Triglicerídeos: como agem no corpo

Ajude nosso site, por favor, Compartilhe:

Os triglicerídeos são uma gordura presente em diversos alimentos e nós podemos consumi-lo diariamente sem nem precisar. No entanto, quando consumido de forma excessiva, essa gordura pode agir de forma errada no corpo e entregar efeitos indesejáveis.

Se você deseja manter uma alimentação saudável e focar em sua saúde, é essencial conhecer essa gordura, saber como ela age no corpo e quais são os seus principais efeitos. A seguir, você descobrirá tudo isso e muito mais.

Triglicerídeos: como agem no corpo? (Foto: Divulgação)

Conheça os triglicerídeos

O triglicerídeo é uma gordura que pode ser encontrada nos alimentos ricos em carboidratos e gordura saturada, no entanto, nosso fígado também o produz, afinal nosso corpo necessita dessa gordura em uma quantidade específica para uma série de funções.

Por isso é preciso tomar cuidado na hora de ingerir essa gordura através dos alimentos, pois uma quantidade excessiva pode acabar prejudicando a saúde, além de aumentar o peso.

Triglicerídeos: como agem no corpo? (Foto: Divulgação)

Veja como os triglicerídeos agem no corpo

Como explicamos, os triglicerídeos são produzidos pelo nosso fígado, no entanto quando consumimos demais, ocorre algo que recebe o nome de hipertrigliceridemia. Quando consumimos alimentos ricos em açúcar, como pães, doces, massas e outros, esse açúcar irá ficar armazenado e o fígado o transformará em triglicerídeo.

Esse triglicerídeos ficará em nosso tecido adiposo e será usado quando precisarmos. Ou seja, ele é usado quando ficamos tempo demais sem comer: o nosso organismo passar a usar o triglicerídeo para obter energia.

Triglicerídeos: como agem no corpo? (Foto: Divulgação)

Níveis de Triglicerídeos no corpo

Os indivíduos que têm propensão a ter um triglicerídeo muito alto devem medir os níveis com mais frequência, enquanto o restante da população pode medir uma vez por ano. Se o triglicerídeo estiver abaixo de 150 mg/dL, ele é considerado normal.

Se o triglicerídeo estiver entre 150 e 199 mg/dL, ele é considerado moderado. Já se ele estiver entre 200 e 499 mg/dL, já é considerado alto. Caso o triglicerídeo esteja acima de 500 mg/dL, ele está muito alto e você deve adotar métodos de mantê-lo em um nível normal ou moderado.

Aumento do risco de Triglicerídeos

Além de alguns alimentos aumentarem o risco de você ter um triglicerídeo mais alto, há outros fatores que contribuem para isso também. Por exemplo, a obesidade é um fator muito importante, por isso você deve sempre manter um peso saudável.

Outros problemas que aumentam o risco de triglicerídeo: diabetes, insuficiência renal crônica, síndrome nefrótica e esteatose hepática. Medicamentos como corticoides e betabloqueadores também são considerados fatores de risco para o desenvolvimento de um triglicerídeo alto.

Triglicerídeos: como agem no corpo? (Foto: Divulgação)

O que comer para evitar o triglicerídeo?

Uma das formas de evitar o triglicerídeo alto é se alimentar corretamente e de forma saudável, ficando longe de alimentos gordurosos, frituras, doces e carboidratos do mau. Você pode dar preferência a alimentos com peixes, leite desnatado, versões integrais de alimentos como pães, biscoitos e massas.

Esses alimentos, além de evitar o problema, irá contribuir para o bom funcionamento do seu organismo e para o controle do peso. É preciso ressaltar que o triglicerídeo alto também não apresenta nenhum sintoma.

Recomendados para você:


Ajude nosso site, por favor, Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *