Uncategorized

Entenda como funciona a crise da meia-idade masculina


A crise da meia-idade masculina é um estágio de que muito se fala, mas pouco se sabe a respeito. Será que todo homem obrigatoriamente passa por esse estágio em algum momento da vida?

Ou melhor, existe alguma evidência científica que aponte quando esse momento chega, quais são as causas e como sair dele?

Geralmente apontam a crise da meia-idade masculina como um ponto da vida em que o homem se sente maisvulnerável e infeliz, mas isso são características muito abstratas. Pois, afinal, podemos passar por isso em qualquer momento da nossa existência, não é verdade?

Portanto, vamos tentar explicar neste artigo de forma bem concreta e objetiva como funciona a crise da meia idade masculina, o que a causa e como fugir dela.

Ficou interessado? Então vem com a gente!

O que é a crise da meia-idade masculina?

Afinal, quando e por quem foi formulado o termo e o conceito de crise da meia-idade masculina.

crise da meia idade

O autor por trás disso tudo é o médico canadense Elliott Jaques, que em 1965 apontou o termo como representante da fase em que os homens se encontram no meio-termo da juventude e da idade mais avançada.

Calvin Colarusso, psiquiatra clínico e pesquisador da Universidade de San Diego, na Califórnia, aponta que os homens geralmente enfrentam a síndrome da meia-idade entre os 40 a 50 anos.

O psiquiatra também ressalta que nesse período é comum para o homem ter sentimentos desesperançados em relação à carreira, o casamento, frustrações passadas e etc.

Dessa forma, é natural ele procurar formas de “levantar a poeira” e tomar medidas drásticas, como:

  • recomeçar a vida em outra cidade;

  • mudar de emprego;

  • ou busca formas de alavancar a vida matrimonial.

Mas nem tudo são flores! A crise da meia-idade masculina também pode levar o homem a situações impulsivas não tão saudáveis, como:

  • beber mais;

  • procurar um(a) amante, no caso de casado;

  • ficar mais preocupado com a aparência;

  • sentir um vazio existencial;

  • outras ações impulsivas perigosas.

Portanto, podemos perceber que a crise de meia-idade no homem pode gerar inúmeras consequências diferentes e impactar cada pessoa de maneira diferente.

Nesse contexto, é preciso levar em consideração o histórico de vida, personalidade e problemas de saúde específicos de cada um.

No próximo tópico abordaremos mais diretamente as causas dessa síndrome.

O que causa a crise da meia-idade masculina?

São vários os fatores que levam os homens a se perceberem vulneráveis e frustrados durante esse período.

E esses motivos possuem raízes psicológicas, com a perda mais frequente de amigos e familiares próximos. Como também pode derivar de um problema de saúde, como desempenho sexual insatisfatório em consequência da menor produção hormonal, que leva a problemas de ereção, ejaculação precoce ou perda de libido.

Portanto, entre as causas mais recorrentes estão:

  • problemas hormonais;

  • problemas na saúde sexual;

  • perda de amigos ou parentes próximos;

  • problemas no emprego ou frustrações na carreira profissional;

  • síndrome do ninho vazio, quando os filhos deixam a casa dos pais;

  • desejo de se sentir jovem novamente e negação da iminência da fase idosa;

  • entre outras.

Dessa forma, a crise da meia-idade masculina acaba, resumidamente, tornando-se em uma crise existencial que deriva de uma série de fatores que se tornam mais recorrentes entres os 40 e 50 anos.

Como tratar a crise da meia-idade no homem?

Existem várias formas de tratar a crise da meia-idade no homem. Esse tratamento tanto pode ser por vias médicas, como psicológicos ou até médicos, no caso de providenciar um aumento de vitalidade e autoestima.

Também existem os conselhos que podem ajudar o homem a colocar a situação em perspectiva e buscar forças internas para dar a volta por cima e se sentir em paz consigo mesmo, fazendo assim as melhores escolhas.

Dentre eles, estão os seguintes conselhos:

  • converse mais e coloque seus sentimentos para fora quando se sentir vulnerável ou a beira de tomar medidas drásticas. O diálogo pode ajudar a colocar as coisas em perspectiva;

  • nem tudo na nossa vida são flores, então seja grato pelas coisas boas que você conquistou e tem na sua vida. Elas podem falar mais alto que as frustrações;

  • veja até que ponto seus desejos impulsivos são realistas e engrandecedores para você. Às vezes podemos estar cegos pela vontade de mudança e tudo seja apenas desejos passageiros;

  • procure ajuda psicológica e médica que possam fazer você se sentir contente consigo mesmo e com autoestima elevada.

Complementando, a procura por ajuda de um especialista da saúde não se resume ao tratamento psicológico ou psiquiátrico. Cuidar da saúde sexual, por exemplo, pode reforçar a vitalidade e autoestima que o homem estava procurando.

Como é normal sofrer de problemas hormonais e ter o desempenho sexual reduzido em consequência disso na meia-idade, é importante procurar a ajuda de um urologista para um acompanhamento adequado da situação.

Existem possibilidades de reposição hormonal, por exemplo quando a testosterona está baixa e a prescrição de medicamentos que podem melhorar o desempenho sexual, como a Tadalafila.

Afinal, saúde sexual é fundamental para a preservação de uma boa saúde psicológica e para a estabilidade de relações mais harmônicas. Consequentemente, pode ser um amparo importante também contra a crise da meia-idade masculina.

Inclusive, se você deseja atendimento com um urologista para acompanhamento da sua saúde sexual, existem plataformas de telemedicina disponíveis que oferecem consultas discretas, efetivas e seguras com profissionais capacitados registrados no CRM (Conselho Regional de Medicina).

Gostou do conteúdo? Esperamos que tenham entendido a importância de saber o que é crise da meia-idade masculina?

Esperamos que suas dúvidas tenham sido sanadas e que os homens sempre consigam encontrar o ponto de estabilidade e serenidade necessário, não importa a fase da vida.

Até a próxima!

Esse artigo foi escrito pela Omens, plataforma direta, online e segura de acompanhamento da saúde sexual. Nossa equipe é formada por médicos urologistas certificados pelo CRM e especificamente qualificados para teleconsulta

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *