Saude

Sensação de claustrofobia – aprenda o que é e como lidar com isso.




Em época de quarentena, trancados em casa, muita gente tem tido de lidar com a sensação de claustrofobia, veja do que se trata e como lidar com isso.

Nas últimas semanas, temos experimentado sensações complicadas com a quarentena do corona virus, que tem nos forçado a ficar dentro de casa confinados. é nesse momento que podem emergir fobias e problemas de ordem psíquica. Um desses problemas é a sensação de claustrofobia, sobre a qual iremos falar em nosso artigo e também daremos dicas de como cuidar dela. Acompanhe conosco.

O que é a claustrofobia

Indo direto ao assunto, a claustrofobia é uma doença diagnosticada como um distúrbio de ansiedade. Ainda mais nessa época de quarentena, ela tem se manifestado em muita gente.

sensação de claustrofobia

significado de claustrofobia, na etimologia, destaca o termo “fobia”, que vem do grego e significa “medo”. A claustrofobia, portanto é o medo, a fobia de lugar fechado.

A fobia é “um medo irracional e neurótico diante de uma situação ou objeto que não apresenta qualquer perigo. Pessoas fóbicas sentem tanto medo que evitam determinadas situações, pessoas e lugares para não se expor ao perigo.A pessoa sente medo de ficar em lugares fechados, evitando assim a utilização de elevadores, aviões e ambientes com pouca ventilação. A gravidade da fobia pode variar de pessoa para pessoa.

Segundo a SIAH (Sociedade InterAmericana de hipnose), esses são alguns dos sintomas de claustrofobia mais comuns:

  • falta de ar;
  • sudorese;
  • taquicardia;
  • tontura;
  • desmaios;
  • náuseas;
  • tremedeira;
  • sensação de asfixia;
  • calor ou calafrios.

Sensação de claustrofobia – como lidar com isso?

sensação de claustrofobia

A melhor forma de tratar a claustrofobia é através da psicoterapia. Apenas em casos muito graves, um psiquiatra pode receitar também medicamentos ansiolíticos e antidepressivos, para ajudar a diminuir os sintomas da doença e o risco de desenvolver depressão.Outras atitudes que podem ajudar:

Respiração: ao perceber que está tendo um ataque de pânico, é importante respirar devagar e com profundidade, sempre contando até três a cada respiração.

Concentração: para que sua mente se mantenha estável, é indicado se concentrar em algo que seja seguro, como o relógio no qual o tempo continua passando.

Hipnose: a hipnoterapia é usada no tratamento de diversos distúrbios e fobias. Se comparada a outras formas de tratamento, tem se demonstrado muito rápida e eficaz.

Enfrente o Medo – Por fim, para vencer o medo, é preciso que você o enfrente! Mas lembre-se, um passo de cada vez. Tente pegar um elevador para subir apenas um andar. Se a tarefa foi fácil, no dia seguinte suba mais dois, e assim por diante.

Existe tratamento para a claustrofobia?

Na realidade, a claustrofobia possui uma ampla variedade de tipos de tratamentos possíveis, dentre os quais estão terapias, como a cognitivo-comportamental e de realidade, e o uso de medicamentos, como os voltados para o controle da ansiedade. Entende-se que a fobia é uma resposta a determinados estímulos que foi aprendida e que, da mesma forma, pode ser desaprendida. Com o devido acompanhamento médico é possível enfrentar e superar os motivos do seu medo.

Conclusão

Bom pessoal, esperamos que as informações sejam úteis e que consigam lidar com a sensação de claustrofobia de forma correta. Sempre procure um psicólogo ou terapeuta para que ele lhe auxilie com esse problema.

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários!

Referência: CasuleTelevita – 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.