Energéticos fazem mal? Saiba Tudo sobre eles!

Gostou? Compartilhe:

Energéticos fazem mal e não é pouco nao viu? Conheça tudo sobre esse veneno em forma de bebida moderna, clique e confira

Os energéticos estão no topo da lista das bebidas mais consumidas pelos brasileiros. Quem nunca tomou um energético para ter mais pique e encarar o trabalho com mais disposição? Ou até mesmo para manter-se alerta durante uma balada ou viagem? Muitas pessoas já fizeram isso e fazem ainda. Porém, ao contrário do que muitos pensam, o energético pode até promover mais energia, mas traz inúmeros problemas a saúde.

Quer saber mais sobre essa bebida tão consumida? Leia o artigo.

Energéticos fazem mal? (Foto: Divulgação)

O que é o Energético?

Se você nunca se deu o trabalho de ler a composição do energético vai ver que ele contém cafeína e taurina em grande quantidade, pois são essas substâncias as responsáveis por gerar energia ao organismo, uma vez que são estimulantes e agem diretamente no sistema nervoso central. Por sí só o energético já é uma bebida forte, mas muitas pessoas o usam acompanhado de bebidas alcoólicas nas baladas o que potencializa o seu efeito. Cuidado!!!

A mistura de energético com álcool é muito perigosa, tanto que em alguns países a mistura foi proibida. Em Nova York e muitos outros estados Norte-americanos a mistura de energético com bebidas alcoólicas é proibido, uma vez que o energético potencializa a absorção do álcool no organismo o que triplica os riscos de sofrer uma intoxicação.

Energéticos fazem mal? (Foto: Divulgação)

Energético e o coração – porque faz mal?

O energético não é nem um pouco aconselhável, pois ele pode trazer sérios problemas ao coração. Estudos recentes comprovaram que quando o energético entra no organismo ele faz com que o coração trabalhe muito mais acelerado podendo trazer sérios problemas, principalmente com o uso prolongado.  Pode levar a um ataque cardíaco ou a um derrame, por conta do endurecimento das artérias no cérebro e no coração.

Insônia também é um problema

A insônia também é um problema gerado pelo energético, pois a pessoas consome a bebida para ficar alerta durante a noite, consequentemente, não vai dormir direito durante o dia. Para aguentar outra noite vai precisar de mais uma dose de energético e assim sucessivamente, vai virar um círculo vicioso aumentando o consumo levando a outros problemas.

Como a bebida é muito consumida e existem várias discussões sobre os seus efeitos e os problemas que ela causa, é importante observar as reações do organismo e avaliar os riscos do consumo, se realmente vale a pena. Outra dica é procurar seu médico para que ele possa orientar melhor, em caso de ocorrer mal estar é importante suspender o consumo imediatamente para garantir sua saúde e seu bem estar.

Energéticos fazem mal?

Energéticos fazem mal? (Foto: Divulgação)

Alerta para a população

O Serviço de Administração em Abuso de Substâncias e Saúde Mental, nos Estados Unidos publicou um documento recentemente que entre os anos de 2007 e 2011 o número de pessoas acima dos 40 anos que passaram mal após ingerir energético passou dos 279% e tiveram que ser atendidos nas emergências dos hospitais. Por conta da rotina atribulada a maioria das pessoas já acordam pela manhã cansadas e optam pela bebida para ter energia. Vale informar que os adultos não podem ultrapassar a dose de consumo de 2,5 mg de cafeína por quilo de acordo com o peso.  Como por exemplo, uma mulher que pesa 60 quilos não pode ultrapassar a dose de 150 miligramas por dia e os energéticos contém em médias entre 80 e 500 miligramas.

Fica a dica: você quer isso para seu coração? Cuide da sua saúde, faça uma avaliação da sua rotina, você vai ver que não precisa de energético para viver melhor com mais disposição.

Recomendados para você:


Gostou? Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *