Antiácido Estomacal – Como age no corpo? Quais seus efeitos?


Os antiácidos estomacais são indicados para determinadas situações, como quando comemos demais e nos sentimos cheios. Os antiácidos são recomendados para neutralizar a substância responsável por essa sensação, devido a um fator chamado ‘os opostos se atraem’.

Se você já tomou um antiácido estomacal, está ciente de que ao colocá-lo na água, formam várias bolinhas. Isso é o ácido carbônico que se torna gás ao entrar em contato com a água. A seguir, saiba mais sobre e veja como age diretamente no corpo, além de conhecer os possíveis riscos que eles podem trazer em alguns casos.

antiácido estomacalComo agem os antiácidos no corpo

Os antiácidos têm como função principal neutralizar o excesso de ácido clorídrico do suco gástrico, auxiliando na digestão de tudo que ingerimos. O desconforto no estômago que conhecemos é causado geralmente quando comemos incorretamente e o nosso estômago é estimulado a produzir mais desse ácido. A acidez estomacal fica desequilibrada, necessitando do antiácido para equilibrar novamente.

Os antiácidos podem contribuir para diminuir a azia, controlar os sintomas de má digestão, melhorar dores abdominais e também náuseas. A ação de elevar o pH ocorre de forma quase instantânea após ingerirmos o antiácido, e os efeitos podem durar por até uma hora, dependendo da acidez. É preciso, no entanto, ter cuidado ao ingerir um antiácido, pois ele pode interagir com outros medicamentos, o que aumenta o risco de infarto, problemas renais e outros. Você sempre deve conversar com um farmacêutico antes de usar.


antiácido estomacalTipos de antiácidos

Os antiácidos podem conter componentes diferentes, como sais de magnésio, sais de alumínio, bicarbonato de sódio ou até mesmo carbonato de cálcio. Essas substâncias podem ser classificadas como sistêmicas ou não sistêmicas, sendo que cada tipo possui suas peculiaridades.

Os antiácidos sistêmicos, geralmente compostos de bicarbonato de sódio, agem rapidamente no estômago, mas seus efeitos não são muito duradouros e ainda podem causar efeito rebote. Por outro lado, os não sistêmicos, como aqueles compostos de magnésio e alumínio, possuem uma absorção mais lenta, mas que dura por mais tempo e não causa o efeito rebote. Para decidir qual você irá ingerir, é melhor consultar um médico, principalmente se você necessitar de um tratamento a longo prazo por algum problema estomacal.

antiácido estomacalQuando tomar um antiácido estomacal

O antiácido pode ser consumido pela grande maioria das pessoas, no entanto, como mencionamos, é preciso tomar cuidado. Você deve tomar principalmente quando estiver com algum desconforto estomacal, como má digestão, azia ou sensação de peso no estômago. Se você lida com essas sensações com frequência, deve conversar com seu médico para conferir qual o antiácido mais recomendado em seu caso, assim você poderá usar sempre que se sentir mal. Em caso de crianças, redobre ainda mais o cuidado.

Os antiácidos podem ser comprados em farmácias e drogarias de todo o país, podendo ser comprados sem necessidade de receita médica. Devem ser consumidos em um copo com água. Quaisquer outras dúvidas, tire com o farmacêutico na hora de comprar ou consulte o seu médico.

Já falamos aqui em outro artigo sobre os benefícios da Moringa: conheça seus benefícios pro corpo para o corpo.

Sugestões de novos artigos podem deixar nos comentários


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *