Desenvolvimento Humano

Benefícios da música para o cérebro – Confira 9 vantagens!


Os benefícios da música para o cérebro são diversos, e podem influenciar em nosso desenvolvimento cognitivo desde quando somos crianças, aliás, principalmente nesse período onde nossos sentidos e cognição se desenvolvem de forma mais rápida.

Apesar disso, não significa que se você é um adulto não posso se tornar mais inteligente ou então aproveitar dos benefícios que a música e os instrumentos podem causar em sua vida. Na realidade, todos podem melhorar sua cognição, independentemente de sua idade, através dos efeitos que a música causa.

Compreensivelmente, o efeito da música e do aprendizado da mesma através de instrumentos se dá de forma mais benéfica na fase da infância, e por isso é tão indicado que seus filhos aprendam um instrumento ou se tornem parte do ambiente musical desde cedo, pois já foi comprovado que “crianças artistas” possuem notas melhores na escola do que aquelas que não são.

Neste conteúdo, queremos trazer maiores informações para você que quer saber quais são as vantagens de implementar a música em seu cotidiano. Por isso, começamos falando sobre o impacto da mesma desde nossa infância, e logo após complementamos com a parte principal de nosso texto: os benefícios da música para o cérebro. Está ansioso para saber mais sobre o assunto? Então leia conosco até o final, vamos lá!

O impacto da música desde a infância

beneficios da musica para o cerebro

Tudo o que nos rodeia é som, ou melhor, é música. Por isso, logo que nascemos, um dos nossos cinco sentidos que é imediatamente despertado e abalado pela vida é a audição, pois imediatamente começamos a perceber os ruídos e sons que nos rodeiam e que nos acompanharão ao longo da nossa vida.

Os mesmos sons e ruídos que aprendemos a reconhecer com o tempo e que aprenderemos a distinguir. E um desses sons é música.  Vamos imaginar a vida de uma criança pequena para entender como a música, em todas as suas variações, é um dos primeiros sons a se distinguir.

A criança aprende imediatamente a reconhecer a “música” da canção de ninar, obviamente não as palavras, mas o canto que atua como fundo sonoro, aprende a reconhecer a “música” de sua canção favorita, aprende a reconhecer a “música” de seu desenho animado favorito, em suma, o ouvido de uma criança aprende imediatamente a distinguir a música, como resultado de instrumentos particulares que produzem sons diferentes que se harmonizam juntos dão melodias.

A mesma música que, querendo ou não, vai fazer parte da nossa vida, vai nos acompanhar nas alegrias e nas tristezas. É um conceito que Confúcio expressou de forma direta, afirmando que: “A música produz uma espécie de prazer, do qual a natureza humana não pode prescindir”.

Mas o poder mágico e positivo da música não para por aí, já que está cientificamente comprovado que quem toca um instrumento musical e por isso faz música, apura habilidades sensacionais que o tornam mais inteligente.

Alguns dos benefícios da música

Conforme mencionamos, os benefícios que a música implementa em nossa vida são diversos. Abaixo, separamos algumas dessas vantagens para a nossa vida como um todo. Vamos ver quais são os efeitos benéficos obtidos ao aprender a tocar instrumentos musicais:

1. Desenvolve inteligência vívida

Foi cientificamente aprovado que quem aprende a ler e tocar música, pratique e desenvolva raciocínio analítico e aprimore as habilidades de memória e concentração, sendo esses alguns dos principais benefícios de um instrumento para o cérebro.

2. Melhora as habilidades motoras

Você tem mais ritmo e, portanto, pode coordenar melhor cada tipo de movimento. Existem dois tipos de coordenação motora: a ampla, responsável por nossos movimentos de andar, correr e esticar os braços, e a motricidade fina, responsável pelos movimentos das mãos e dos dedos, sendo essa a mais desenvolvida no caso de instrumentos musicais.

3. Melhora a sociabilidade

Aprender a tocar também significa ouvir, contar com os professores e também aprender a tocar em grupo e, portanto, aprender a estar juntos e em harmonia.

Crianças que aprendem a tocar instrumentos, vivenciam concertos e ensaios em grupo, melhorando assim a sociabilidade como um todo. Isso também vale para adultos tímidos que querem resolver problemas de sociabilidade.

4. Melhora o sistema imunológico

Segundo muitos estudiosos, quem toca instrumentos musicais produz mais células que combatem o aparecimento de doenças. Portanto, aprender a tocar um instrumento desenvolve mais células a partir de comandos cerebrais, ajudado você a combater doenças sérias como o próprio câncer.

5. Reduz o estresse e a depressão

Tocar algo ou vivenciar a música diariamente ajuda a expressar as emoções com sinceridade e, portanto, ajuda a não somatizar as tensões do dia, atuando como uma válvula de escape válida. Esse é um dos principais benefícios da música para o cérebro, pois é melhor tocar um instrumento do que tomar um remédio pesado, não é mesmo?

6. Melhora as habilidades organizacionais

Um bom músico sabe que para aprender a tocar bem um instrumento é preciso saber organizar o tempo da melhor maneira possível, para assim aprender também a não desperdiçá-lo. Quer ter uma melhor gestão de tempo? Comece aprendendo um instrumento!

7. Ensina consistência

Aprender a tocar um instrumento requer determinação única, bem como muita paixão. E essa constância nos ajudará a superar os desafios mais difíceis de nossa vida. O talento é incrível, mas a consistência irá lhe levar a lugares que nada mais poderá lhe levar!

8. Melhora as habilidades de leitura e compreensão

Saber entender e ler música melhora as habilidades cognitivas e de leitura, sendo esses também considerados bons exemplos de benefícios da música para o cérebro. Compreender uma nota na partitura e reproduzi-la musicalmente também melhora as habilidades de leitura de acordo com uma série estudos renomados.

9. Melhora o sistema respiratório

Principalmente para instrumentos de sopro, ou então pra quem resolver aprender a cantar, é bom saber usar “o ar”, aprender a respirar fundo, pois quanto mais ar se dá à nota, melhor é o som. Muitas pessoas cantam e tocam instrumentos de sopro com a garganta, um erro de iniciante que é corrigido com o estudo contínuo da música.

Esses são alguns dos benefícios da música para o cérebro, e não todos, portanto, já podemos perceber que realmente vale a pena incluí-la em nossa vida como algo cotidiano para melhorar vários âmbitos, seja pessoal ou social.

Já até falamos em outro artigo sobre o autismo infantil, sugiro leitura sobre o artigo.

Até a próxima!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *