Queloide: como ocorre e porque


O queloide afeta mais pessoas do que se imagina, entenda por que ocorre e se há como evitar.

A queloide é uma lesão que acontece quando ocorre o crescimento excessivo do tecido de cicatrização no local de um ferimento que já foi curado. Essas lesões podem ser avermelhadas, rosadas ou até mesmo escuras; são salientes e pode atingir qualquer local de traumatismo. Entretanto, não muito para se preocupar, pois a queloide não é contagiosa, não apresenta dor, o que a torna mais um problema estético.

Entretanto, ainda assim é preciso conhecer suas causas, sintomas e qual o tratamento mais indicado, além de outros detalhes. Veja todas as informações importantes a seguir.

Queloide: como ocorre e porque (Foto: Divulgação)

Conheça as causas de Queloide

Como mencionado, aela pode se formar em qualquer região do corpo que possua um ferimento já curado. Sendo assim, pode surgir nos casos de: feridas traumáticas, acne, em regiões de vacinação, queimaduras, pequenos arranhões, tatuagens, varicela, furo nas orelhas ou até mesmo em cortes cirúrgicos.

É comum se deparar com queloides nessas ocasiões, mas você não precisa se preocupar pois o problema pode ser tratado facilmente e não apresenta nenhum outro tipo de risco para sua saúde.

Quem é mais propenso a desenvolver?

Um dos principais fatores de risco para seu aparecimento aparenta ser um componente genético. Além disso, pessoas com idade entre 10 e 20 anos são mais propensas a desenvolver, assim como asiáticos, afro-americanos e hispânicos.

As mulheres são mais afetadas pelos queloides, mas ela pode acometer homens e a idade não interfere.

queloide

(Foto: Divulgação)

Sintomas de Queloide

Felizmente, ela pode ser notada a olho nu de forma fácil e simples. As lesões de queloide, encontradas nos locais de ferimentos já curados, tendem a ser salientes, duras e possuem uma superfície lisa, com a coloração variando conforme já mencionamos.


É comum também sentir coceira no queloide ou na área próxima. Ela não necessita de acompanhamento médico, mas você deve ir em busca de um profissional caso essas lesões estejam lhe prejudicando esteticamente.

queloide

 (Foto: Divulgação)

Qual o tratamento?

Na maioria dos casos a queloide não precisa ser tratada, no entanto, quando isso se faz necessário, não é algo fácil. Alguns especialistas até recorrem a procedimentos cirúrgicos para remover a queloide, no entanto essa cirurgia deve contar com outros tratamentos, como uma radioterapia e o uso de corticosteroides.

Há ainda o tratamento chamado de crioterapia com nitrogênio líquido que tem como função congelar a queloide. Quando diversos tratamentos são associados, as chances de cura são ainda maiores.

queloide

Como conviver com a Queloide

Como mencionamos, a ela não apresenta necessariamente problemas de saúde, mas sim estéticos. Dependendo do tamanho, pode ser bem difícil de esconder, além de poder prejudicar a autoestima. É fundamental seguir os tratamentos e recomendações médicas para obter bons resultados.

Além disso, é importante evitar ficar muito tempo exposto ao sol, pois isso fará com que o queloide fique ainda mais escuro. Você pode cobrir o queloide com protetor solar ou até mesmo com curativos. Pessoas com o problema podem ter que lidar com sensibilidade na região, assim como irritação pelo atrito com roupas.

Quem quer saber sobre como apimentar a vida a 2 sugiro ler o artigo sobre o super tribulus viagra natural.

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários.

Referências: Sociedade brasileira de Dermatologia


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *