Estrias Brancas: como ocorrem, como tratar?


Estrias brancas incomodam bastante, veja como cuidar, como tratar e muito mais! Clique e confira!

As indesejáveis estrias podem aparecer em diversas áreas do corpo sem aviso prévio. Podemos dizer que as estrias são consideradas cicatrizes, que se formam devido ao brusco estiramento da pele. Quando ocorre o estiramento repentino da pele, o colágeno e as fibras são destruídos formando linhas parecidas com cicatrizes. Estas linhas inicialmente apresentam uma coloração rosada com inflamação e quando ficam mais antigas, apresentam uma cor esbranquiçada, podendo arder e coçar em toda sua fase.

Estrias Brancas

O tratamento é mais fácil e atinge melhores resultados quando a estria é nova, ou seja, quando está na fase da inflamação apresentando a cor rosada. Depois deste período, quando fica esbranquiçada, os resultados do tratamento podem não ser tão satisfatórios, mas não significa que não pode ser amenizada. Existem muitos tratamentos que visam reduzir as estrias, principalmente as mais difíceis como as esbranquiçadas.

Estrias Brancas – tratamentos

estrias brancas

As estrias brancas são de difícil tratamento, pois as fibras e o colágeno da região afetada já foram destruídos, mas existem tratamentos que podem amenizar as estrias brancas:

  • Radiofrequência: o tratamento através as radiofrequência é realizado com um aparelho que emite correntes de alta frequência, que penetram na pele, promovendo a renovação celular sem ferir a pele. Esta técnica também pode ser usada para realizar pequenos furos na pele, permitindo que as vitaminas C e E penetrem na pele. O ultrassom de impacto ajuda as vitaminas a se aprofundarem na pele;
  • Laser: para reduzir as estrias brancas, o laser é o tratamento mais utilizado. O tratamento estimula a produção de colágeno, recuperando parcialmente a região afetada pela estria. Normalmente, para a realização do tratamento através do laser, são indicados de três a cinco sessões, para atingir resultados satisfatórios, com uma melhora na coloração da estria e na sua textura, ficando menos profunda e evidente;
  • Mesoterapia: este tratamento consiste na aplicação de medicamentos através de agulhas finas na região afetada pela estria branca, estimulando os fribroblastos a produzirem a elastina e o colágeno. A técnica de mesoterapia também pode pigmentar a estria branca, estimulando a produção de melanina. Os resultados podem ser notados na quarta sessão do tratamento;
  • Ácido retinoico: o ácido retinóico estimula a produção de colágeno, sendo considerado um tratamento muito eficaz para as estrias brancas. Apesar de sua grande precisão nos resultados, o ácido retinóico pode apresentar efeitos colaterais como vermelhidão e descamação na região em que foi aplicado. Os resultados da aplicação do ácido retinóico podem demorar para aparecer, por este motivo ele deve ser combinado com outros tratamentos como o laser;
  • Microagulhamento: o tratamento através do microagulhamento consiste no uso de pequenas agulhas que são usadas para criar pequenas lesões na pele forçando sua regeneração, desta forma produzindo uma maior quantidade de colágeno, sendo considerado um dos melhores tratamentos para as estrias brancas. O tratamento por microagulhamento pode apresentar melhores resultados se associado a outros como o laser e peeling;
  • Subcisão: o tratamento através de subcisão consiste em uma agulha flexível que é introduzida dentro da pele, no local afetado pela estria branca. Desta forma a produção de colágeno no local é realizada, preenchendo a região afetada. Os resultados são muito satisfatórios, melhorando a aparência da estria branca;

Microdermabrasão: a microdermabrasão consiste em realizar um desgaste na pele. O aparelho que realiza o procedimento libera jatos de microcristais de óxido de alumínio, “lixando” a área afetada e desta forma estimulando a produção de fibras elásticas e colágeno. Não é um método muito utilizado para o tratamento das estrias brancas por apresentar poucos resultados, mas é associado com outros métodos para amenizar, de uma forma eficiente, as estrias brancas.

Sugestões e dicas de novos artigos podem deixar nos comentários!

Recomendados para você:


2 comments

  1. Como acabar com estrias

    oi, muito bom seu artigo, parabéns! As estrias vermelhas devem ser tratadas o mais breve pois os resultados serão melhores. Outra coisa que costuma dar ótimos resultados são os tratamentos naturais de forma segura, econômica e indolor, já que esses tratamentos feitos em clínicas de estéticas são quase sempre dolorosos, além de caros e com o resultado nem sempre o esperado dado o valor investido. Por isso, vale a pena tentar tratamentos naturais…parabéns mais uma vez!

  2. Laiane

    Interessante o artigo! Uma pena que a maioria desses tratamentos profissionais estéticos são tão caros e infelizmente, o resultado nem sempre é o esperado dado o valor investido! Eu acho interessante os tratamentos naturais, acredito que a natureza é sábia e nela encontramos tratamentos incríveis, seguros e de fácil acesso a todos. O que vcs acham?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *