Formigamento nas mãos: por que ocorre?


Formigamento nas mãos podem ser sintomas de vários problemas, entenda o caso!

O alto número de terminações nervosas que temos em nossas mãos e braços nos permitem ter movimentos mais delicados, sentir os objetos e alterações de temperatura, por exemplo. Assim, pequenas alterações podem ocasionar a dormência ou formigamento dos membros.

Causa mais comum de formigamento nas mãos

A causa mais normal para que isso ocorra é a pressão dos nervos, que pode surgir por outros motivos, como hérnia de disco, osteoartrose da coluna cervical ou síndrome do túnel do carpo, por exemplo. Também pode indicar inflamações, enxaqueca, dificuldades na circulação do sangue ou doenças como diabetes, AVC, esclerose múltipla, infarto, deficiência de vitaminas ou hipotireoidismo.

De qualquer modo, se você notar um formigamento intenso e recorrente, junto a outros sintomas como dor no peito, cansaço excessivo ou dificuldades na fala, procure um médico para que possa diagnosticar a causa e iniciar um tratamento adequado.

Conheça as possíveis causas do formigamento

Síndrome do túnel do carpo: A síndrome é a maior causa do formigamento nas mãos. Ela ocorre quando o nervo mediano, inervado na palma da mão, se retrai na região do punho. Essa ação causa o formigamento ou dormência da mão, além da dificuldade para segurar alguns objetos e impressão de dedos inchados.

Epicondilite lateral: Condição que também é conhecida como “cotovelo de tenista”, se trata da inflamação dos músculos e tendões do cotovelo e ocorre por causa do uso repetitivo da articulação. Pode surgir dores intensas no cotovelo e perda de força em todo o braço. O formigamento, normalmente, surge pela compressão do nervo ulnar.

Diabetes descontrolada: Quando as taxas de açúcar sanguíneo estão muito altas por um longo período de tempo, podem surgir pequenas lesões nos nervos, em diversas partes do corpo. Por isso, a diabetes pode ser considerada uma causa do formigamento dos braços, mãos, pés e pernas.

Cisto sinovial: O cisto sinovial provoca um pequeno caroço na pele que é preenchido pelo líquido da articulação, podendo comprimir os nervos e ocasionar o formigamento e perda de força nas mãos.

Hipotireoidismo: Se não for tratado de maneira correta, o hipotireoidismo pode gerar lesões nos nervos que transportam informações entre o cérebro e o corpo.

Infarto: Um sintoma clássico do infarto é o formigamento e dormência, principalmente do braço esquerdo. Pode incluir outros sintomas como suor frio, dor no peito e falta de ar.

AVC: Mesmo que mais raro, o formigamento no braço ou mão pode ser um dos primeiros sintomas do AVC. Outros sintomas incluem falta de força em um dos lados do corpo e dificuldade para falar.

Pressão nos nervos: Os nervos responsáveis pela inervação dos braços saem da medula e, através da coluna, chegam até as mãos e dedos. Esses nervos podem ser pressionados durante o caminho até as mãos, por tumores, infecções ou vasos sanguíneos dilatados.

Deficiência de vitaminas: A falta de vitaminas, principalmente B12, B6 B1 e vitamina E, provocam modificações nos nervos e alterações na sensibilidade. Além dos nervos, podem gerar irritabilidade e cansaço.

Enxaqueca: A enxaqueca pode ter sinais antecipados, como o formigamento nos braços, mãos, pernas ou boca, além de dificuldades na fala, fraqueza nos membros ou alterações visuais.

Alterações na circulação: Doenças circulatórias podem alcançar braços e mãos, mesmo sendo mais comuns em membros inferiores, provocando dores, úlceras e formigamentos.

Esclerose múltipla: A esclerose gera a degradação das fibras nervosas do cérebro e medula espinhal, portanto, alguns de seus sintomas são a perda de força, falhas de memória, formigamento em diversas partes do corpo e cansaço excessivo.

Importante

Sempre procure seu médico ao sentir qualquer um desses sintomas.

Sugestões de artigos podem deixar nos comentários!

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *