Conheça os benefícios da acupuntura para a saúde


Sendo um dos mais conhecidos e mais tradicionais tratamentos da medicina chinesa, a acupuntura nada mais é do que uma técnica de inserção de agulhas em diferentes pontos do corpo, a fim de ativar os diferentes pontos energéticos que estão espalhados por todo o corpo. Mesmo com seu surgimento na china a cerca de 5000 anos, foi apenas em 1995 que o Conselho Nacional de Medicina reconheceu o tratamento.

Foi por causa de pesquisas que foram realizadas ao redor do globo que a acupuntura pôde mostrar seu potencial de cura e melhora de muitos pacientes que apresentavam queixas fisiológicas.

Qual é o efeito da acupuntura?

Segundo Jefferson Ferla, um dos pioneiros na acupuntura em curitiba, o efeito de ativação do sistema nervoso que a inserção das agulhas provoca é capaz de mudar o cérebro de maneira estrutural. É enviado um impulso nervoso até o sistema nervoso central, o que traz benefícios. Um exemplo é o alívio de dores do sistema musculoesquelético, como artroses no joelho, poliartrite, dores nos tendões e lombalgia.

Outro exemplo de melhora que a acupuntura traz é relacionado ao humor e ao sistema endócrino. O tratamento traz significativas melhoras com reação ao estado de espírito do paciente. O sistema imunológico do paciente também é beneficiado.

Quais as doenças que podem ser tratadas com a acupuntura?

Segundo o relatório realizado pela Organização Mundial da Saúde, a acupuntura é capaz de curar aliviar os sintomas de cerca de 200 doenças (cefaleias, enxaquecas, náuseas, rinite, insônia, hipertensão, ansiedade e depressão, dentre muitas outras). Dependendo se a dor do paciente seja crônica e aguda podem contribuir para a variação do número de cessões que o paciente irá realizar.

Qual o profissional que irá me atender?

No Brasil, os únicos profissionais que podem prescrever medicamentos, dar o diagnóstico de doenças e realizar procedimentos considerados invasivos são os médicos, veterinários e cirurgiões-dentistas. No entanto, o Colégio Médico Brasileiro de Acupuntura (CMBA) fala que a prática da Acupuntura deve ser realizada por estes profissionais e em seus devidos locais de atuação.

Mais do que uma técnica alternativa, a acupuntura deve ser tratada como uma terapia complementar aos tratamentos já conhecidos. A CMBA afirma que a acupuntura se enquadra como uma especialidade terapêutica que faz o manejo clínico dos que forem tratados. O profissional, assim, deve ser técnico, equipado e preparado para a realização do tratamento.

acupuntura beneficios


Como é uma sessão de acupuntura?

Se caso for a sua primeira sessão, o profissional treinado irá realizar a anamnese, que é uma profunda análise de sua saúde geral. Ela consiste em observar a cor da, formato e revestimento da língua; análise do punho, marcando a pulsação em três diferentes locais, verificação do ritmo e da força do braço.

Segundo a tradição da acupuntura clássica, cada paciente é caracterizado por ter uma constelação singular, que pode ser percebida por seus sinais avaliados e seus sintomas. Dependendo da experiência e aprofundamento do profissional, ele poderá incluir outros componentes de avaliação, sendo alguns de técnica ocidental e outros referentes à tradição oriental.

Realizado então a etapa de anamnese e o exame físico, o acupunturista prescreve a combinação de pontos e inicia a aplicação das agulhas. As agulhas são estéreis e de aço inoxidável, e seu diâmetro costuma ser muito menor ao de uma agulha convencional de farmácia (chega a ser 10 vezes menor).Normalmente, a agulhafica por cerca de 25 minutos, mas pode variar.

O que a acupuntura trata

A acupuntura tem sido utilizada a milhares de anos, e pode ser utilizada para os principais problemas de saúde bem como fortalecer sistema imunológico do organismo e aliviar dores e desconfortos. Confira algumas indicações:

  • Problemas respiratórios:melhoras significativas em resfriados, asma, rinite e bronquite;
  • Neurológicos:redução de dor de cabeça e enxaquecas;
  • Boca e garganta:alívio de dor após extrações cirúrgicas, faringite e gengivite;
  • Visão: auxilia no tratamento da conjuntivite e catarata;
  • Gastrointestinais: redução de acidez no estômago, prisão de ventre, úlcera duodenal;
  • Ortopédicos: dor no nervo ciático, artrite reumatóide, lombalgia e outros;
  • Sono:dificuldade em pegar no sono (insônia), agitação noturna.

Quanto tempo dura o tratamento?

O tempo total da sessão geralmente dura em média uma hora. Além da agulha, outras técnicas também são utilizadas, como é o caso de ventosas e moxabustão (tratamento térmico com a erva Artemisiasinensis). As consultas são semanais ou em duas vezes na semana, sendo que o tratamento ao todo pode variar entre 5 a até 10 sessões periódicas.

 

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *