Xilocaina – Do que se trata? Quais os efeitos?


A xilocaína é um medicamento comercializado na versão de pomada, muito usado para aliviar dores. Entretanto, ao passar dos anos, o seu uso tem se tornado muito comum entre pessoas sem receita médica que desejam apenas não sentir dor ao realizar algum procedimento, como colocar um piercing, por exemplo.

Entretanto, como qualquer medicamento, a xilocaína precisa ser receitada por um profissional e o seu uso deve ser feito de forma consciente. A seguir, veja do que se trata essa pomada, para o que ela é indicada e todos os seus efeitos no corpo.

Para que serve xilocaína?

A xilocaína é uma pomada indicada para aliviar a dor durante a realização de exames, assim como é indicada para o alívio temporário de dores causadas por queimaduras leves e abrasões da pele, sendo ainda recomendada para anestesia de mucosas.

Sendo assim, a xilocaína pode ser usada em procedimentos como cistoscopia, intubação endotraqueal, queimaduras do sol, herpes, prurido, rachadura de seios, picadas de inseto, hemorroidas e também em fissuras. No ramo da odontologia, essa pomada ainda pode ser usada como uma anestesia superficial da gengiva antes mesmo da injeção de anestésicos. A pomada ainda pode ser encontrada no sabor laranja, sendo indicada para anestesia tópica da mucosa oral.

Onde comprar mais barata?

Em farmácias como a drogasil, o preço é excelente, clique e confira:

Como a xilocaína age no corpo?

A xilocaína é uma pomada que atua como um anestésico local, além de causar a perda da sensação na área onde ocorre a aplicação, mas isso é temporário. Ela também pode ser aplicada em mucosas e na pele danificada. Sua ação pode ocorrer em até 5 minutos após a aplicação.


xilocainaComo usar xilocaína

Há meios de usar a xilocaína para cada situação. Na odontologia, por exemplo, a mucosa deve ser secada antes da aplicação. É recomendado aguardar até 3 minutos para que a pomada faça efeito. Evite aplicar nos olhos.

A pomada pode ser aplicada em mucosas e na pele, mas você deve aplicar o mínimo possível para evitar os sintomas. Ela pode ser reaplicada em pequenos intervalos quando você julgar necessário. Em exames endoscópicos, a pomada é aplicada no tubo. Quando for aplicada nos seios, isso deve ser feito com o auxílio de uma gaze e a pomada deve ser retirada antes da amamentação. A quantidade de pomada que deve ser aplicada varia de acordo com cada caso.

Quem não pode usar

Xilocaína não deve ser usada por pessoas que são alérgicas à lidocaína, aos outros componentes da fórmula ou por pessoas alérgicas a anestésicos em geral.

Importante

Sempre fale com seu médico antes de usar qualquer tipo de medicamento, não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações aqui apresentadas

Efeitos colaterais da xilocaína

Xilocaína pode causar uma série de efeitos colaterais, entre eles: tontura, convulsões, inconsciência, queda da pressão arterial, bradicardia, parada cardíaca, reações alérgicas, irritação na pele, depressão miocárdica, parada respiratória, entre outros.

É essencial que a pomada só seja manuseada por profissionais e que não se faça uso excessivo. Em caso de qualquer efeito colateral, procure um hospital para ser atendido e reverter os efeitos colaterais. Xilocaína pode facilmente ser encontrada nas farmácias de todo o país, através de embalagens com 50 mg de pomada.

Já falamos aqui também sobre o remedio para emagrecer sibutramina, sugiro a leitura do artigo.

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *