Medicamentos

Estradiol: tudo sobre esse hormônio! Efeitos, preço e mais!




Conheça tudo sobre o estradiol: como age no corpo, onde comprar, preço, efeitos e muito mais!

O estradiol é um hormônio presente no corpo de homens e mulheres, sendo fundamental para ações de grande importância principalmente no corpo feminino. Esse hormônio tem várias responsabilidades, entre elas o crescimento dos seios, o surgimento de pelos no corpo e também a formação das curvas nas mulheres.

Além de ser um hormônio sexual, se caracteriza por ser um hormônio esteroide. Ele regula o ciclo menstrual, sendo fundamental ainda para o desenvolvimento e a manutenção dos tecidos reprodutivos femininos. Ele ainda é responsável pela produção da lubrificação. No entanto, para entregar todos esses benefícios e realizar suas ações, a sua quantidade em nosso organismo deve ser ideal. Saiba mais a seguir!

estradiol hormonio
Estradiol: tudo sobre esse hormônio! (Foto: Divulgação)

Nível ideal de Estradiol no organismo

O nosso corpo precisa de um determinado nível de estradiol para funcionar corretamente e para que esse hormônio realize todas as funções esperadas. O nível certo de estradiol no corpo feminino varia de acordo com a fase em que a mulher está. Caso o estradiol se encontre baixo ou alto demais em determinados períodos, é necessário um tratamento para colocá-lo no nível ideal.

Nos homens, o nível ideal de estradiol é inferior a 52,0 pg/mL. Nas crianças, o nível de estradiol deve ser menor que 18,0 pg/mL. Já nas mulheres, como falamos, varia de acordo com sua fase. Na fase folicular, o nível deve estar entre 1,3 a 266,0 pg/mL. No ciclo médio, o estradiol deve estar entre 49,0 a 450,0 pg/mL. Na fase lútea, o estradiol deve estar entre 26,0 a 165,0 pg/mL. Na pós-menopausa, o nível deve estar entre 10 a 50,0 pg/mL.

estradiol hormonio
Estradiol: tudo sobre esse hormônio! (Foto: Divulgação)

Causas do Estradiol alto e baixo

Caso o estradiol esteja em um nível muito baixo em alguma das fases mencionadas, ele pode acabar causando insuficiência ovariana, síndrome de Turner, gravidez ectópica ou ainda ter sido causado por causa da menopausa ou pelo uso de contraceptivos.

Por outro lado, ter o estradiol muito alto também não é nada bom. Os níveis muito altos podem ser causados ou gerar os seguintes problemas: tumores ovarianos, tumores feminilizantes, puberdade precoce, doença hepática, gravidez.

estradiol hormonio
Estradiol: tudo sobre esse hormônio! (Foto: Divulgação)

Como tratar o Estradiol alto e/ou baixo

Existem algumas farmácias que vendem a reposição, caso da EuroClinix que vende mais barato, confira:

Estradiol tudo sobre esse hormônio

Para iniciar o tratamento que visa colocar o nível de estradiol na quantia recomendada, é preciso se consultar com o médico para que ele faça exames e possa descobrir o nível do hormônio. No caso do estradiol estar alto, se ele não causou nenhum problema ou doença, é preciso ingerir algumas substâncias que irão inibir o hormônio, para que assim ele fique na quantidade ideal. Se o estradiol estiver muito baixo, o tratamento consiste em uma reposição hormonal com estradiol sintético.

A descoberta do nível de estradiol é feita através de um exame de sangue que é conhecido por também detectar outros problemas, como câncer, menopausa precoce, entre outros. O exame é feito somente sob recomendação médica e somente após sua realização será possível identificar o nível de estradiol, as causas e o tratamento ideal. Por isso é fundamental se consultar com o seu médico com frequência.

Pra quem quer emagrecer, sugiro ler sobre a sibutramina

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.