Saude

Parto Humanizado: o que é, valor e como é feito




Entenda do que se trata e como funciona o parto humanizado, como é feito e muito mais. Veja também sobre o parto humanizado no sus e mais!

A escolha de qual processo escolher para dar a luz do seu bebê pode ser bem difícil, mas sejamos sinceros, o que é fácil no período de gestação? Dentre todas as tendências comentadas nos últimos tempos, o parto humanizado vem se tornando uma das mais presentes dentre as discussões da mulher moderna. Vamos falar mais a respeito e explicar do que se trata.

O que é o parto humanizado?

O parto humanizado não é um tipo de parto, mas sim um processo de nascimento. Nesta filosofia de concepção, o mais importante é o conforto da mãe e do seu bebê, além da saúde ambos. O intuito do parto humanizado é fazer com que o momento do parto seja o mais agradável possível para a mamãe e não tão estressante para o bebê.

parto humanizado

E é por isso que no parto humanizado alguns procedimentos, que são normalmente feitos no hospital, são evitados, como por exemplo: indução do parto, corte do períneo (episiotomia), uso de anestesia, raspagem dos pelos pubianos e o parto cirúrgico (cesariana). Mas sem se esquecer, é claro, que caso a mãe queria fazer uso de algum desses procedimentos ele pode, como foi dito, a protagonista é você e você escolhe como quer dar a luz, com o auxilio do seu cuidador.

Diretrizes da Organização Mundial da Saúde (OMS) indicam protocolos que devem fazer parte do atendimento à mãe e assistência ao parto, visando a redução da medicalização e hospitalização desnecessária para o parto saudável.

De acordo com a OMS a mãe tem:

  • Direito à escolha do(a) acompanhante durante o trabalho de parto e o nascimento;
  • Direito ao cuidado e assistência respeitosos;
  • Direito à comunicação clara e completa sobre todos os procedimentos que irão ser realizados;
  • Garantia de que seus desejos, manifestados antes e durante o parto, sejam respeitados, salvo sob riscos à vida dela ou da criança;
  • Garantia à privacidade e confidencialidade;
  • Liberdade para o manejo da dor (uso de anestesias), posição para o trabalho de parto e nascimento.

Valor do parto humanizado na Rede privada

Existem vários fatores, se o parto será em casa ou hospital, se terá doula ou médicos e muito mais. Mas basicamente:

• Doulas têm valores variáveis de acordo com o pacote que fecham com a gestante e a região em que atuam. Pode-se estimar um custo entre R$ 800 e R$ 1,2 mil para, no mínimo, três encontros antes do parto, assistência no parto e duas visitas depois do nascimento.

• Hospitais não cobram valor extra pela presença da assistência humanizada. Os valores giram em torno de R$ 5 mil e R$ 6,5 mil.

• Já os partos domiciliares, que incluem encontros semanais a partir da 36ª semana, assistência no parto – com o aparato de reanimação neonatal e material para caso de hemorragia da mãe – e três visitas após o nascimento, partem de R$ 6 mil.

Quem estará com a mãe?

Durante o parto humanizado a mãe e o bebê são auxiliados por um medico obstetra, ou ginecologista, um pediatra neonatal, um medico anestesista e uma enfermeira obstetra. Vale ressaltar que quando você, mamãe ou papai, estiver procurando por uma equipe você precisa se certificar que os profissionais trabalhem com parto humanizado, pois isso irá facilitar a comunicação entre você.

A comunicação entre a mãe e o cuidador é muito importante, pois o preparo para o parto humanizado dura os 9 meses da gestação, assim como acontece com o parto normal. E não caso do processo humanizado, a mãe precisa discutir algumas escolhas com o cuidador, como por exemplo, o uso ou não da anestesia.

parto humanizado

Usar ou não a anestesia pode assustar, mas lembre-se o parto humanizado sempre vai buscar o seu conforto. E levando-se em conta que o que torna a dor do parto insuportável, a ponto de necessitar da anestesia, é a injeção de um hormônio artificial que imita a ocitocina, usada para acelerar o parto. E como no parto humanizado esse tipo de procedimento não ocorre, ou seja, sem ocitocina sintética, a dor do parto se torna suportável.

Além do mais, você terá o seu cuidador ao seu lado, na verdade toda uma equipe de cuidadores que querem apenas que esse momento seja prazeroso pra você, por isso o seu cuidador vai poder te oferecer um banho de água quente, ou uma bolsa de água quente, massagens, e indicar posições que ajudam a diminuir a dor.

Os primeiros momentos do bebê após o parto

Depois do parto o bebê vai direto para os braços da mãe, esse momento é muito importante, pois estimula à conexão da mamãe com o bebê, e tão importante quanto essa conexão emocional é a conexão que mãe e filho carregam pelo cordão umbilical.

Por nove meses o bebê recebeu seus nutrientes dessa maneira, e mesmo não estando mais dentro do útero, os nutrientes continuam a passar pelo cordão, então, no parto humanizado o cordão só é cortado quando ele para de pulsar indicando que já não é nada para ser passado ao bebê. E o processo de amamentação começa a ser estimulado, com calma, pois esse precisa ser um momento de carinho.

Parto Humanizado SUS – como funciona?

O Ministério da Saúde já há vários anos financia capacitações de profissionais médicos e de enfermagem em todos os estados, através do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria. Em 2014-2015 foram investidos R$ 2,1 milhões para fortalecer ainda mais este processo em todo o país.Embora não seja tão frequente quando na rede privada, a mulher tem sido direito ao parto humanizado.

Mesmo quando o nascimento vaginal não seja possível, os cuidados e respeito à mãe e à criança devem ser práticas presentes. Por isso, sim, há parto humanizado pelo SUS.

Da mesma forma que na rede privada (planos de saúde ou particular), o ideal é conhecer a equipe médica que vai fazer o parto, conversar com o(a) obstetra que acompanha a gestação e deixar clara a vontade de ter um parto pouco medicalizado.

Como se pode perceber, o parto humanizado tem várias facetas que não foram exploradas neste artigo. Procure uma profissional de parto humanizado ou uma voluntária e saiba mais a respeito.

Video explica melhor sobre parto humanizado

Veja a seguir mais algumas explicacões:

 

Considerações finais

Bom, espero que tenham ententido tudo sobre como funciona o parto humanizado

Por fim ja falamos em outro artigo sobre os alimentos sem carboidrato, leia e entenda

Sugestões e dicas de novos artigos podem deixar nos comentários

Referências – Instituto nascer

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.