Blindagem nas Unhas é sucesso na Internet! veja fotos e como fazer!


Saiba tudo sobre a blindagem nas unhas, que vem fazendo sucesso na internet, veja como é fácil fazer, fotos e exemplos.

Nos dias de hoje, as técnicas existentes para fazermos nas unhas são variadas e empregam vários tipos de tecnologias e técnicas. Já falamos aqui em outros artigos sobre as unhas de gel, a técnica de cutilagem russa e muitas outras. No artigo de hoje vamos mostrar do que se trata e como funciona a blindagem nas unhas, técnica que tem feito muito sucesso na internet e no instagram. Acompanhe conosco.

Blindagem nas unhas – do que se trata

blindagem

Também conhecida como “banho de gel” ou “banho de verniz”, a blindagem de unhas é uma técnica que consiste em uma cobertura das superfícies com materiais como gel ou acrílico. Essa técnica não se trata de um alongamento, apenas de uma cobertura que não envolve colas, o que é um fator positivo para a saúde das unhas. A blindagem é uma técnica estética que visa resolver o problema das unhas fracas e quebradiças mediante a qual é feita a cobertura total das unhas com materiais específicos em gel ou em acrílico. É uma solução alternativa para quem não quer fazer o alongamento mas deseja ter unhas longas e bonitas, pois a blindagem favorece o crescismento natural de suas unhas já que evita que lasquem ou se rompam, obrigrando-a a lixá-las e consequentemente diminuí-las.

Fotos e exemplos de blindagem nas unhas

Separamos alguns exemplos legais para voce pirar e se inspirar:


blindagem nas unhas

 

Como fazer a Blindagem passo a passo

É até bem simples veja só:

1) A manicure aplica uma camada da base Protein Base, que fornece proteção anti-quebra, fortalecendo a unha.

2) Depois, aplica-se duas camadas do esmalte desejado pela cliente.

3) Para finalizar, é aplicada uma camada do Super Duper Top Coat, que irá proteger as unhas e promover um brilho gloss.

4) Pronto! As unhas estão protegidas e fortalecidas!

Conclusão

Viram como a blindagem pode deixar suas unhas bonitas e protegidas?

Já falamos aqui em outro artigo sobre a cutilagem russa que é bem interessante, sugiro a leitura.

Sugestões e dicas podem ser deixadas nos comentários.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *