Jejum Intermitente: tudo sobre essa Dieta!

Dieta do jejum intermitente virou febre entre atrizes e famosas no Brasil, entenda como ela funciona, seus efeitos e os riscos de se adotá-la.

De tempos em tempos, algumas dietas ou suplementos, acabam se tornando febre em nosso cotidiano. Foi assim com a dieta dukan, dieta da usp e também com suplementos como café verde,goji berry e mais recentemente o super slim x. E a nova moda do momento é a dieta do jejum intermitente, ou apenas jejum intermitente, que se tornou febre entre famosas brasileiras. Mas, é importante sempre sabermos como funcionam essas dietas, se existem riscos e o que dizem os médicos. Hoje nesse artigo vamos explicar tudo sobre ela e se realmente tem efeitos positivos. Acompanhe com a gente.

O que é a dieta do jejum Intermitente?

dieta do jejum intermitente

O jejum é uma prática antiga, e até com viés religioso em alguns casos, que é o ato de não comer, enquanto se ora ou medita.Mas atualmente está sendo utilizado para emagrecimento.

Existem diversos protocolos de jejum intermitente que pedem mais ou menos horas de jejum. Antes de conhece-los, no entanto, é importante ressaltar que a escolha da melhor forma de seguir um jejum intermitente deve ser conversada com um especialista (seja endocrinologista, nutrólogo ou nutricionista), que fará exames específicos e saberá dizer o melhor protocolo para sua saúde.

Quais os benefícios?

O jejum intermitente quando medicamente recomendado e bem feito, pode trazer algumas vantagens, como:

  • Mais disposição
  • Clareza mental
  • Controle da glicemia e insulina.

Outro fator interessante, é que alguns estudos preliminares apontam que o jejum pode ajudar na saúde do coração. Isso porque o corpo em jejum utiliza uma substância chamada betahidroxibutirato como fonte de energia, que é utilizada mais facilmente pelo organismo. Isso faz com que o coração poupe energia e se estresse menos.

Quais famosas fizeram a dieta do jejum intermitente?

Todas essas beldades abaixo encararam essa dieta:

famosas jejum intermitente

Além das famosas da foto, a atriz Debora Secco é uma das adeptas desse método, e disse o seguinte em recente entrevista:  “Você só pode comer quando tem fome. Essa é a regra número um. Quando eu chegava no estágio de fome, comia seis bifes com queijo, quatro ovos, bacon… daí só sentia fome 10 horas depois. Quanto mais gordura, mais tempo entre as refeições. Quando quis secar, cheguei a comer de 23 em 23 horas! É possível

Embora seja amplamente adotado, esse procedimento tem de ser isto com cautela, alertam médicos e especialistas.

Como fazer o jejum intermitente

Já avisamos os ricos, mas estes são os métodos mais conhecidos da prática:

Método 16/8: Também chamado de “método da massa magra”, ele envolve pular o café da manhã, restringindo o período de alimentação do dia a oito horas (das 13h às 21h, por exemplo). Depois disso, deve-se jejuar pelas próximas dezesseis horas, até o início do novo ciclo de alimentação.

Método Come-Para-Come: Este método envolve o jejum de 24 horas, um ou duas vezes por semana. Geralmente, aplica-se o jejum do jantar de um dia ao jantar do dia seguinte.

A dieta 5:2: Um pouco menos radical, este método consiste em, em dois dias não consecutivos da semana, ingerir apenas 500 a 600 calorias. Nos outros dias, deve-se comer normalmente.

Anúncio Patrocinado:
   

O QUE PROMETE O JEJUM INTERMITENTE:

– reduzir a depressão;

– aumentar a concentração;

– diminuir a ansiedade;

– acelerar o metabolismo;

– ajudar a regular a pressão;

– auxiliar no emagrecimento

– propiciar uma melhora hormonal;

– Rejuvenescer;

– facilitar o preparo da comida;

– para quem trabalha, são menos potinhos na mochila;

Qualquer pessoa pode fazer?

Segundo as especialistas, que contraindicam o jejum intermitente, ele não deve ser feito principalmente por crianças, adolescentes, idosos, diabéticos que fazem uso de medicamentos hipoglicemiantes e gestantes.”A gestação é o período de maior demanda nutricional no ciclo de vida da mulher. O carboidrato, por exemplo, precisa estar na refeição para dar energia. Além disso, não é aconselhável que a grávida fique muito tempo sem se alimentar porque ela pode passar mal”, afirma Juliana Dantas, nutricionista do departamento de check-up do HCor (Hospital do Coração)

Quais os riscos para saúde?

riscos jejum intermitente

Existem varios. Veja o que dizem os especialistas:

— Não existe nenhum médico hoje em dia que diga que jejuar faça bem à saúde, a não ser que se trate de um guru. É uma aberração. Foi tão banalizado que se transformou em uma moda — critica o nutricionista Pierre Azam.

Na opinião de Jean Michel Cohen, também nutricionista, o jejum “não tem nenhum sentido”.

— Jejuar durante 24 horas depois de ter bebido e comido é algo que pode ser feito, mas interromper a alimentação para se desintoxicar não serve para nada — explica.

Conclusão

Bom pessoal, ‘importante lembrar que toda dieta deve ser sempre feita com acompanhamento médico. Nosso site não recomenda ninguém a fazer essa dieta por conta própria. Somente com os exames adequados o médico pode lhe dizer se essa dieta serve realmente para seu corpo.

Se você tiver sugestões de outros artigos. podem deixar nos comentários.

Recomendados para você:

Seja VIp e receba nossos artigos direto no email:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *