Sintomas de Depressão – quais os mais comuns?


A depressão já foi considerada várias vezes a doença do século, matando muito mais do que outras doenças cardíacas. É um problema sério e que deve ser tratado como qualquer outra doença, mas ainda existem muitas pessoas que menosprezam e nem mesmo estão cientes dos sintomas desse problema.

Acontece que a depressão pode ser, em um primeiro momento, confundida com um período de tristeza. No entanto, ela vai muito além disso. Pessoas que se demonstram felizes durante o dia podem sofrer com o problema e você nem imagina. A seguir, conheça os sintomas de depressão mais comuns para que consiga identifica-la com mais facilidade em seu dia a dia e ao seu redor.

sintomas de depressãoSintomas emocionais da depressão

A depressão pode causar sintomas físicos e emocionais no indivíduo, por isso é preciso avaliar diversos aspectos. Quando falamos dos sintomas emocionais, a pessoa pode apresentar dois ou mais dos sintomas, sendo eles os seguintes: ansiedade, dificuldade para se concentrar, falta de motivação, indecisão, insegurança, sensação de vazio, apatia, perda ou aumento do apetite, insônia, raciocínio lento, irritabilidade, falta de vontade para fazer atividades que antes gostava, vontade de morrer, angústia e outros.

Esses sintomas emocionais são os principais e são os que mais indicam que a pessoa esteja sofrendo com o problema. No entanto, é impossível fazer um diagnóstico por conta própria. Você sempre deve ir atrás de ajuda profissional para que possa obter tratamento.


Sintomas físicos da depressão

Se engana quem acha que a depressão apresenta somente sintomas emocionais. Pelo contrário, também é possível identificar alguns sintomas físicos em quem sofre com a doença, como: azia, má digestão, dores pelo corpo, dores de cabeça, dores de barriga, constipação, flatulência, tensão na nuca, pressão no peito, imunidade baixa, entre outros.

Vale lembrar ainda que esses sintomas isolados podem significar várias coisas, por isso é preciso avaliar o contexto geral e os demais sintomas que aparecerem em conjunto.

Como é feito o tratamento da depressão

A depressão pode ter cura, mas para isso é preciso buscar ajuda médica. Não existe somente um tipo de depressão, mas sim vários, por isso o tratamento irá depender do paciente, o que está causando a depressão, quais fatores contribuíram para que ele desenvolvesse a doença e qual o seu contexto atual.

Depois que todas essas questões são levantadas, é possível realizar um planejamento terapêutico para que seja realizado o tratamento. Além de fazer terapia com um psicólogo, o paciente também pode ser indicado para um psiquiatra, que será responsável por lhe receitar a medicação adequada. No entanto, não são todas as pessoas com depressão que tomam medicamentos. Vai depender de cada um.

Algumas pessoas precisam fazer terapia durante o resto da vida para evitar que novos quadros de depressão surjam. Além disso, praticar atividades físicas com regularidade e se alimentar bem são fatores que contribuem para o tratamento. Ter o apoio familiar e de amigos também é essencial para o tratamento. Se identificou dois ou mais sintomas, busque ajuda.

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *