Ventosaterapia: o que é? Como funciona?


Ventosaterapia é uma terapia que tem vários benefícios para o corpo, veja como funciona e quem pode fazer

Você sabe o que é a ventosaterapia? Não? Então vamos explicar: A ventosaterapia é uma técnica da medicina chinesa que consiste na utilização de ventosas para auxiliar na circulação sanguínea de diversas partes do corpo. São aplicados “copos” de vidro ou acrílico na pele, criando uma sucção através do vácuo.

Para que serve a ventosaterapia

A técnica da ventosaterapia é bastante conhecida no mundo dos atletas, que a usam para aliviar as tensões musculares. Seu principal efeito é a troca gasosa dos tecidos em que é aplicada, favorecendo a liberação de toxinas. Por conta do aumento na circulação sanguínea, o tratamento pode servir também para o combate à celulite e estrias. Nesse caso, as ventosas não ficam em um local fixo do corpo, elas são movimentadas circularmente sobre a região afetada.

Como é aplicada a técnica

Antes da aplicação das ventosas, é necessário que se aplique um hidratante na região para que as ventosas possam ser movimentadas e também não machuquem a pele. As sessões variam de 5 a 15 minutos e, geralmente, são feitas 8 sessões, uma vez por semana. As ventosas de silicone são as mais comuns, sua aplicação é feita apenas pressionando o copo com os dedos e colocando-o na pele, formando o vácuo e sugando a pele. As ventosas de vidro já são bem diferentes, é preciso acender uma vela e colocá-la no interior do copo, para depois colocá-lo sobre a pele, assim, o vácuo se formará.


Existe ainda a ventosa eletrônica, que é aplicada na pele e, depois de ser ligada, vai começar a sugar a pele e gerar o vácuo.

Os benefícios da ventosaterapia

A ventosaterapia possui muitos benefícios, podemos destacar o tratamento da celulite, fortalecimento da circulação sanguínea, diminuição da dor de cabeça, dores abdominais, dores musculares e dores lombares. A técnica é capaz de auxiliar contra a hipertensão arterial e problemas digestivos, e, pode também, aumentar a produção de líquido sinovial dentro das articulações. Além de desintoxicar o organismo e ser capaz de relaxar o corpo e a mente de quem faz se torna adepto ao método.

Contraindicações da ventosaterapia

A ventosaterapia, assim como vários métodos de tratamento, não é indicada no caso de hemofilia, varizes, trombose, distúrbios hemorrágicos, convulsões, gravidez, febre, locais machucados ou fraturados, além de não dever ser aplicado durante o tratamento contra o câncer.

Em alguns outros casos, não se torna contraindicação, mas deve-se tomar cuidado antes de fazer a sessão e é indicado que se consulte o seu médico antes. Como por exemplo, logo após a prática de atividades físicas, pessoas com pressão descontrolada ou para a aplicação das ventosas em locais com pouca camada muscular.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *