O que eu posso comprar de saudável e orgânico em um supermercado?


Cada vez mais teremos produtos mais naturais nos supermercados. Mesmo hoje já dá para achá-los e fazer uma boa compra

Os supermercados e hipermercados mudaram um pouco nos últimos anos. É bastante comum agora ver uma geladeira de produtos orgânicos e sem uso de agrotóxicos para quem se interessa mais sobre o assunto. Mas além desse Oasis em um canto, dá para confiar em outros produtos e fazer uma compra de maior qualidade sem ter que ir em uma vendinha ou loja especializada. A resposta é sim.

Diversidade de alimentos, restrições e gostos

comprar organico

Só abrir um folheto de ofertas Walmart em uma plataforma como a do Portafolhetos, que concentra os encartes promocionais de lojas e supermercados em uma versão online, para ver como as coisas estão mudando.

A beleza de nosso modelo econômico é ter que se adaptar a todos os gostos. Um supermercado não pode ignorar uma parcela que não come glúten, por exemplo. Porque além dela ficar cada vez maior, isso seria perder dinheiro sem razão alguma.

Nos últimos anos a diversidade de alimentos aumentou. E até a de restrições: mais pessoas descobriram que não reagem bem à lactose ou são celíacas. E mesmo quem não é celíaco está optando por produtos sem o trigo que é posteriormente industrializado, que pode ser problemático dentro do organismo. Até produtos low carb e para diabéticos também ganham espaço.

E os supermercados estão indo de acordo com essa mudança nos gostos e exigências. Você pode encontrar doces sem a presença de açúcar – brigadeiro, bolos, até sorvetes – macarrão sem glúten (ele tem uma cor quase transparente), leite sem lactose e uma infinidade de produtos low carb.

Dá para confiar nas frutas e verduras?

A questão das frutas e verduras é um pouco mais complicada. Elas sempre estiveram ali e ainda são fontes de vitaminas e outros nutrientes. Não dá para subestimar a importância de seu consumo regular.


A questão é que com o uso crescente de agrotóxicos, comê-las pode ser um risco a longo prazo se a procedência não for de confiança.

Por isso, ao entrar em um supermercado, presente bastante atenção na seção verde. Veja os rótulos e etiquetas para saber o que foi usado nelas. Desconfie de tamanhos desproporcionais e prefira frutas que estão na época.

E, se o supermercado tiver, veja a seção de verduras orgânicas e que não usam agrotóxicos. Elas até podem ser um pouco mais caras, mas também serão mais saudáveis. E você vai ajudar em um movimento de sustentabilidade que é importante para nosso planeta.

Prefira sempre o natural

Isso não quer dizer que tudo industrializado é uma porcaria. Longe disso. Mas é claro que o natural sempre será melhor. 

Por exemplo, o refrigerante é um grande vilão de nutricionistas e os advogados de uma dieta mais saudável. A quantidade de açúcar que há neles é brutal, assim como químicos para manter a conservação e até criar a cor pelos quais eles são conhecidos.

É difícil se livrar deles? Não tem problema, só tente diminuir o consumo. Os sucos de caixinha são uma opção melhor, por mais que não sejam ideais. O perfeito mesmo é comprar laranjas e fazer suco natural, que conserva melhor os nutrientes e tem açúcar natural. 

A rotina do dia a dia pode impedir que cada vez que bata a sede uma laranja seja espremida, claro.  Mas fazer isso com alguma frequência pode mudar seus hábitos e fazer sua dieta ser de melhor qualidade. E abrindo um catalogo de lojas cem ofertas dá para perceber a diferença: além de ser mais saudável você pode poupar dinheiro.

Não há desculpas

Cada vez mais os grandes supermercados estão investindo em produtos mais naturais e atendendo a essa exigência de uma parcela da população. Se mais pessoas compram esses produtos, essa importância será ressaltada e os preços até podem cair.

Sugestões e dicas de novos artigos podem deixar nos comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *