Noticias

Brasil confirma primeira morte por Variola dos Macacos




Embora vitima tivesse comorbidades, Ministerio da Saude exibe preocupacao agora que o Brasil confirma primeira morte por Variola dos Macacos, entenda

Desde o ínicio do ano, o Brasil tem confirmado casos da nova pandemia que se tem noticia, que é a variola dos macacos. No dia de hoje, infelizmente, o Brasil confirma primeira morte por Variola dos Macacos. Vamos explicar o que houve, o que é essa doença e como podemos nos proteger dela. Acompanhe e entenda.

Brasil confirma primeira morte por Variola dos Macacos

No dia de hoje, o Brasil confirmou a primeira morte ocorrida pela Variola dos Macacos, tambem conhecida como Monkeypox. O fato infelizmente ocorreu an cidade de Uberlandia-MG. o paciente era um homem com baixa imunidade.

Brasil confirma primeira morte por Variola dos Macacos

No mundo, mais de 18 mil casos de varíola dos macacos e 5 mortes pela doença já haviam sido relatados à Organização Mundial de Saúde (OMS) até a quarta-feira (27). Ao todo, 78 países já registraram casos; mais de 70% vêm da Europa e 25%, das Américas.

(Materia em atualização – aguarde alguns minutos)

O que é a Variola dos Macacos( Monkeypox)?

A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a varíola dos macacos uma emergência de saúde pública de interesse internacional há seis dias. Conhecida internacionalmente como varíola dos macacos, a doença, que é endêmica em regiões da África, já afetou 20.637 pessoas em 77 países este ano.

É considerada uma zoonose viral (o vírus é transmitido de animais para humanos) com sintomas muito semelhantes aos de pacientes com varíola, embora clinicamente menos graves. O período de incubação da varíola é geralmente de seis a 13 dias, mas pode variar de cinco a 21 dias, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O surto dessa doença acontece quando há o aumento repentino do número de casos de uma doença em uma região específica. Para usar esse termo, o aumento de casos deve ser maior que o esperado pelas autoridades. O Ministério disse em nota que o controle da doença é uma prioridade do órgão, e anunciou que montará um grupo para coordenar a resposta com a participação de várias instituições de saúde, como o Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde), Conasems (Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde), Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e a Opas, braço da OMS nas Américas.

Sintomas da doença

os sintomas mais comuns identificados são:

-febre, dor de cabeça intensa,

-dores musculares, dor nas costas,

-fraqueza, gânglios linfáticos inchados

-erupção ou lesões cutâneas.

A erupção cutânea (exantema) geralmente começa dentro de um a três dias após o início da febre. As lesões podem ser planas ou levemente elevadas, preenchidas com líquido claro ou amarelado, e depois evoluem para crostas, secam e caem. O número de lesões em uma pessoa pode variar de poucos a milhares. A erupção cutânea tende a se concentrar no rosto, palmas das mãos e plantas dos pés. Também podem ser encontradas na boca, genitais e olhos.

monkeypox brasil morte

Como é transmitida? Quais as medidas de proteção?

A transmissão ocorre através do contato próximo com lesões, fluidos corporais, gotículas respiratórias e materiais contaminados, como roupas de cama. E de acordo com a agência de saúde, a transmissão de humano para humano ocorre entre pessoas que estão em contato físico próximo com casos sintomáticos.

O contato próximo com pessoas infectadas ou materiais contaminados deve ser evitado. Luvas e outras roupas e equipamentos de proteção individual devem ser usados ​​ao prestar cuidados de enfermagem, seja em uma unidade de saúde ou em casa.Lave regularmente as mãos com água e sabão ou friccione-as com gel à base de álcool, especialmente após o contato com a pessoa infectada, suas roupas, lençóis, toalhas e outros itens ou superfícies que tenham sido tocados;

Considerações finais

Bem esperamos que consigam se cuidar contra a variola dos macacos ok?

Já falamos em outro artigo sobre os perigos de fazer dietas da moda, leia e entenda.

Novidades iremos atualizar na matéria, sugestões podem deixar nos comentários.

Referencias – UOL

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.