Noticias

Variola dos Macacos no Brasil: o que é, sintomas, casos e mais!




Entenda tudo sobre a Variola dos Macacos no Brasil, como pega, como evitar, sintomas e muito mais, confira!

Nos últimos tempos, mesmo com a pandemia do coronavirus ainda nos assolando, a organização mundial de saúde, tem voltado sua atenção para um novo problema de saúde, que deve ser contido antes que vire uma nova pandemia. Estamos falando da variola dos macacos, que tem casos registrados ao redor do mundo e recentemente também no Brasil. No artigo de hoje, vamos entender como se dá o contagio, como ela ataca e como podemos nos proteger. Acompanhe conosco!

O que é a Variola dos Macacos

Indo direto ao assunto, a doença conhecida varíola dos macacos é uma zoonose silvestre, ou seja, um vírus que infecta macacos, mas que incidentalmente pode contaminar humanos – o que ocorre geralmente em regiões florestais da África Central e Ocidental. A doença é causada pelo vírus da varíola dos macacos, que pertence à família dos ortopoxvírus.

variola do macaco

Existem basicamente 2 tipos de vírus da varíola dos macacos: o da África Ocidental e o da Bacia do Congo (África Central). Apesar de que a infecção pelo vírus da varíola dos macacos na África Ocidental às vezes pode levar a doenças graves em alguns indivíduos, a doença geralmente é autolimitada (que não exige tratamento).

Taxa de mortalidade

Ainda existem vários estudos e monitoramento. A taxa de mortalidade de casos para o vírus da África Ocidental é de 1%, enquanto para o vírus da Bacia do Congo pode chegar a 10%. As crianças também estão em maior risco, e a varíola durante a gravidez pode levar a complicações, varíola congênita ou morte do bebê, aponta a OMS.

Quais os sintomas da doença?

Os sintomas da varíola dos macacos incluem erupção cutânea com bolhas no rosto, mãos, pés, olhos, boca ou genitais, febre, linfonodos inchados, dores de cabeça e musculares e falta de energia.

A OMS recomenda fortemente se distanciar de qualquer pessoa que apresente esses sintomas.

Como evitar a variola dos macacos?

Basicamente, o convívio com pessoas ifnectadas deve ser evitado totalmente. Além disso, superficies e objetos utilizados pelas pessoas devem ser evitados

Deve-se evitar o contato com a pele, rosto e contato sexual com qualquer pessoa que tenha sintomas.

O vírus da varíola dos macacos pode entrar no corpo de várias maneiras, como:

– Por lesões na pele pelo contato com bolhas ou casquinhas infectadas

– Pela boca ou sistema respiratório por secreções, tosse ou espirro

– Pelo contato com roupas, lençóis e toalhas usadas por infectados

Variola dos Macacos no Brasil – casos e contagio

Até o momento existem suspeitasem 6 casos, mas sem confirmação. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, atualizou através do seu Twitter no último sábado (4) que o Ministério da Saúde que existem possíveis casos da Varíola dos macacos sendo monitorados e que, além dos 4 casos já em investigação, outros 2 casos suspeitos foram notificados no estado de Rondônia.

De acordo com o que relatou a Agência Brasil, Queiroga reforçou que os casos estão sendo tratados como suspeitas e que ainda não há confirmados de varíola de macaco no país. Todos os pacientes seguem isolados e em monitoramento.

Considerações finais

Bem pessoal, maiores informações fiquem ligados no site do ministerio da saude ok?

Por fim ja falamos em outro artigo sobre as tranças feias, leia e entenda

Sugestões de novos artigos iremos adicionar na materia

Referencias – Ministerio da saude e CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.