Dieta Antiinflamatória é sucesso na Internet, conheça!


Dieta Antiinflamatória tem sido trending no twitter e feito muito sucesso na Internet, veja como funciona, como emagrece e muito mais!

Aqui em nosso site, volta e meia publicamos dietas que estão “na moda” ou que os leitores e leitoras nos mandam pedindo para abordarmos. Já falamos aqui sobre a dieta do ovo e também sobre a dieta mediterrânea. E a dieta da vez é a a dieta antiinflametoria, que tem feito muito sucesso na internet, no twitter com muita gente dizendo que fez e gostou. No artigo de hoje vamos explicar como funciona e o que ela tem de bom, além de falar sobre suas contra indicações.

Dieta Antiinflamatória – do que se trata?

A Dieta Antiinflamatória é baseada em uma ingestão diária de 2.000 a 3.000 calorias, dependendo de seu sexo, tamanho e nível de atividade. Cerca de 40 a 50% de suas calorias virão de carboidratos, 30% de gordura e 20 a 30% de proteína. O criador da dieta, Andrew Weil, o médico formado em Harvard e pioneiro no campo da medicina integrativa, sugere que se esforce para obter uma mistura dos três nutrientes em cada refeição.

dieta antinflamatoria funciona

Ela é baseado na dieta mediterrânea, diz Weil, com alguns extras, como chá verde e chocolate amargo. Essa dieta pede uma variedade de alimentos frescos, com grande ênfase em frutas e vegetais, que Weil diz fornecer fitonutrientes que combatem o câncer e outras doenças degenerativas. Além disso, ele recomenda o consumo rotineiro de ácidos graxos ômega-3 e evitar alimentos rápidos e fritos a todo custo.

Pesquisas sobre a dieta

Existem vários estudos nos EUA, que confirmam os benefícios dessa dieta. Há muitas pesquisas mostrando os efeitos negativos da inflamação  – na verdade, as doenças inflamatórias crônicas são a causa mais significativa de morte no mundo.Está associado a problemas de saúde como diabetes , Alzheimer e obesidade. Também foi relacionado com um risco aumentado de câncer colorretal , com aqueles que comem alimentos pró-inflamatórios (como carboidratos refinados e carne vermelha) com o dobro do risco de desenvolver o câncer, de acordo com um estudo publicado em junho de 2019 em Nutrientes. Além do mais, uma dieta pró-inflamatória parece aumentar o risco de mortalidade geral em 23 por cento, de acordo com uma meta-análise publicada em junho de 2019 na Clinical Nutrition. 

Qual o cardapio da dieta antiinflamatoria

Não existe um plano de dieta formal que defina exatamente o que comer, quanto e quando. Em vez disso, a dieta antiinflamatória consiste em encher suas refeições com alimentos que comprovadamente combatem a inflamação e – tão importante quanto – cortar alimentos que comprovadamente contribuem para ela.

alimentos inflamatoria

Alimentos que ajudam a controlar a inflamação

Os alimentos anti-inflamatórios são ricos em substâncias como alicina, ácidos graxos, ômega-3 e vitamina C:

  • Ervas aromáticas, como alho macerado, açafrão, curry e cebola;
  • Peixes ricos em ômega-3, como atum, sardinha e salmão;
  • Sementes com ômega-3, como linhaça, chia e gergelim;
  • Frutas cítricas, como laranja, acerola, goiaba e abacaxi;
  • Frutas vermelhas, como romã, melancia, cereja, morango e uva;
  • Frutas oleaginosas, como castanhas e nozes;
  • Vegetais, como brócolis, couve-flor, repolho e gengibre;
  • Óleo de coco e azeite.

Alimentos que atrapalham seu corpo e aumentam a inflamação

Os alimentos abaixo devem ser evitados ou consumidos em pequenas quantidades:

  • Frituras;
  • Açúcar;
  • Carnes vermelhas, especialmente as ricas em aditivos e gorduras, como salsicha, linguiça, bacon, presunto, salame e fast food;
  • Cereais refinados, como farinha de trigo, arroz branco, massas, pães e bolachas;
  • Leite e derivados integrais;
  • Bebidas açucaradas, como refrigerantes, sucos em caixa e em pó;
  • Bebidas alcoólicas;
  • Outros: molhos industrializados e comida pronta congelada.

Dieta antiinflamatoria emagrece?

Sim, ela pdoe ajudar, mas seu objetivo não é exatamente esse. O consumo de alimentos anti-inflamatórios ajudam na melhora da capacidade de funcionamento ideal do organismo, diminuindo o armazenamento de gordura e auxiliando na perda de peso.

Porém, a dieta anti-inflamatória não é aconselhada para o objetivo da perda de peso em si e, sim, para melhorar os hábitos alimentares e reeducar o estilo de vida. De qualquer forma, em alguns casos, o plano alimentar prescrito por um nutricionista para reduzir a inflamação do corpo poderá apresentar resultados de perda de peso.

Video explica melhor sobre essa dieta

Contra indicações – Importante

Vale lembrar que, ao decidir fazer uma dieta, é necessário, sempre, o acompanhamento de um profissional – já que a prática de restringir alimentos ou horários de refeições pode oferecer riscos.Isso porque passar muitas horas sem comer pode resultar em cansaço extremo, dores de cabeça, confusão mental e irritabilidade, assim como aumento do desejo por comidas ricas em carboidratos refinados e gordura.

Toda dieta só deve ser preescrita e recomendada pelo seu médico, que vai definir atavés de exames como estão suas taxas corporais e como você deve comer corretamente. Não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações aqui apresentadas que são de domínio público na Internet.

Conclusão

Esperamos que tenham curtido as dicas pessoal e que consigam emagrecer com sucesso.

já falamos em outro artigo sobre o keto emagtramina que é bem interessante para o emagrecimento.

Sugestões e dicas podem deixar nos comentários!

referênciasMinha vida – garce.org.br

Ofertas dos nossos anunciantes:


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *