, fica impossível identificar se ele está presente no alimento apenas pelo paladar. Para garantir uma dieta sem glúten é preciso estar sempre atento as informações nutricionais.

Os produtos compostos por esta proteína são vendidos com a informação “contém glúten” na embalagem.

Substitua a massa comum pela sem glúten

Cada vez mais as pessoas optam por uma dieta sem glúten, fato que exigiu a adaptação de determinados pratos. É possível encontrar nas prateleiras ou preparar em casa vários tipos de comida, como bolos, pães, tortas, molhos e macarrões sem qualquer resquício desse componente. Seja adepto a essas receitas.

Consuma mais frutas, legumes e verduras

As frutas, legumes e verduras não possuem glúten, além disso, contam com uma variedade grande de vitaminas e são muito nutritivos. Esses alimentos são indispensáveis na dieta sem glúten, até porque, eles ajudam a saciar a fome e podem diminuir a vontade de comer os alimentos proibidos.

Nem todo cereal contém glúten

A aveia é um cereal que não possui esse componente e pode ser consumida com tranquilidade na dieta com pouco ou totalmente sem esse tipo de proteína. Além de ser muito boa para a saúde, a aveia pode auxiliar na perda de peso de maneira significativa.

Onde comprar produtos sem Gluten?

Na loja Walmart abaixo, eles possuem um vasto cardápio de produtos sem o Glúten para sua dieta, chega de sofrer, clique e confira:

Conclusão

Bom pessoal, para ter certeza de que é o glúten que está prejudicando sua alimentação, deve-se procurar seu médico nutrólogo para que ele lhe peça os exames e se consiga ver se realmente é esse o problema.Não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações aqui apresentadas que são de domínio público na Internet.

Dúvidas e sugestões usem os comentários!

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *