Alimentação

Pipoca de Microondas pode causar Alzheimer? É o que afirma estudo, confira!




Veja por que Pipoca de Microondas pode causar Alzheimer devido a composto presente nela. Entenda esse estudo da usp e veja por que evitar seu consumo.

Quem não gosta de comer uma deliciosa pipoca de microondas quando vai ver uma série ou filme? No microondas, ela fica prontinha em 5 minutos, sem sujeira nem bagunça, mas parece que toda essa felicidade cobra um preço alto. É que um recente estudo da USp, mostra que a Pipoca de Microondas pode causar Alzheimer devido aos ingredientes quimicos presentes em sua composição e faz mal ao organismo. Veja a seguir e entenda melhor.

Pipoca de Microondas pode causar Alzheimer? Entenda

Bom, tudo começou com um estudo da USP de São Carlos, afirma que após analisar por 90 dias, células do cérebro de ratos que consumiram o alimento, descobriram moléculas do composto diacetil. Ele é o responsável pelo gosto e aroma amanteigado da pipoca de micro-ondas. O resultado da pesquisa reforça a tese de que o consumo regular e em altas concentrações da substância pode gerar danos cerebrais, como o Alzheimer.

Pipoca de Microondas pode causar Alzheimer

Como foi feito o estudo?

Nessa pesquisa , os cientistas alimentaram ratos por 90 dias com diacetil, substância que confere sabor amanteigado às pipocas. Foram usados 12 roedores separados em dois grupos: um que recebeu a substância e o outro, placebo. As doses do aditivo foram calculadas para simular o consumo normal de um adulto.Com o uso de concentrações próximas ao que seria um consumo diário normal, os cérebros dos roedores foram avaliados com o auxilio de dois equipamentos: espectrômetro de massas (para ler e mapear as ondas de calor dos órgãos) e cromatógrafo (para determinar as alterações das proteínas).

Os resultados apareceram quando o cérebro dos animais foi analisado, revelando um aumento da concentração de beta-amiloides, moléculas que indicam o surgimento de doenças como o Alzheimer. Das 48 proteínas avaliadas, 46 mostraram desregulação, algumas das quais envolvidas também no desenvolvimento de demência e câncer.

E em humanos? o que ocorre?

Bom, como existe um problema etico em se fazer o mesmo teste em humanos, eles não puderam ter a mesma conclusão. Mas os dados já são conclusivos o suficiente para que o consumo da pipoca de microondas, ainda mais o sabor amanteigado que tem o diacetil em grandes quantidades, deve ser evitado ao máximo.

Video sobre a pipoca de microondas

Nesse video do DR Liu, ele explica melhor

Ebook 150 receitas para Microondas

O microondas é um aparelho que está presente em praticamente todas as cozinhas, mas que ganhou uma fama ruim e, talvez, precipitada de “destruir” os nutrientes de cada grupo alimentar das comidas durante seu aquecimento. Mas de acordo com especialistas e nutricionistas isso não passa de boato. O que importa mesmo é o tempo e o modo de cozimento. Então agora você vai conhecer, o incrível ebook 150 receitas para microondas, onde você vai aliar praticidade e rapidez, comendo coisas bem gostosas!

150 receitas de microondas nova capa

Você já pensou em ter um e-book completo com 150 receitas deliciosas para serem preparadas facilmente no micro-ondas? Pois é, lá dentro você vai encontrar os mais diversos tipos de pratos com orientações específicas para potencializar todas as possibilidades de preparo no aparelho de micro-ondas.

Doces, salgados, bolos pães e muito mais!

Onde comprar esse guia?

No site oficial, ele está mais barato e você evita as falsificações, clique e confira:

receitas para microondas

Considerações finais

Bem pessoal, esperamos que tenha ficado claro como a pipoca de microondas pode causar alzheimer e trazer danos a saude. Prefira sempre a pipoca mais natural, fazendo na panela com pouco sal e azeite no lugar de oleo de soja comum.

Por fim ja falamos em outro artigo sobre como fazer receitas para air fryer que são bem legais.

Sugestões e dicas podem ser deixadas nos comentarios

Referência – Estado de minas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.