China lança teste Anal com cotonete para detectar covid!


Gostou da ideia? Eles alegam que teste é mais preciso, veja como funciona  o teste anal com cotonete para detectar covid e quando chegará ao Brasil. 

Por essa ninguem esperava. Se muita gente acha incomodo o exame que enfia um cotonete no nariz para detectar o covid, imagine o que não dirão ao saberem que a china acaba de lançar um novo modelo de teste anal com cotonete para detectar covid. sim é isso mesmo. A seguir entenda por que isso tem sido feito.

China lança teste Anal com cotonete para detectar covid

Tudo começou quando o teste foi feito em algumas pessoas que chegarma de viagem e das quais se tinha a desconfiança de terem o vírus ainda em uma fase mais inicial.

teste Anal com cotonete para detectar covid

O médico Li Tongzeng, do hospital You’an em Pequim, afirmou à CCTV que o teste retal “aumenta a taxa de detecção de pessoas infectadas” porque o coronavírus permanece mais tempo no ânus do que no trato respiratório.

Segundo a TV estatal, os testes retais não serão generalizados porque “não são práticos o suficiente“.

“Considerando que a coleta anal não é tão conveniente quanto os de garganta, no momento apenas grupos-chave, como aqueles em quarentena, recebem ambos”, afirmou Tongzeng.

Segundo o estudo da Universidade Chinesa de Hong Kong, o teste anal se mostra mais efetivo pois as fezes tendem a carregar uma grande carga viral. No exame, um cotonete com solução salina é inserido de 3 a 5 cm por meio da extremidade anal. Em seguida, o cotonete é rotacionado para a coleta de material.

A princípio os testes ainda estão sendo realizados na fase inicial. Em Pequim, por exemplo, pessoas que moram em bairros com alto contágio tem passado pela nova amostra, além de viajantes que estão em quarentena obrigatória em hotéis e alguns estrangeiros.

De acordo com portais locais, o objetivo é conter o avanço da doença por conta do feriado do Ano Novo Lunar, onde muitos chineses viajam e circulam por diferentes cidades e países.


Como funciona o exame

O exame anal requer a inserção de um cotonete embebido em solução salina de 3 a 5 centímetros no ânus, seguida de uma rotação suave. O recolhimento de amostras de cotonete é necessário no método de diagnóstico PCR.

Conclusão

“Se adicionarmos o teste anal, podemos aumentar nossa taxa de identificação de pacientes infectados”, afirma Li Tongzeng, especialista em doenças infecciosas do Hospital You’an de Pequim. “Mas é claro, considerando que coletar swabs anais não é tão conveniente quanto de garganta, no momento apenas grupos-chave, como aqueles em quarentena, recebem ambos”, completou.

Já falamos em outro artigo sobre a dieta do dr nowzaradan de quilos mortais sugiro leitura do artigo

O que acharam? teriam coragem de fazer?

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários!

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *