Glicose alta: Veja aqui como evitar


Glicose alta é um problema grave, veja como identificar, e quais os sintomas

Quando o assunto é saúde, um dos itens que devem ser monitorados constantemente é a taxa de glicose no sangue, já que ela pode ser indicativo de muitos problemas, como a diabetes. Por isso, hoje vamos te explicar tudo sobre a glicose alta, também conhecida como hiperglicemia, seus sintomas e como evitar. Continue acompanhando!

glicose alta

Hiperglicemia x Hipoglicemia

Algumas pessoas ainda possuem dúvidas sobre a diferença entre a hiperglicemia e a hipoglicemia, porém, é bem fácil compreender cada uma delas.

Quando falamos em hiperglicemia, nos referimos à glicose alta, ou açúcar no sangue, como é conhecida popularmente. Esse quadro geralmente aparece quando o corpo não produz insulina suficiente para quebrar as moléculas de açúcar e transformá-las em energia para o organismo realizar suas funções básicas. Nesse caso, estamos falando da diabetes.

Já na hipoglicemia acontece o contrário, ou seja, existe uma baixa dos níveis de glicose no sangue, o que pode levar a sensação de tontura, vertigens, suor excessivo e palpitação. Nos casos mais extremos, a pessoa pode chegar a sofrer desmaios e ter de ser levada ao hospital.

Um fato curioso é que mesmo os diabéticos podem sofrer quadros de hipoglicemia esporadicamente.

Sintomas da glicose alta

A alta da glicose vem acompanhada de alguns sintomas que podem ser observados facilmente, tais como:

  • Sensação de cansaço, fraqueza, fadiga excessiva
  • Fome aumentada
  • Perda de peso
  • Sede excessiva
  • Aumento do número de idas ao banheiro para urinar
  • Formigamentos
  • Visão embaçada

Porém, a melhor forma de fazer o diagnóstico da alta da glicose é por meio de um exame de sangue. Atualmente existem aparelhos em que você pode fazer a medição em casa de maneira instantânea, com um furinho no dedo e uma gota de sangue.

Fatores que podem levar à alta da glicose

A principal causa da glicose alta, e consequentemente da diabetes é a falta de produção de insulina pelo organismo, que na maioria das vezes ocorre por fatores genéticos, obesidade ou sedentarismo. Além disso, situações externas podem levar à alta temporária da glicose, como por exemplo o uso de corticoides, infeções graves e até situações de estresse.

Além disso, as mulheres também estão sujeitas à apresentarem um quadro de diabetes gestacional, que é o aumento da glicose durante a gravidez. Geralmente, os sintomas desaparecem depois do nascimento do bebê, mas esse é um alerta para a mãe, que pode apresentar a diabetes tipo 2. Acredita-se que cerca de 4% das mulheres grávidas apresentem esse problema.


glicose alta

Como evitar?

Como você viu anteriormente as causas da glicose alta são muitas, porém mesmo não sendo possível preveni-la completamente, alguns bons hábitos são importante no seu controle. Veja a seguir quais são eles:

Pratique atividades físicas diariamente

Você já deve saber… a prática de atividades físicas contribui para a boa saúde em vários aspectos, e com a hiperglicemia não poderia ser diferente. Portanto, movimente-se!

Tenha boas noites de sono

Noites de sono tranquilas e satisfatórias também são importantes no controle da glicose.

Controle o estresse do dia a dia

Se o estresse é uma das causas da alta da glicose, é importante que você busque uma rotina mais tranquila e equilibrada. Além disso, ter um tempo para descansar e praticar algum hobby também pode ser essencial.

Tenha uma alimentação equilibrada

A chave para a cura e prevenção de muitas doenças está na alimentação, não é mesmo? Portanto, mantenha uma dieta equilibrada em sem exageros. Evite consumir alimentos gordurosos, inclua as fibras e frutas na alimentação e beba bastante água.

E você? O que tem feito para manter a sua saúde em dia?

Conte pra gente nos comentários e continue acompanhando o nosso site para ficar bem informado sobre saúde, beleza e bem estar!

Ofertas dos nossos anunciantes: