Sexualidade

Fecundação: confira este guia e saiba o que é, onde ocorre

A fecundação é basicamente o momento em que o espermatozoide encontra o óvulo. A junção dos dois gametas é a responsável por dar o “start” na vida.

Por essas e outras, a maioria das pessoas têm a fecundação, ou concepção, como também é chamado o processo, como o momento em que a vida de fato acontece.

Mas você sabe realmente o que é a fecundação, como ela acontece, quais são os seus sintomas e outros detalhes sobre esse evento biológico?

Nesse artigo nós detalhamos, com base em dados coletados em amostragens científicas, o que é a fecundação e os seus pormenores. Confira abaixo!

 

O que é e como acontece a fecundação?

Fecundação Confira este guia e saiba o que é, onde ocorre, quais são os seus sintomas e quando é detectável

O conceito básico de o que é a fecundação, já é popular. Mas a parte realmente interessante e fascinante desse processo químico-biológico é a forma como o processo acontece.

Antes de tudo, é importante frisar que para que a fecundação aconteça, a mulher precisa estar no período fértil. Nesse período, que ocorre todo mês antes do período menstrual de mulheres jovens, geralmente entre 12 e 45 anos, os ovários liberam vários óvulos que ficam armazenados nas tubas uterinas, também chamadas de trompas de falópio.

Se a mulher tiver relações sexuais no período fértil de maneira desprotegida (sem o uso de anticoncepcionais e/ou preservativos), é possível que haja a fecundação.

Os óvulos depositados no útero da mulher emitem sinais químicos para os espermatozoides depositados no corpo feminino. Os espermatozoides são então atraídos para o óvulo e quando um ou mais deles conseguem entrar no óvulo, acontece a fecundação.

 

Como se dá o desenvolvimento da fecundação?

O próximo passo depois do encontro dos dois gametas é a chamada fusão das membranas plasmáticas tanto do óvulo quanto do espermatozoide. Nesse processo, as informações genéticas contidas nos dois se fundem e dão origem ao zigoto.

O zigoto então entra no processo de diferenciação celular, que nada mais é que a divisão e multiplicação das células até a formação do blastocisto. O blastocisto, por sua vez, sai das trompas e vai até o útero da mulher e, em poucas semanas o blastocisto então se torna um embrião em pleno desenvolvimento.

Sintomas da fecundação

Os motores de busca da internet estão lotados de indagações como “sintomas da fecundação primeiros dias” e “óvulo fecundado sintomas”, que geralmente partem de mulheres preocupadas, ou ansiosas, por causa de uma possível gravidez.

Um dos primeiros e principais sintomas de fecundação é o aparecimento de corrimento ou fluxo menstrual rosa. O tom rosado do corrimento tem como principal motivo a chamada nidação, que é o momento em que o embrião já formado “gruda” na parede do útero da mulher. Esse fato ocorre apenas alguns dias após a fecundação.

Porém, outros sintomas da fecundação nos primeiros dias, são:

  • Dor de cabeça leve e persistente;
  • Sonolência e/ou cansaço físico e mental;

Passados alguns dias da fecundação, a mulher pode começar a apresentar os sintomas clássicos de gravidez, como seios inchados e doloridos, náuseas, vômitos e atrasos na menstruação.

 

Quando a fecundação pode ser detectada

Muitas pessoas desejam saber quanto tempo demora a fecundação após a relação sexual para entender melhor a que fatores deve-se prestar atenção nesse sentido.

É sabido que os óvulos ficam ativos por cerca de 24h dentro do corpo da mulher. Por outro lado, os espermatozoides podem permanecer vivos por entre 3 e 7 dias dentro do organismo feminino. Contudo, espermatozoides saudáveis levam no máximo 30 minutos para chegarem em um óvulo, a partir do momento da ejaculação.

Nesse sentido, é correto afirmar que pode haver fecundação no mesmo dia da relação, mas também pode demorar um pouco mais.

O ideal para a mulher que está à procura de como saber se está grávida, é observar os sinais que o seu corpo dá. Se a gravidez não é esperada e/ou desejada, métodos contraceptivos são indicados.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *