Noticias

Tomografia: aliada na luta contra a Covid-19




A tomografia é um exame muito solicitado para diagnosticar diversas doenças. Na luta contra a Covid-19 os pedidos de tomografia têm aumentado consideravelmente, já que este é um exame muito detalhado que colabora para uma avaliação médica assertiva.

Se você precisa realizar um exame de tomografia ou conhece alguém que precisa fazê-lo, continue lendo esse artigo e descubra um pouco mais sobre esse procedimento.

O que é Tomografia?

A tomografia feita pelo computador é um procedimento pouco invasivo que visa coletar imagens internas do corpo utilizando o raio x e alguns computadores programados exclusivamente para atender essas necessidades.

tomografia covid

De acordo com o artigo sobre tomografia computadorizada publicado pela STAR Telerradiologia, esse exame é realizado por meio da emissão de raios-x ao redor do corpo. Esses feixes de elétrons atravessam o corpo da pessoa e logo em seguida o computador fotografa o interior do corpo e envia as imagens para um computador central. Essas imagens são tratadas de diversas formas pelos computadores e são enviadas para os médicos ou para as empresas de telerradiologia.

Podemos falar que na tomografia são feitas dezenas de fotos do corpo em diversas dimensões, estas fotos por sua vez serão analisadas para que as versões mais claras e nítidas sejam apresentadas aos médicos responsáveis.

Como é um tomógrafo?

O tomógrafo é o equipamento médico utilizado para realizar o exame de tomografia. Para que você não se surpreenda ao ver um tomógrafo vamos falar aqui da sua composição:

• Gantry: esse é o nome dado para o “corpo” do aparelho de tomografia. Lá estão os tubos de raio x e o grupo de detectores. É por meio do Gantry que o técnico responsável pelo exame conseguirá fazer a interação entre o painel de controle e a mesa do tomógrafo;

• Raio x: assim como em qualquer exame de raio x, estes estão presentes no aparelho de tomografia. Porém, nesse exame os raios atuam em movimento contínuo;

• Sensores: ou sensores – ou detectores – são os encarregados de processar a radiação enviada que transpassam o corpo do paciente e transformá-la em um sinal elétrico que possa ser entendido pelos computadores;

• Mesa: a mesa de exame é o lugar onde o paciente ficará durante a realização do exame de tomografia;

• Mesa de comando: na mesa de comando estão os computadores e os monitores preparados para organizar o exame e processar as fotografias. A mesa de comando foi desenvolvida para enviar as informações obtidas pelo aparelho de tomografia, além de ser usada para transformar as imagens obtidas.

Além disso, alguns aparelhos de tomografia computadorizada também contam com a bomba injetora de contraste, que se trata de uma substância que pode ser administrada de forma oral ou intravenosa.

Alguns especialistas solicitam que os exames de tomografia sejam realizados apenas com contraste, já que dessa forma as doenças podem ser diagnosticadas mais rápido e com mais clareza.

Como a Covid-19 pode ser diagnosticada em um exame de tomografia?

Infelizmente o mundo inteiro tem enfrentado uma pandemia mundial que tem atingido muitas pessoas. Aliado a luta contra a Covid-19 temos o aparelho de tomografia, que é responsável por diagnosticar doenças precocemente e assim contribuir para um tratamento rápido que possibilita altas chances de cura.

Muitas pessoas diagnosticadas com Covid-19 que fizeram o exame de tomografia apresentaram características como: pneumonia multifocal e aparecimento de opacidades no pulmão.

Essas observações podem auxiliar em um tratamento mais rápido, onde a pessoa será orientada a ficar isolada e reduzir as chances de contaminar outras pessoas. Além disso, ser diagnosticado no início da doença, dá a chance de a pessoa ser acompanhada por um médico e obter a cura mais rápido.

Como é realizado o laudo?

O laudo é a ferramenta principal para o diagnóstico das doenças. Como a tomografia é um exame que vem sendo muito solicitado durante a pandemia, os centros de saúde vem pensando em soluções para conseguir liberar esses relatórios de maneira mais eficiente, sem perder a qualidade da informação.

Esse é um ótimo exemplo de como a Telerradiologia pode trabalhar a favor do combate a Covid-19, já que o objetivo dela é justamente emitir laudos rápidos que auxiliarão o paciente a iniciar um tratamento o mais breve possível. A Telerradiologia se trata de uma prestação de serviço a distância, que pode ser muito útil em uma pandemia onde as pessoas devem evitar aglomerações e contato físico.

Em resumo, o laudo é o documento que é emitido após o exame de tomografia e nele estão contidas todas as informações geradas pelas imagens do raio-x.

Não é raro que após os laudos de tomografia os médicos especialistas solicitem outros tipos de exames mais específicos, para que dessa forma consiga chegar a uma conclusão correta do que está havendo com o paciente.

E vale lembrar que, obrigatoriamente, os laudos de tomografia devem ser datados e devem conter a assinatura de um radiologista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.