Saude

SARAMPO: COMO OCORRE? COMO TRATAR?

O sarampo é uma doença infecciosa bastante comum na infância que aparece com maior frequência em crianças recém-nascidas até a faixa etárias dos 12 anos de idade.

A doença também pode acometer pessoas adultas com uma gravidade muito mais elevada por ser uma patologia característica da infância. Como o sarampo é uma doença infectocontagiosa, a transmissão ocorre de pessoa pra pessoa, por diferentes meios como a tosse, respiração, espirros ou por qualquer meio no qual há troca de partículas virais como a saliva e secreções respiratórias por exemplo.

Sintomatologia do Sarampo

Sarampo

No primeiro estágio da doença, o sarampo apresenta manifestações físicas rigorosas como:

  • Febre alta
  • Tosse constante
  • Dores musculares seguido de fraqueza
  • Irritação oftalmológica
  • Manchas vermelhas pelo corpo

As manchas vermelhas não aparecem nos primeiros dias da doença. Ela apresenta-se apenas do terceiro dia quando a doença atinge outros órgãos do corpo como os ouvidos e pulmões, causando a já conhecida pneumonia. Caso o sarampo não seja tratado de forma adequada, o caso clínico se agrava e o paciente vai a óbito.

 

Formas de Tratamento

sarampo

O tratamento utilizado em crianças também é utilizado nas pessoas adultas, porém com um pouco mais de cuidado, já que em adultos os sintomas da doença são mais agressivos. Recomenda-se hidratar-se constantemente já que o corpo perde grande quantidade de água e pode se desidratar com facilidade devido as febres elevadas.

Os cuidados médicos não são específicos para a infecção por sarampo, tendo por base um tratamento limitado ao alívio dos sintomas até que a imunidade do corpo tenha anticorpos suficientes para combater o RNA do vírus hospedeiro.

A administração de vitaminas A é utilizada em crianças assim que a doença é diagnosticada, sendo aplicada de acordo com a tabela disponibilizada pela Organização Mundial da Saúde.

Abaixo, segue a tabela com as dosagens de acordo com a idade da criança.

 

Idade das crianças Dosagem de vitamina A em aerossol
Menos de seis meses 50.000 U.I – uma dose no dia do diagnóstico e mais uma dose no outro dia
Entre seis e doze meses 100.000 U.I – uma dose no dia do diagnóstico e mais uma dose no dia seguinte
Maiores de doze meses 200.000 U.I – uma dose no dia do diagnóstico e mais uma dose no dia seguinte.

 

Para as crianças maiores de um ano de idade, a administração da vitamina A também pode ser feita em duas doses de cápsulas entre os intervalos determinado na tabela.

É importante ressaltar que quando a administração de vitaminas no corpo não oferece o resultado desejado, o procedimento estabelecido pelo Ministério da Saúde deverá ser adotado.  

Métodos Preventivos

A melhor forma de evitar o contágio é tomando as dosagens da vacina contra o sarampo que deve ser administrada inicialmente na infância e posteriormente durante a fase da adolescência. Evitar contato direto com pessoas infectadas e que estejam no estágio inicial da doença também faz toda a diferença no método preventivo contra o sarampo.

Uma vez que a pessoa pega sarampo, o sistema imunológico cria certa resistência ao material genético do vírus, produzindo anticorpos suficientes para que a doença não se desenvolva no organismo.


Procure sempre seu médico ao sentir ou perceber em alguém esses sintomas do sarampo, ele é uma doença séria e deve ser tratada com cuidado! Também já falamos em outro artigo aqui em nosso site sobre os sintomas da dengue, que é também bem séria.

Dicas de novos artigos, podem deixar nos comentários!

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *