Saude

Covid 19: qual a importância de fazer uma radiografia


Poucas pessoas reconhecem a importância da radiografia no ambiente médico. Para os pacientes, por exemplo, o exame de raio-x é um dos mais simples e, por isso, muitas vezes negligenciado. No entanto, quando finalmente se entende como funciona a radiografia, é possível valorizar ainda mais esse tipo de exame e os benefícios que ele traz para o diagnóstico médico de toda sorte de doenças.

Para se ter uma noção da importância da radiografia, recentemente um grupo de estudantes desenvolveu uma tecnologia que é capaz de detectar a Covid-19 em um paciente apenas com base no raio-x do seu pulmão. Isso poupa muitos recursos em testes e permite agilizar bastante o diagnóstico da doença, permitindo um tratamento mais rápido para quem precisa. Em um cenário de pandemia, isso é essencial para salvar vidas.

Quer aprender mais sobre a importância da radiografia? Então siga a leitura abaixo!

O que é radiografia?

radiografia

A radiografia é uma técnica para examinar o corpo humano que usa raios-x para poder enxergar alguma variação dentro do nosso corpo. Basicamente, ela permite que seja possível “ver através” do nosso corpo e, assim, identificar objetos, massas ou lesões de forma a permitir diagnósticos precisos, capazes de salvar vidas.

Como funciona a radiografia?

Saber o que é essa técnica não é o suficiente para entender como funciona a radiografia. Em primeiro lugar, o procedimento depende de uma máquina que emite raio-x em uma determinada direção, além de outra que absorve esses raios. Com base nisso, é possível ter uma “imagem” do objeto atingido pelos raios ao excluir a parte que não absorveu nada.

covid radiografia

Confuso? Fica mais fácil de entender se pensarmos em luzes e sombras. Imagine um refletor de luz bem forte em direção a uma parede. Você provavelmente verá apenas a parede muito bem iluminada. No entanto, se uma pessoa entrar na frente do feixe de luz, será possível ver a sua silhueta bem definida na parede, uma vez que só a parte do seu corpo não receberá luz.

Com o raio-x é a mesma coisa. A máquina emite um feixe de raios-x em direção ao corpo do paciente. A quantidade de raios é calculada com base na composição e densidade da parte do corpo investigada. Os raios que atravessam são capturados pelo outro equipamento (como se fosse a parede). Já os raios absorvidos no corpo não aparecem na imagem. Assim, é possível saber onde há uma massa não prevista no corpo, o que pode indicar várias coisas.

Qual a importância da radiografia?

A importância da radiografia é praticamente incalculável. Afinal, ela garante uma visão para o médico dentro do corpo do paciente sem precisar fazer uma incisão e olhar lá dentro de verdade.

Por causa do seu funcionamento, a radiografia permite identificar ossos quebrados, lesões internas, tumores e massas não conhecidas e toda sorte de problemas dentro do nosso organismo.

Isso permite um rápido diagnóstico de várias doenças, além da confirmação de vários elementos que poderiam custar a vida de um paciente em outras ocasiões. Inclusive para cirurgias, a radiografia permite que o cirurgião saiba exatamente o que esperar, uma vez que ele pode “ver” dentro do paciente antes de ir para a cirurgia.

No geral, a radiografia foi uma das invenções mais importantes da medicina moderna e, por isso, deve ser preservada e otimizada com o tempo, para ser mais e mais eficaz.

Como ficou claro neste artigo, a importância da radiografia é praticamente inestimável. Trata-se de um exame importantíssimo no cenário médico, que pode fazer a diferença entre salvar vidas ou não em um momento importante. Por isso, é essencial ter profissionais especializados em raio-x e trabalhar em conjunto com os desenvolvedores de Inteligência Artificial para aumentar as chances de otimização de diagnóstico.

E aí, gostou do conteúdo? Comente abaixo com a sua opinião sobre o tema!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *