Bicicleta Elétrica: Dicas para escolher, comprar e se Vale a pena!


Bicicleta eletrica pode ser uma boa pedida para fazer exercícios, mas poder ligar o motor pra descansar, conheça!

As bicicletas elétricas estão se tornando, aos poucos, muito conhecidas em várias regiões do mundo. Elas podem apresentar centenas de benefícios principalmente em cidades com um grande fluxo de trânsito, mas é preciso avaliar diversos fatores antes de comprar uma, afinal o seu preço pode se equivaler ao de uma moto.

Ao adquirir uma bicicleta elétrica você não terá mais gastos com o carro – pelo menos não mais diariamente -, poderá economizar na gasolina, não precisará mais pagar o IPVA – caso se desfaça totalmente do veículo – e poderá andar com mais tranquilidade pelas ruas, com menos risco de se atrasar para o serviço ou para a escola. Se você ficou interessado nos benefícios que a bicicleta elétrica tem a lhe oferecer, confira a seguir algumas dicas antes de comprar a sua.

Bicicleta Elétrica: vale a pena? Dicas para comprar (Foto: Divulgação)

Bicicleta Elétrica

As bicicletas elétricas evitam o suor, não gasta gasolina e permite que você aproveite ainda mais a paisagem, mas ainda assim existe um certo preconceito com o equipamento, principalmente por parte dos ciclistas das bikes convencionais.

Entretanto, você não se deve deixar levar por causa disso, afinal não são todos que podem se dar ao luxo de tomar um banho depois de pedalar. Se você não pode fazer isso e quer um método mais prático para ir trabalhar, a bicicleta elétrica pode ser a melhor opção.

Bicicleta Elétrica: vale a pena? Dicas para comprar (Foto: Divulgação)

Avalie a bateria

Ainda que não use gasolina, a bicicleta elétrica irá usar uma bateria. O mercado disponibiliza duas opções: baterias de chumbo ácido ou baterias de lítio. A bateria de chumbo é muito mais barata que a de lítio, porém se trata de uma tecnologia antiga que apresenta alguns aspectos desfavoráveis em relação a de lítio, levando muitos a optarem pela última.


Por exemplo, enquanto a bateria de chumbo pode pesar até 12 quilos, uma de lítio pesa, em média, 2,5 quilos. Dependendo do modelo é possível pesar menos ainda. Com isso você pode concluir que a bateria de chumbo irá exigir uma bicicleta maior que suporte seu peso. A bateria de chumbo tende a durar 200 ciclos de descarga e recarga completa, enquanto a de lítio pode durar cinco vezes mais. Outro ponto a ser avaliado é o tempo para carregar: a de chumbo pode levar até seis horas, enquanto os modelos mais novos exigem no máximo três horas.

Bicicleta Elétrica: vale a pena? Dicas para comprar (Foto: Divulgação)

Custos também devem ser colocados na ponta do lápis

Para recarregar a sua bicicleta você irá precisar gastar energia elétrica, então esse gasto também deve ser considerado. Uma recarga completa permite que você ande por 30 quilômetros, gastando apenas R$0,25 por quilowatts. Ou seja, você estará gastando menos de um centavo por quilômetro.

Já no caso do carro, você pode gastar até R$12 por quilômetro com o combustível. Os gastos para o deslocamento em sua bicicleta elétrica sempre serão menores que um de carro.

Bicicleta Elétrica: vale a pena? Dicas para comprar (Foto: Divulgação)

Onde comprar mais barata?

Na loja Netshoes o preço é excelente, clique e confira:

Velocidade e Manutenção

Bicicletas elétricas não podem andar mais do que 25 quilômetros/hora nas ciclovias e os motores podem gerar até 350 watts. Se gerar mais, o indivíduo precisa obter uma habilitação. De acordo com o motivo que você irá usar a bike, pode ser um incômodo até que você consiga a habilitação; muitas pessoas usam a bicicleta como uma forma de agregar renda, vendendo sorvetes e cafés.

Bom, esperamos que tenham gostado das dicas pessoal

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários


1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *