Meloxicam – efeitos e como age no corpo


Nesse artigo vamos conhecer o medicamento Meloxicam para que serve e como usá-lo e as ações esperadas do remédio. Continue lendo o texto e saiba quais as indicações e contraindicações do Meloxicam.

Ações esperadas do Meloxicam

Como o medicamento possui propriedades anti-inflamatórias ele age contra febre e dores corporais. O Meloxicam inibe as enzimas responsáveis por causar inflamações. Os resultados são sentidos oitenta minutos após a ingestão do remédio.

Contraindicação do Meloxicam

Ressaltamos que antes de fazer uso dessa medicação é fundamental que o mesmo tenha sido indicado a você por um médico. Esse medicamento não pode ser usado em pessoas que tenham apresentado qualquer reação alérgica ao mesmo anteriormente, ou por quem sofra com asma, obstrução nasal, inchaço nos lábios, línguas e olhos ou coceira na pele.

Seu uso não é indicado a pessoas que tenha problemas intestinais, intolerância a lactose ou demais disfunções, veja a seguir a lista de contraindicações extraída da bula.

-Sensibilidade a qualquer substancia existente na formula;

-Pessoas com histórico de asma, pólipos nasais, urticária, angioedema, acido acetilsalicílico;

-Doença inflamatória intestinal que esteja ativa;

-Úlcera gastrintestinal,

– Sangramento gastrintestinal ou cérebro vascular;

-Insuficiência hepática;

-Insuficiência renal;

-Após cirurgias de revascularização do miocárdio ou angioplastia.

Advertência do Meloxicam

Algumas precauções devem ser tomadas quando se faz uso desse medicamento indicado para tratar as mais diversas inflamações. É importante lembrar que o paciente deve relatar qualquer sintoma diferente ao seu médico.

Durante o tratamento podem surgir ulceras, sangramento do aparelho digestivo, perfuração e problemas digestivos graves que podem ser fatais. É proibida a utilização desse medicamento a gravidas, lactantes e crianças.

Efeitos negativos gerais

-Náuseas;

-Má digestão;

-Dor abdominal;

-Vomito;

-Anemia;

-Diarreia;

-Coceira;

-Prisão de ventre

Reações comuns

Dor abdominal, diarreia, vomito e náuseas.

Reações incomuns

Tontura, anemia, vertigem, hipertensão, gastrite, estomatite e constipação.

Reações raras


Leucopenia, urticária, distúrbio visual inclusive visão turva, conjuntivite, zumbido, palpitações, trombocitopenia, alteração do humor, asma, úlcera gastroduodenal (podendo ser fatal), colite, esofagite, necrólise epidérmica tóxica.

Reações muito raras

Hepatite, perfuração gastrintestinal que pode ser grave e levar a obto, dermatite bolhosa, insuficiência renal aguda.

Como usar o Meloxicam

-Tratamento da artrite reumatoide: A dose recomendada pode variar, mas normalmente são 15mg uma vez ao dia.

-Tratamento da osteoartrite: Nesse caso a dose é de 7,5 mg uma vez ao dia.

Os comprimidos de Meloxicam não devem ser mastigados e sim engolidos inteiros com ajuda de um copo de água ou alimentos que facilitem a absorção.

Resumo

Esse artigo visa informar os pacientes que fazem uso do medicamento conhecido como Meloxicam para tratar infecções. Evidenciamos que o uso do remédio só deve ser feito com prescrição medica e qualquer alteração notada durante o tratamento deve ser relatada ao médico.

Os efeitos esperados do remédio são as ações trazidas pelo mesmo para tratar infecções como artrite, por exemplo. Em outros casos o medicamento pode ser recomendado, porém cabe ao médico sua indicação.

Não utilize esse medicamento por conta própria, seu uso irregular pode trazer riscos.

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *