Desenvolvimento Humano

Assistir BBB faz mal pra Saude? Veja a verdade!




Será que assistir bbb faz mal? Entenda se ver o programa pode abalar sua saude mental ou não.

Convidar alguém para assistir bbb é uma decisão pessoal e deve ser feita de acordo com as suas próprias necessidades e desejos, mas também levando em consideração os sentimentos e desejos da outra pessoa. É importante ter uma comunicação clara e aberta com a outra pessoa e garantir que ambos estejam dispostos e confortáveis com a ideia antes de prosseguir. No artigo de hoje, por exemplo, vamos falar se assistir BBb faz mal. Acompanhe e entenda.

Assistir BBb faz mal?

Assistir ao BBB ou qualquer outro programa de televisão em si mesmo não faz mal à saúde, desde que seja feito com moderação e não afete negativamente outras áreas da vida, como o trabalho ou relacionamentos. No entanto, algumas pessoas podem se sentir afetadas negativamente pela exposição a certos conteúdos ou comportamentos exibidos no programa. Por exemplo, algumas pessoas podem se sentir desconfortáveis com a forma como os participantes se relacionam entre si ou com questões de gênero e raça. Outros podem se sentir pressionados a se comparar com os participantes e suas vidas “perfeitas” mostradas na TV.

Assistir BBB faz mal

É importante lembrar que os programas de televisão são produzidos para serem divertidos e atraentes, e não necessariamente refletem a realidade da vida. Portanto, é importante manter uma perspectiva saudável e não se deixar influenciar negativamente pelo conteúdo exibido.

Programa pode ativar gatilhos

Uma vez que existme pessoas reais e com historias reais no programa, temas como assedio e racismo por exemplo podem vir a tona. Casos recentes ocorreram com o participante Lucas Penteado por exemplo. De acordo com João Pedro Santos da Silva, psicólogo e mestre em Healthcare Management pela Must University (EUA), atitudes assim podem promover problemas e traumas maiores em indivíduos negros que acompanham o programa. “Muitas pessoas, ainda que tenham suporte emocional e da militância, podem sofrer muito diante dessas situações”. Além disso, ele reforça que o racismo é estrutural e acaba sendo forte e naturalizado pelas próprias pessoas negras dentro do programa.

Vicio no programa

Muitas pessoas se viciam tanto no programa que acabam prejudicando suas vidas. O vicio passa a ser tão danosos quanto o vicio em alcool, casino, roleta e drogas, uma vez que atrapalha profundamente a vida da pessoa.Em casos extremos ha pessoas que deixaram de ir trabalhar para ficar em casa acompanhando o programa. Outro problema são os “mal exemplos” dados por alguns participantes. Ao aparecer fumando no BBB 23, Bruna Griphao deixou os internautas chocados. Isso porque, a famosa tem um corpo atlético, cheio de músculos e dava a entender que mantinha uma vida saudável. Porém, a quantidade de cigarros consumidos pela atriz fez os fãs do programa se assustarem e alguns memes surgiram na internet.

bbb faz mal vicios

 

Pesquisa aponta que programa pode despertar sensações ruins

Em pesquisa independente realizada pela Hibou, empresa de monitoramento de consumo, com mais de dois mil respondentes, 87% dos brasileiros acreditam que sim, o que acontece dentro da casa do BBB21 é cancelamento. Dos 52% dos brasileiros que estão acompanhando o reality, 86% já sentiram emoções negativas fortes em duas semanas de programa, em ordem de expressividade, são mais comuns os sentimentos de raiva, tristeza, preconceito, humilhação, indignação, nojo, repúdio e falta de empatia. 6,7% dos entrevistados está pensando em parar de assistir ao programa, sendo 50% por achar o conteúdo pesado.

Importante

Se você se sente assustado, carente, depressivo, ou acredita que o programa está lhe retornando sentimentos ruins, pare de assistir e procure ajuda profissional de um psiquiatra ou psicologo.

Por fim , espero que tenham gostado da nossa matéria pessoal e que tenha que entendido que tudo na vida em excesso ou seja, bbb faz mal se voce se viciar e prejudicar sua vida. Mas se isso não for o problema, bom programa para voce!

Fonte – UOL, mixme e Jornal a Gazeta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *