Gordura no fígado: como ocorre? porquê?


Gordura no fígado é um problema grave, mas que pode ser evitado, entenda suas causas e tratamento

Você sabia que o fígado pode acumular gordura? Isso mesmo! E quando isso acontece, o corpo reage de diferentes formas apresentando efeitos colaterais. O acúmulo de gordura no fígado pode ocorrer devido aos vários fatores, como você verá a seguir. Felizmente é possível eliminar a gordura do fígado, seguindo alguns métodos e efetuando algumas mudanças de hábitos.

Hoje você descobrirá tudo o que precisa saber sobre a gordura no fígado e assim poderá se livrar do problema o quanto antes. Continue lendo!

Gordura no fígado

(Foto: Divulgação)

Gordura no fígado – quais as causas?

Existem várias causas para o acúmulo de gordura no fígado, mas a principal delas é o consumo excessivo de alimentos que sejam gordurosos ou até mesmo ricos em açúcar. O sedentarismo também pode ser uma causa do acúmulo de gordura no fígado, afinal o indivíduo não pratica atividades físicas e tende a comer alimentos gordurosos. Por isso que o acúmulo de gordura tende a afetar principalmente pessoas acima do peso.

A gordura no fígado, que também pode ser chamada de esteatose hepática, pode ter outras causas, como o diabetes tipo 2, a hepatite C crônica, o jejum feito por muito tempo, a resistência à insulina, entre outros.

O que o acúmulo de gordura no fígado pode causar ao corpo?

Essa condição pode causar alguns problemas e complicações, mas tudo depende do estilo de vida que o indivíduo leva e dos seus hábitos. Entretanto, na maioria dos casos a principal complicação é uma inflamação progressiva do fígado que, posteriormente, pode acabar causando o surgimento de outras doenças graves, como a cirrose hepática.

Para evitar essa e outras complicações do acúmulo de gordura no fígado, é fundamental que o indivíduo com o problema comece a se alimentar melhor, ingira frutas, verduras e legumes, e evite alimentos gordurosos ou com muito açúcar. Usar algumas receitas fit por exemplo pode ser legal. Também é indicado a prática de atividades físicas.


Gordura no fígado

 (Foto: Divulgação)

Sintomas do acúmulo de gordura no fígado

Para que você consiga identificar o problema em seu corpo, é fundamental conhecer os sintomas que o acúmulo de gordura no fígado pode causar. Os principais sintomas são: barriga inchada, cansaço, enjoos, vômitos, fezes claras, pele e olhos amarelados, dor de cabeça, entre outros.

Vale lembrar que esse problema pode atacar qualquer pessoa que não se alimente corretamente e nem pratique atividades físicas.

Gordura no fígado

(Foto: Divulgação)

Qual o tratamento para o acúmulo de gordura no fígado?

Felizmente esse problema pode ser curado, principalmente quando ainda está no início. O tratamento consiste principalmente na mudança de seus hábitos alimentares: o indivíduo começa a se alimentar melhor, realiza atividades físicas com regularidade, acaba perdendo peso e, se o indivíduo tiver alguma doença como Diabetes, um dos passos do tratamento também é controlar a doença.

A alimentação para quem possui acúmulo de gordura no fígado deve ser rica em alimentos integrais, além de frutas, legumes, peixes, leite e derivados desnatados. O indivíduo também não deve ingerir bebidas alcoólicas ou fumar, e deve ficar longe de alimentos gordurosos.

Já explicamos aqui em outro artigo, sobre o que é low carb, sugiro a leitura do artigo!

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *