Top 10 alimentos: o que não podem faltar em sua mesa!


Qual tipo de alimento não pode faltar em sua mesa? Você entenderá a importância dos Top 10 alimentos certos para sua saúde e aprenderá como usá-los. Confira aqui!

Alimentos incríveis promovem resultados incríveis!

Alimentos incríveis promovem resultados incríveis!

Quem se preocupa com a saúde e bem-estar sabe que existem certos tipos de alimentos que ajudam, e muito, o nosso metabolismo. Hoje trazemos essa máteria falando sobre uma seleção Top 10 dos alimentos que não podem faltar no seu organismo!

Além disso algumas substâncias presentes nos alimentos aceleram a nossa digestão e mantém o corpo funcionando de forma  termodinâmica. Médicos e nutricionistas vivem repetindo que uma alimentação balanceada é o segredo para uma vida mais saudável. A lista do que se deve evitar (fast food, açúcar, frituras, refrigerantes) é  bem grande, mas quais alimentos podem nos fornecer, de fato, um benefício maior para nossa saúde?

Para responder isso, separamos uma  super seleção de ingredientes valiosos que não podem faltar na hora da alimentação saudável! Veja logo abaixo:

  1. Gengibre
  2. Limão
  3. Castanha
  4. Hortelã
  5. Água de coco
  6. Agrião
  7. Chá verde
  8. Peixes Oleosos
  9. Salsa
  10. Cúrcuma

Saiba como funcionam os alimentos Top 10!

 

Gengibre – é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. Também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal.

Limão – possui muitos benefícios e forte poder antibiótico, antiviral e os poderes de estimulação imunológica, assim como o uso no auxílio da perda de peso, devido a seu poder digestivo e de limpar o fígado. Podem ser consumidos na forma de sucos, mas também são muito úteis na hora de temperar saladas e assim se livrar de molhos para saladas ricos em sal (sódio).

Castanhas – promovem melhorias na síndrome metabólica (conjunto de fatores de risco que inclui hipertensão arterial, obesidade abdominal, níveis elevados de colesterol e resistência à insulina). As castanhas têm vitaminas, minerais e são antioxidantes. Contém fósforo e potássio, minerais essenciais para equilibrar o ritmo dos batimentos cardíacos e evitar arritmias.

Hortelã – é combinada com legumes, verduras e até mesmo suco de frutas, além de ter grande representatividade nutricional. Os benefícios da hortelã podem contribuir com um melhor processo de digestão, o que reduz desconfortos estomacais, previne inflamações, evitando mal-estar. Esse efeito positivo é obtido devido aos antioxidantes e fitonutrientes presentes nas folhas. Serve para tratar desconfortos estomacais, a hortelã ajuda aqueles que sofrem com problemas intestinais, flatulência e acidez.

Água de coco – é rica em vitaminas, minerais, aminoácidos, carboidratos, antioxidantes, enzimas e outros fitonutrientes que ajudam o corpo a funcionar com mais eficiência. Seu conteúdo eletrolítico (mineral iônico) semelhante ao plasma humano garantiu-lhe o reconhecimento internacional como melhor reidratante oral. Promove o equilíbrio da química corpórea, beneficiando a saúde como um todo. Ela reduz a pressão arterial e risco de doença cardíaca, previne aterosclerose, facilita as funções renais, protege contra vários tipos de câncer, facilita a digestão, o controle do níveis de glicemia no sangue, a circulação sanguínea, deixa o sistema imunológico mais ativo, possui propriedades anti-envelhecimento e ajuda na preservação de bactérias amigas da saúde.

Agrião – possui propriedades expectorante, adstringente, descongestionante, digestiva, fortificante, tônica, depurativa, cicatrizante, antitérmica, anti-icterícia, anti-inflamatória, estimulante, diurética e excitante. A planta pode ser usada para auxiliar no tratamento de algumas doenças como gota, reumatismo, artrite, gripe, tosse, bronquite, amenorreia, asma, anemia, caspa, falta de apetite, colite, diabetes, dor de dente, distúrbios digestivos, febre, dispepsia, acne, icterícia, uremia, tuberculose, sífilis, vermes, pedras nos rins, inchaço das glândulas, cistite e debilidades do coração e dos nervos. Rica em vitamina A, seu consumo é excelente para os olhos, a pele, os ossos e os dentes. Além disso, age como um fortalecedor da imunidade por ser rico em vitamina C.


Chá verde – é rico em flavonoides chamados catequinas, fitoquímicos responsáveis pela maior parte de suas propriedades para a saúde. O chá também é rico em cafeína, a quantidade pode variar de 10 a 86 mg por folha.Traz saciedade outras pesquisas indicam que as catequinas interagem com os receptores da leptina, hormônio relacionado à sensação de saciedade do nosso organismo. Acelera o metabolismo o chá verde também é conhecido por seu efeito termogênico.

Peixes Oleosos – possuem um alto valor proteico e um baixo teor de gorduras saturadas. A proteína é essencial para fortalecer o corpo, além de ajudar na reconstituição dos tecidos do organismo. Se por um lado os peixes oleosos possuem baixo teor de gorduras saturadas, por outro contêm um alto teor de gorduras não-saturadas, principalmente Ômega 3 (ácidos gordurosos). Ômega 3 é considerado um dos melhores compostos nutricionais que podemos adicionar ao nosso organismo. Ele ajuda a reduzir o colesterol, e consequentemente as doenças cardíacas, e pode ainda ajudar na prevenção de certos tipos de câncer.

Nas pessoas idosas o ômega 3 reduz o risco de demência ao proteger as células cerebrais e manter os vasos sanguíneos e as artérias do coração em boas condições, prevenindo assim a arterioesclerose. Os peixes oleosos também combatem as artrites por manterem uma boa lubrificação das juntas, também são ricos em vitamina B, essencial para que os tecidos e o sistema nervoso se mantenham em condições saudáveis; e ainda vitaminas A e D, assim como cálcio, zinco e magnésio.

peixes oleosos - top 10

Reduz colesterol e chances de doenças cardíacas e pode ainda ajudar na prevenção de certos tipos de câncer. É ou não é um alimento perfeito?

Salsa – a erva aromática é originária do Mediterrâneo e apresenta propriedades que podem purificar os órgãos vitais, tratar e controlar a hipertensão e combater o aparecimento de distúrbios inflamatórios. Popularmente conhecida como salsinha, é rica em vitaminas A, B1, B2, C, D e K, além de minerais como cálcio, ferro, fósforo, magnésio e potássio. Entre os  benefícios da salsa para a saúde está o fortalecimento do sistema imunológico, pois as vitaminas A e C presentes na salsa ajudam a fortalecer o sistema imunológico do organismo. A vitamina C é necessária para o colagênio, principal proteína estrutural do tecido conjuntivo, mantendo ossos e dentes saudáveis, além de acelerar o processo de cicatrização de feridas. Purifica os rins, devido à sua grande capacidade diurética, a salsa é um ótimo remédio natural para purificar os rins, pois estimula a função renal e facilita a eliminação de líquido do corpo. É rica em substâncias antioxidantes, como a luteolina, que auxilia no combate aos radicais livres, prevenindo o envelhecimento precoce das células e o aparecimento de doenças como câncer. Por ser rica em antioxidantes, a salsinha pode auxiliar na limpeza e rejuvenescimento da pele e fortalecimento das unhas e cabelos.

Cúrcuma – serve para o tratamento de problemas digestivos, como falta de apetite, indigestão ou acidez gástrica, problemas do fígado e da vesícula biliar, artrite, reumatismo, eczema, asma e psoríase. Além disso, a cúrcuma pode ser utilizada para diminuir os níveis de colesterol no sangue, inibir a formação de coágulos e aliviar os sintomas de tensão pré-menstrual. As principais propriedades da cúrcuma são a sua ação anti-inflamatória, antioxidante, antibacteriana e digestiva.

Termodinâmica

Muito além do físico, é Física! É sabido que o calor e o frio são essenciais para o dia a dia, principalmente quando trata-se de cuidados com a saúde. Para entender qualitativamente os mecanismos de aquecimento e resfriamento do corpo, vamos então considerá-lo como um sistema termodinâmico. O corpo aumenta seu conteúdo energético interno pela ingestão de alimentos e assim  o organismo consegue manter uma temperatura próxima a constante, apesar das variações bruscas no tempo, níveis de atividade física e períodos de alta atividade metabólica (após as refeições).

A importância disso é manter uma temperatura próxima à constante. Essa é uma das funções fisiológicas primárias do corpo humano e é também essencial para o funcionamento apropriado dos músculos e para o controle das velocidades das reações bioquímicas no organismo.

top 10 alimentos

Muito além do físico, é Física!

 

Efeitos e resultados
alimentos top 10 e exercícios

Para aumentar os efeitos e resultados de um bom funcionamento do nosso metabolismo, é importante não perder de vista que os alimentos devem estar associados aos exercícios físicos. A prática de atividades físicas é sempre uma aliada da sua saúde e bem estar físico e psicóologico. Cuide-se! Já falamos aqui também sobre o goji berry, espero que curtam o artigo também.

 

Esse artigo foi útil pra você? Escreva abaixo o seu comentário, dúvida ou sugestão. 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *