Tuberculose – tudo sobre essa doença


Tuberculose é uma doença grave e que tem de ser cuidada desde o início, confira tudo sobre ela!

Em tempos de corona vírus, é importante que não nos esqueçamos de outras doenças também que podem nos atingir. Nesse artigo vamos desmistificar uma das doenças onde o paciente mais sofre com o preconceito da população. Muitas propagandas de tv trazendo artistas conceituados que passaram pela doença foram ao ar com o intuito de minimizar esse preconceito. Leia o texto e saiba a verdade por traz dessa enfermidade.

O que é a tuberculose?

É uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis. A doença ataca diversos órgãos humanos, mas normalmente os mais afetados são os pulmões.

tuberculose

A tuberculose pode ocorrer nos pulmões, nos ossos, na membrana que reveste o cérebro e até mesmo nos rins.

Forma de transmissão

A transmissão pode ser por via aéreas, mas há casos onde o paciente foi infectado por conta de um espirro onde a bactéria foi transmitida ao enfermo.

Há muitos mitos a respeito da transmissão, por isso nossa equipe deseja frisar que o paciente tubérculo deve ser tradado com respeito e tomar os devidos cuidados para não passar a doença adiante.

Tuberculose pulmonar

A tuberculose pulmonar não tem idade certa para ocorrer, porém os casos mais comuns são em adolescentes e crianças. Os sintomas são a tosse persistente, febre, emagrecimento, sudorese noturna e muco com sangue.


Tuberculose extrapulmonar

Nesse caso os sintomas são característicos com a região afetada, mas o paciente pode apresentar tosse, febre, emagrecimento e demais sinais citados anteriormente.

Tuberculose tem cura

Sim, felizmente pode-se dizer que a doença pode ser tratada e o paciente completamente curado caso siga o tratamento indicado pelo médico.

Normalmente os pacientes devem receber antibióticos para a expulsão dessa bactéria deixando o organismo livre da doença.

Fatores de risco da doença

-Ter idade avançada ou ser criança;

-Ser soro positivo;

-Sofrer de insuficiência renal crônica;

-Ter câncer e estar passando por quimioterapia;

-Ser diabéticos;

-Fazer uso de medicamentos que evitam a rejeição de órgãos transplantados;

-Estar desnutrido.

Esses são alguns exemplos que podem colocá-lo no grupo de risco da doença, mas não são exclusivos, por isso deve-se ter atenção aos sinais da doença.

Contagiosidade

São quatro fatores que podem ser evidenciados como principais quando falamos de contagio de tuberculose, veja a seguir.

-Tempo e intensidade: trata-se de uma pessoa sadia que ficou exposta a uma pessoa infectada;

-Extensão da doença: quanto maior o grau da doença maiores as chances de contágios.

-Condições do ambiente: as bactérias tendem a se reproduzirem em locais com pouca luz, úmidos e mal ventilados.

Em resumo

A tuberculose é uma doença infectocontagiosa que causa pânico entre as pessoas por conta do seu nível de agressividade que pode levar o paciente a óbito.

Esse artigo trouxe diferentes situações que causam curiosidade entre a população que muitas vezes reage negativamente com relação aos enfermos dessa doença.

O melhor cuidado é a prevenção, por isso evite o contato com pessoas infectadas, se mantenha saudável bebendo bastante água, praticando exercícios e alimentando-se adequadamente.

Vale lembrar que ao sentir qualquer desconforto é fundamental procurar o médico para relatar as mudanças sentidas pelo corpo. O tratamento precoce aumenta as chances de cura.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *