Efedrina Emagrece?: saiba os perigos desse anabolizante!


Efedrina é bastante famosa entre atletas e quem quer perder peso, mas esconde perigos terríveis, saiba tudo sobre ela!

Você já ouviu falar na Efedrina? Ela é uma substância muito conhecida no mundo dos atletas de academia, sendo extremamente eficaz para a perda de peso. Ela está se tornando cada vez mais popular nas academias, sendo usadas por pessoas de todas as idades que têm em comum um objetivo: atingir o peso dos seus sonhos. Entretanto, poucos estão conscientes de todos os efeitos nocivos que essa substância pode causar ao corpo, ao contrário de suplementos naturais como whey ou tribulus.

Ainda que realmente contribua para a perda de peso, a Efedrina possui efeitos nada agradáveis ao corpo e se for consumida de forma inadequada, pode causar diversos problemas de saúde. Por isso, antes de ingeri-la, saiba a seguir todos os seus perigos.

Efedrina: saiba os perigos desse anabolizante (Foto: Divulgação)

Conheça a Efedrina

A Efedrina tem sido muito usado para a redução da gordura corporal, tanto por profissionais quanto por quem não entende do assunto. A efedrina é consumida há muitos anos em outras culturas por conter alguns benefícios ao corpo, apesar de ser tóxica se ingerida de forma exagerada. Atletas e pessoas que estão em busca do corpo perfeito estão se tornando adeptos da substância, mas sem conhecer os seus perigos para a saúde.

A efedrina nada mais é do que um cristal ou um pó de cor branca, que possui um odor e sabor amargo. Ela é solúvel em água e em vários outros líquidos, até mesmo em parafina, possuindo uma estrutura parecida com a metanfetamina. Quando foi lançada, a efedrina era usada contra a congestão nasal.

Efedrina: saiba os perigos desse anabolizante (Foto: Divulgação)

Como funciona a Efedrina?

A efedrina possui uma ação que eleva a pressão arterial, sendo usada há muitos anos na medicina oriental por seus efeitos no sistema nervoso central. A ingestão da efedrina pode ocorrer de várias formas: oral, injetável, inalável, dermal ou parenteral. Após sua ingestão, ela é absorvida no organismo e chega, em apenas uma hora, no seu maior pico de ação na corrente sanguínea.

Esse pico pode durar de 3 a 6 horas, dependendo de cada indivíduo. Depois, ela é excretada através da urina.

Efedrina: saiba os perigos desse anabolizante (Foto: Divulgação)

Quais são os riscos ao ingerir Efedrina?

Diversos especialistas afirmam que a Efedrina pode gerar riscos para saúde se ingerida de forma exagerada ou inadequada. Ao estimular o sistema nervoso central, são estimuladas outras substâncias, como neurotransmissores, capazes de gerar euforia, além da produção de outros hormônios.

Com o aumento dessa produção, alguns efeitos se tornam mais visíveis, tanto os benéficos quanto os maléficos. Alguns efeitos perigosos da Efedrina são os seguintes: ataques cardíacos, convulsões, sudorese, aumento da pressão arterial, derrames, entre outros.

Efedrina: saiba os perigos desse anabolizante (Foto: Divulgação)

Principais efeitos da Efedrina no corpo

Os efeitos que mencionamos anteriormente são alguns dos mais preocupantes, mas o medicamento pode causar outros efeitos no dia a dia que podem atrapalhar a realização de suas tarefas e a sua rotina. Os principais efeitos colaterais da Efedrina no corpo são os seguintes: estado de alerta, aumento da pressão arterial, vasoconstrição, dilatação das pupilas, braquicardia, convulsões, congestão nasal, hipertensão arterial, danos hepáticos e renais, entre outros. Tome muito cuidado ao ingerir e, se for possível, não o faça sem acompanhamento médico.

Recomendados para você:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *