Saude

Barriga dura: o que é? Por que é perigoso?




Entenda o que é o problema popularmente conhecido como barriga dura, por que ocorre, como cuidar e muito mais!

Nos dias de hoje, as pessoas tem se aliemntado de forma cada vez pior. Fast food, doces, frituras e todo tipo de comida rápida sem valor nutritivo. Com isso, algumas pessoas acabam passando por um problema popularmente conhecido como barriga dura, sobre o qual iremos explicar no artigo de hoje. Acompanhe a seguir e entenda.

Leia tambem – Conheça o Plano de saúde Bradesco

Barriga dura – do que se trata?

Bom, é preciso sempre se cuidar e entender que podemos estar falando de 2 coisas diferentes. Um problema é frequente e menos sério e o outro pode indicar problemas graves. Vamos falar do mais grave primeiro.

barriga dura

Barriga dura por gordura visceral

Um dos problemas chamados de Barriga dura, pode ser sinal de que a pessoa tem acúmulo de gordura visceral. A impressão de estar endurecida acontece porque ela está abaixo de uma camada de resistentes músculos. E é justamente este tipo que pede mais cuidados, já que está alocada muito próxima a órgãos vitais, como o fígado, por exemplo.

A gordura visceral é um tipo de gordura que fica localizada na cavidade abdominal, próximo a alguns órgãos vitais, e está associada com maior risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares, principalmente infarto e aterosclerose, isso porque esse tipo de gordura pode também ficar depositada no coração. Nesses casos o ideal é procurar um medico, que vai lhe pedir exames e que pratique exercícios e se alimente melhor. Não descuide desse problema!

Barriga dura por gases

Indo direto ao assunto, esse é um problema que ocorre na grande maioria dos casos, devido ao excesso de gases intestinais que provocam o incômodo na região.Dessa forma temos a região inchada e a barriga dura. Mas também é possível ainda que o volume maior indique algum problema mais grave de saúde ou mesmo gravidez. Identificar de forma correta esses sinais é essencial para driblar a condição.A seguir vamos entender todos os motivos que podem levar a isso:

  • Gases – a sensação de inchaço abdominal é muitas vezes atribuída ao excesso de gases intestinais. No entanto, a relação entre a quantidade de gases intestinais e o inchaço não é linear.
  • Sindrome do instestino irritável – A Síndrome do intestino irritável é um disturbio do organismo que infelizmente tem se tornado muito comum, devido a ma alimentação das pessoas nos dias atuais. Esse problema não só pode causar uma sensação de inchaço no abdômen, mas também pode levar a um estiramento real do volume abdominal, causada pelo estiramento do cólon por excesso de gás.
  • Constipação intestinal – Conhecida como prisão de ventre, é uma possível causa para aumento do volume abdominal. Quanto mais intensa for a constipação, maior é o risco do paciente ter distensão abdominal.

Alguns alimentos conhecidos como produtores de gás também favorecem o surgimento dessa condição, como:

  • Bebidas com gás;
  • Açúcar em excesso;
  • Leite (principalmente o integral);
  • Alimentos ricos em fibra (aveia, arroz, abóbora);
  • Vegetais crucíferos (brócolis, cebola, couve-flor, repolho);
  • Leguminosas (feijão, ervilha, grão-de-bico e milho).

Como evitar que o problema ocorra?

Tome mais agua – A água auxilia no processo digestivo. O ideal é se manter sempre bem hidratado, em pequenas porções, evitando tomar muita água durante ou após as refeições – essa quantidade varia de acordo com o organismo, com o nível de atividade de cada pessoa e com as condições climáticas.

Coma fibras – Além dos vegetais, é importante colocar outros alimentos ricos em fibra no
cardápio. Troque pães e massas feitos com farinha refinada pela versão integral, que ajuda a regular o intestino, evitando a sensação de estufamento na barriga.

Fuja do trigo em excesso – alimentos com muito trigo podem dificultar a digestão, dando a sensação de barriga inchada e até prisão de ventre.

Fuja do fast food – Fast foods em geral, alem do trigo ruim nos seus pães, possuem frituras e alimentos gordos que deixam a digestão pesada e dificil.Evite-os o quanto puder.

Pratique exercicios- Fazer exercicios deixa o corpo leve e agil, e ajuda até seu intestino a trabalhar melhor.

O problema já esta ocorrendo, o que fazer?

Se você já está com a barriga inchada e com gases, pode tentar essas medidas:

  • Pressione o abdômen: deite de barriga pra cima e, com os joelhos dobrados em cima da barriga, comprima a região abdominal. Isso vai ajudar a eliminá-los;
  • Massageie a barriga com movimentos específicos: faça movimentos no abdômen de cima para baixo e em formas circulares;
  • Caminhe onde você estiver: no momento dos gases, é essencial que você caminhe para aliviar as cólicas;
  • Beba chá: o chá de erva-cidreira possui propriedade antiespasmódica e, por isso, inibe a ocorrência de espasmos no estômago. Outra boa opção é o chá de gengibre, já que ele possui óleos essenciais, como o eugenol, redutor de espasmos musculares;

Aviso importante

Se o problema persistir, procure seu medico, não fique em casa passando mal.

Video sobre a barriga dura e ma digestão

Nesse video do canal do dr Juliano Pimentel, ele explica melhor:

Considerações finais

Bom pessoal, espero que tenha ficado claro como ocorre esse problema da barriga dura e como é possível tratar o mesmo.

Por fim, já tratamos em outro artigo sobre como aumentar volume do cabelo,  leia e se informe!

Sugestões de novos artigos, por favor deixem nos comentários

Referências – Opas.org

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.