Furúnculos na axila: por que ocorrem e como cuidar.


Entenda por ocorrem os furúnculos na axila e como tratar de forma adequada.

Muitas pessoas têm furúnculos, eles são caroços amarelados, muito doloridos, na maioria dos casos são pequenos. A bactéria Estafilococos aureus é a responsável pelo aparecimento dos furúnculos.

Eles surgem na pele e em poucos dias desaparecem, porém são dolorosos e causam desconforto, e podem exigir tratamento e tomar medicações. Os furúnculos podem durar entre 7 e 10 dias.

furúnculos na axilaOnde podem aparecer os furúnculos?

Os furúnculos podem aparecer em inúmeros lugares, mas as regiões úmidas, com pelo e com atrito são as mais propícias para eles surgirem. As partes são pescoço, couro cabeludo, nádegas, rosto, barriga, peito e axilas.

A bactéria do furúnculo é contagiosa e pode ser transmitida pelo contato no pus ou pelo ar. A diabetes é um fator de risco, pessoas que sofrem com doenças que afetam o sistema imunológico como HIV e Lúpus também tem maior probabilidade de ter furúnculo, como também usar roupas apertadas, pessoas obesas, entre outros.

Pessoas que tem furúnculos precisam ter certos hábitos de higiene para evitar que se espalhe, como lavar bem as mãos, não compartilhar toalhas, roupas, entre outros.

furúnculos na axilaSintomas dos furúnculos

Os furúnculos causam muito desconforto, destacamos os principais sintomas, veja:


– Dor forte sobre a lesão;

– Coceira e calor no local;

– Febre entre 37,5° e 38°C;

– Mal-estar.

O furúnculo é parecido com uma espinha, pois é um caroço vermelho e duro. Como possui infecção também é amarelado.

Como é feito o tratamento para furúnculos na axila ?

O tratamento para furúnculo começa pelo diagnóstico correto que deve ser feito pelo médico dermatologista, que é o profissional indicado para cuidar problemas de pele. Na maioria dos casos o furúnculo é diagnosticado na hora da consulta. Portanto, pode ser feito um exame de coleta de cultura bacteriana.

É bem comum que o furúnculo desapareça em poucos dias sem precisar de tratamento. Mas em casos que isso não ocorra, existe tratamento que você pode fazer em casa. Veja:

– Fazer drenagem: em situações de infecção avançada, será preciso realizar uma drenagem para retirar o pus e evitar a necrose;

– Fazer compressas: uma toalha úmida e morna pode ajudar a acelerar o processo de saída do pus;

– Tomar antibiótico: para os casos em que a bactéria esteja muito resistente, antibióticos orais podem ser a solução;

– Usar pomadas: uma pomada anti-inflamatória conterá a infecção, de modo que ela não aumente.

Você até pode buscar informações na internet, mas é muito importante que você tenha orientação médica e se for necessário fazer tratamento com remédio adequado. Nunca esprema os furúnculos, pois ao estourar as bactérias podem se espalhar e penetrar mais no organismo.

É muito comum confundir o furúnculo com espinhas, por isso é importante obter o diagnóstico correto.

Espero que o artigo tenha ajudado. Deixe seu comentário, pois para nós ele é muito importante.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *