Bom SONO: veja por que é importante para saúde dormir bem!

Para ter um bom sono é  necessário muito mais que fechar os olhos. Você sabe quais os benefícios disso para sua vida? Tem dificuldade em dormir? Confira nossas dicas!

Antes de qualquer coisa, precisamos retomar o que já falamos em outros artigos da nossa página: o nosso organismo tem horários e  dessa engrenagem não podemos fugir! A hora do sono é sagrada para a reposição celular, para rebobinar o cérebro, permitir o rejuvenescer. O metabolismo basal fica no mínimo, em marcha lenta, permitindo o repouso, a restauração. As avós falavam para as crianças: “quem não dorme não cresce”. Para os adultos: “quem não dorme não se restabelece não se regenera”.

Por isso, nesse artigo de hoje trouxemos dicas para ter um bom sono, ou seja, aquele sono restaurador e rejuvenescedor. Para ter acesso a essas informações, siga a leitura até o fim e saiba como como cuidar de si.

Algumas dicas sobre um bom sono:

bom sono

  1. Sempre tomar um bom banho antes de dormir. Ou seja, jamais dormir com o corpo sujo, pois as vibrações de frescor, relaxamento e limpeza que um banho dá; irão sustentar a qualidade do sono.
  2. Evitar tomar café, chás com cafeína (como chá-preto e chá-mate) e refrigerantes derivados da cola, pois todos são estimulantes.
  3. Evitar dormir com a TV ligada, uma vez que isso impede que a pessoa chegue à fase de sono profundo.
  4. Se a pessoa dorme cedo – 20 a 21 horas – seu jantar (leve) deve ser realizado no máximo às 19 horas para dar tempo do organismo digerir e o sono não sofrer interferências da demanda energética para digestão.
  5. Se a pessoa dorme tarde – depois das 22 horas – sua última refeição (um lanche leve) deve ser realizada até 1 hora antes, pelo mesmo motivo mencionado acima

 

Cuidado com a alimentação!

Algumas linhas terapêuticas  indicam que qualquer refeição ou lanche realizado após as 19 horas deverá ser  realizado na forma líquida. O motivo dessa orientação, é porque ao digerir alimentos pastosos, isso irá acelerar o processo digestivo e evitar interferências na qualidade do sono. Exemplos: um arroz com feijão? Bata no liquidificador e tome na forma de sopa. Uma salada de frutas com sorvete? Bata no liquidificador e tome uma vitamina geladinha.

A prática de exercícios físicos:

O ideal é praticar uma atividade física ao longo do dia para evitar o sedentarismo, liberar substâncias que aumentam o estresse e mobilizar a energia basal. Para quem tem insônia recomendo ainda uma atividade corporal ou meditação  (inclusive já falamos sobre a importância dessa atividade em um dos nossos artigos, leia também!) antes do banho e de dormir.

Pâmela Torriani ensina corrida para iniciantes. (Foto: Divulgação)

Ainda citamos  como exemplo de atividade física, a dança ou a yoga, ou  ainda  recomendamos  aa prática de alongamentos. Se você tem alguma fé religiosa, aproveite esse momento para se conectar com bons pensamentos e colocar suas boas intenções para esse período de descanso. É importante mentalizar aprendizados, sonhos bons, expansão da consciência, soluções para desafios. Salientamos ainda, que para pessoas com insônia ou fibromialgia recomenda-se inclusive aulas de natação ou hidroginástica e assim poderá ser provocado um duplo relaxamento: pela atividade física e pela ação do banho de imersão.

Anúncio Patrocinado:
   

E se a insônia vier…

Alguns hábitos podem ajudar na hora de deitar, como por exemplo colocar um copo de água na cabeceira e repetir suas intenções, como desejando que todas as coisas boas se materializem durante o repouso do sono. Pela manhã: você poderá beber essa água em postura de gratidão, assim você também está treinando o seu organismo a relaxar e manter os bons pensamentos, que são indispensáveis para dissipar a ansiedade, a preocupação e pensamentos pesados que tanto nos roubam o nosso bom sono precioso!

Existe também uma outra técnica bastante interessante sugerida, que consiste em fazer um ‘escalda-pés’ de 5 minutos em água gelada exatamente antes de deitar. A pessoa já o faz preparada para deitar na seqüência. Adeptos dessa prática afirmam que este procedimento ajuda a mobilizar a energia concentrada na cabeça para as extremidades do corpo, aliviando assim a mente e suas neuroses.

Últimas dicas:

Para um bom sono apague todas as luzes, inclusive a do abajur, do corredor e do banheiro, pois a luminosidade impede a liberação da melatonina, hormônio responsável pela primeira fase do sono. Não leve livros, laptop ou qualquer estimulante de trabalho ou preocupação para a cama. Tire da cabeceira o telefone, celular e relógios.Esta é óbvia, mas não custa lembrar: use colchão e travesseiro de boa qualidade e adequado ao seu peso e tamanho. Também é bom digerir um chá quentinho antes de dormir, acalmando assim o estômago. Todavia, é importante relembrar a nossa dica 2 descrita acima, o chá não deverá ser estimulante ou conter cafeína! Opte por chá de camomila, hortela  e outros mais “acalentadores”.

Vale ainda ressaltar que o seu colchão e o seu travesseiro devem estar em um bom estado e adequados para sua altura e peso. Caso necessite adquirir novos artigos, acesse o link abaixo em que é possível encontrar excelentes opções e ofertas!

As posições de dormir:
  1. De lado: é a melhor postura! Mas, deve-se colocar um travesseiro que preencha o espaço entre o ombro e a cabeça. É recomendável abraçar um travesseiro e colocar uma almofadinha entre os joelhos.
  2. De barriga para cima: é uma posição aceitável, mas recomenda-se um travesseiro não muito alto e deve-se colocar um apoio (almofada) abaixo dos joelhos, o que ajudará a manter a coluna reta.
  3. De bruços: é uma posição não recomendável. Diz-se que nessa posição não há como evitar uma lesão na coluna cervical, que pode criar contraturas no pescoço dificultando o relaxamento e o sono profundo.

 

Desta maneira, nós do Guia do Corpo esperamos que esse artigo tenha contribuído para que você tenha uma maior e melhor consciência sobre si mesmo. Cuide-se! Se houver alguma dúvida ou sugestão sobre o assunto, entre em contato conosco!

Recomendados para você:

Seja VIp e receba nossos artigos direto no email:



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *