Qual a diferença entre o Colágeno e o Colágeno Hidrolisado?


O colágeno é o melhor exemplo de uma suplementação que combina saúde e estética. É indiscutível que ele traz inúmeras vantagens para nosso organismo, mas você sabe qual é o suplemento mais indicado para sua necessidade?

É melhor usar colágeno hidrolisado ou não hidrolisado? Quando iniciar a suplementação de colágeno?

O que é colágeno?

É uma proteína produzida naturalmente pelo corpo humano, responsável tanto pela sustentação e elasticidade de algumas células quanto por compor fibras de tecidos do organismo.

O colágeno é uma proteína bastante versátil, e é dividido em diversos grupos conforme sua função. Os grupos mais conhecidos são o Tipo 1 e Tipo 2, por possuírem finalidades essenciais para a saúde das pessoas.

Colágeno Tipo 1 X Colágeno Tipo 2

O colágeno tipo 1 é o mais encontrado no nosso organismo, presente na pele, cabelo, unhas e tendões. Ele é responsável pela sustentação das células.

colageno ou colageno hidrolisado

O colágeno tipo 2 está presente em menor quantidade e é achado nas articulações do nosso corpo. Sua principal função é amortecer impactos, evitando fraturas e atritos.

Colágeno Hidrolisado X Colágeno não hidrolisado

O colágeno hidrolisado é um suplemento produzido a partir do colágeno tipo 1. Essa proteína é composta por moléculas partidas, que passam pelo processo de hidrólise, sendo assim absorvidas mais facilmente pelo organismo.

Já o colágeno não hidrolisado é produzido a partir do tipo 2. Aqui a proteína não passa pelo processo de hidrólise, então permanece em partículas maiores, de absorção mais lenta.  Trata-se de um composto puramente proteico, onde as estruturas são mantidas intactas.

As vantagens do colágeno hidrolisado para unhas, pele e cabelo

Por melhorar diretamente a sustentação das células, o colágeno hidrolisado é o suplemento indicado para questões mais voltadas à estética.

Ele trabalha melhorando a elasticidade e tonificação da pele, assim evitando a presença de rugas, celulites e estrias, mantendo a pele mais jovem.

No cabelo, o suplemento atua fortificando o fio, evitando cabelos quebradiços e pontas duplas.

Nas unhas, o colágeno também auxilia na fortificação das células, mantendo unhas saudáveis, evitando a quebra e manchas.

Entre as outras vantagens do colágeno hidrolisado, está o auxílio nos processos de cicatrização do corpo (desde pequenos arranhões até cortes mais profundos).


Ademais, consumir colágeno pode vir a ajudar nos processos de emagrecimento, já que causa uma sensação de estômago cheio, diminuindo a fome.

A maioria dos suplementos disponíveis no mercado é constituído de colágeno somado a algumas vitaminas. O colágeno hidrolisado Espartanos, por exemplo, junta a proteína com Betacaroteno e Vitamina C, trazendo ainda mais benefícios para seu organismo.

Esse suplemento dificilmente não trará os resultados desejados. Quando combinado com uma alimentação saudável, consumir doses diárias de 5g a 10g por dia é garantia de sucesso.

As vantagens do colágeno não hidrolisado para os ossos

colageno em capsulas

O colágeno não hidrolisado impede a fricção entre ossos do corpo. Dessa forma, o suplemento é usado para prevenir ou tratar doenças e dores relacionadas com à estrutura óssea.

Ingerir esse suplemento auxilia na diminuição de dores ósseas causadas por envelhecimento, sobrepeso, exercícios de impacto ou qualquer outro processo que prejudique a força dos ossos.

Também pode ser usado para tratamento de doenças específicas, como osteoporose, artrose, artrite, artrite reumatoide e outras lesões causadas por acidentes ou desgaste físico.

Os suplementos disponíveis no mercado costumam combinar a proteína de colágeno não hidrolisado com alguns minerais, colaborando ainda mais no fortalecimento dos ossos.

Dificilmente o consumo de colágeno não hidrolisado fará mal à saúde, mas também não é garantido que o seu problema será resolvido com esse suplemento.

Então, é indicado que sempre consulte um médico para diagnosticar a causa das suas dores e, assim, saber se o uso de colágeno trará benefícios para seu organismo.

Quando entrar com suplementação de colágeno?

Apesar de ser uma sustância produzida naturalmente pelo corpo, muito se fala do suplemento de colágeno. Então, surge a dúvida: quando é necessário entrar com essa reposição de colágeno?

Trata-se de uma questão de envelhecimento dos tecidos do corpo. Uma pessoa de 20 anos possui uma quantidade de colágeno natural muito superior a uma pessoa de 70 anos.

Isso acontece porque, conforme o tecido envelhece, a produção de colágeno diminui, resultando em uma pele mais flácida, cabelos e unhas mais fracos, aparecimento de doenças ósseas, enfraquecimento de ossos e articulações, entre outros problemas.

Assim, recomenda-se que a partir dos 30 anos (idade que o nível de colágeno natural começa a diminuir) seja considerada a suplementação.

O uso de colágeno como suplemento é sinônimo de saúde. Tanto física, quando utilizado para diminuir dores e tratar doenças ósseas, quanto mental, quando usado para melhorar a sustentação da pele e fortificar cabelos e unhas. Ter um bom relacionamento com sua estética é sinônimo de saúde emocional.

Então, não hesite ao considerar a suplementação de colágeno. São incontáveis os benefícios para seu corpo e para sua saúde!

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *