Hipertensão: saiba quando o seu corpo começa a dar os sinais


A saúde dos colaboradores é ponto crucial para que os times Recursos Humanos tenham atenção, afinal, problemas físicos e psicológicos causam grandes danos às pessoas e, consequentemente, nos resultados do trabalho.

Para isso, é importante ter atenção ao que está acontecendo com cada pessoa e, mais do que isso, ter ações de conscientização para que as pessoas mantenham seu check up em dia e saibam reconhecer os sinais de seus problemas.

A hipertensão, por exemplo, é uma doença que acomete muitos brasileiros e é preciso ter atenção quando ela começa a dar os seus sinais. Você sabe quais são seus sintomas e quando é momento de procurar ajuda médica? Saiba mais sobre isso!

O que é hipertensão?

A hipertensão arterial é o aumento anormal e por período prolongado da pressão que o sangue faz ao circular pelas artérias do corpo. Justamente por isso, ela é popularmente conhecida como pressão alta.

hipertensao cuidados

Para chegar a todas as partes necessárias do organismo, o sangue é responsável por levar oxigênio e nutrientes para as células, portanto, ele é bombeado e corre pelas artérias e suas ramificações e, na volta, passa pelas veias para retornar ao coração.

Dessa forma, os músculos do coração exercem uma força e, por outro lado, os vasos oferecem resistência. A soma dessas ações determina a pressão arterial do indivíduo. Essa pressão é necessária para oferecer a correta distribuição do sangue no corpo e ela não pode ser muito baixa, nem muito alta.

Diferente da pressão baixa, que pode ocorrer tontura e desmaio com mais facilidade, as altas nem sempre apresentam sintomas, o que pode fazer com que as pessoas demorem a identificar essa condição.

Segundo a definição do Ministério da Saúde, a hipertensão acontece quando as pressões máxima e mínima são iguais ou ultrapassam 140/90 mmHg, o popular 14 por 9.

Quais os principais sintomas da hipertensão?

Nem todas as pessoas têm o costume de medir a pressão, o que torna mais difícil acompanhar como ela está durante os dias. Vale lembrar que a hipertensão é diagnosticada quando essa condição é contínua e não apenas por um dia específico de mudança na pressão arterial.

Os sintomas da hipertensão podem confundir as pessoas, afinal, eles podem ser genéricos ou se referir também a outras condições. É importante ter atenção à junção de um ou mais sintomas para que essa condição seja rapidamente identificada! Confira os principais sintomas:

  • Dor de cabeça;

  • Zumbido no ouvido;

  • Falta de ar;

  • Visão dupla ou embaçada;

  • Cansaço;

  • Tontura;

  • Sangramento no nariz;

  • Dor na região da nuca;

  • Náusea e vômitos;

  • Palpitações;

  • Dores no peito.

Vale dizer que muitos hipertensos são assintomáticos e, nem sempre, os sintomas aparecem no estágio inicial da doença, fazendo com que seja mais difícil a sua identificação. Por isso, é preciso estar atento a todos os sinais do corpo, principalmente quando há recorrência desses sintomas citados.

Por que ter atenção a pressão alta?

hipertensao cuidados

A hipertensão é uma doença muito silenciosa, o que faz ela ser descoberta apenas em consultas de rotina ou quando os níveis já estão muito altos, causando os sintomas da pressão alta.

Justamente por isso é preciso que as pessoas façam exames regulares e estejam em dia com sua saúde para que essa condição não afete outras partes do organismo. A hipertensão pode desenvolver outras condições ao paciente, como problemas renais, oculares e até mesmo derrame e infarto.

A pressão alta não tem cura, mas pode e deve ser tratada. O tratamento varia de acordo com os níveis de cada paciente e associação com outras doenças. Mais do que remédios, é preciso ocorrer mudanças de hábitos e incluir na rotina prática de atividades físicas e alimentação saudável.

Como prevenir a pressão alta?

Se seus exames estão em dia, é preciso prevenir a pressão alta para que ela não seja um problema futuro. Para isso, algumas ações são importantes na rotina, como:

  • Evite abusar do sal e de alimentos gordurosos;

  • Pratique atividades físicas regularmente;

  • Não fume;

  • Evite excesso de bebidas alcoólicas;

  • Durma bem e mantenha uma rotina regulada;

  • Tenha atenção ao seu peso;

  • Trate doenças anteriores e pré-existentes;

  • Visite o médico regularmente.

Você já notou alguns desses sintomas em você ou em alguém com quem você convive? Aproveite agora que sabe mais sobre ele e fique de olho em sua saúde. Cuide-se!

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *