Polichinelo – tudo sobre esse exercício


Com certeza alguma vez na vida você já fez polichinelo, seja nas aulas de educação física ou na academia, mas será que sabe os benefícios desse exercício visto como simples por muitas pessoas? Para aprender mais sobre o polichinelo leia o artigo até o final e veja suas peculiaridades.

polichineloPolichinelo – do que se trata?

Às vezes não compreendemos certos exercícios e acabamos fazendo os mesmos na maioria das vezes. Algumas pessoas acham que o polichinelo era um exercício de escola e que não serve para nada, porém essas pessoas estão enganadas. Veja a seguir quais as utilidades desse exercício.

-É simples e pode ser feito em qualquer lugar;

-Trabalha várias regiões do corpo ao mesmo tempo;

-Faz bem para todo o sistema cardiovascular;

– Trabalha a coordenação motora.

Benefícios do Polichinelo

Tendo conhecimento que o mesmo é um exercício e não uma brincadeira sabe-se que há inúmeros benefícios em fazê-lo, confira abaixo os principais benefícios em praticar esse exercício:

-Resistência: como é uma atividade de repetição trabalha a resistência física do indivíduo.

-Mantém o coração saudável: aumenta os batimentos cardíacos e faz com que o sangue circule mais rapidamente distribuindo oxigênio em todos os órgãos.

-Alivia o estresse: é divertido e também dá para descontrair um pouco dos demais exercícios.

-Promove a redução de peso: se associado a outros hábitos saudáveis pode contribuir para o emagrecimento.


-Melhora a coordenação: os professores de educação física usam muito esse exercício em suas aulas para avaliar a coordenação dos educandos.

-Tonifica os músculos: se você dedicar-se a realizar intensamente os polichinelos pode tonificar os músculos.

O que trabalha

Podemos afirmar que os polichinelos trabalham todo o corpo, mas principalmente os braços e pernas que ficam em evidencia durante o exercício que alterna os movimentos dos membros.

Porém estamos considerando apenas o exercício comum, há outras maneiras de fazer esse exercício que trabalham distintas regiões do corpo humano.

Variações do exercício para obter maiores resultados

Nesse tópico vamos conhecer algumas variações do polichinelo que podem contribuir com demais regiões do corpo, confira.

– Tipo I: esse é o mais fácil só tem que sincronizar os movimentos dos braços e pernas dando um salto abrindo as pernas e branco, outro salto e fechando ambos os membros.

– Tipo II: Nesse caso as pernas e braços devem ir um para frente e outro para trás entre os saltos.

– Tipo III: Por último o mais difícil, pois entre os saltos o indivíduo deve agachar-se e tocar o chão.

Esses exercícios trabalham os músculos dos membros superiores e inferiores, glúteo e barriga.

Quantas calorias são eliminadas com esse exercício?

Se o indivíduo realizar mil polichinelos ele estará gastando cerca de 200 calorias. Pode parecer um número alto, mas como é uma atividade fácil em poucas semanas de treino uma pessoa já consegue realizar mais de 1000 exercícios de polichinelo ao dia.

Se você reconhece a importância desses exercícios não perca tempo e inclua ele no seu treino. Além de tonificar os músculos ele reduz peso.

Já falamos aqui em outro artigo sobre quantas calorias tem um ovo cozido, sugiro a leitura.

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *