Azia: por que ela ocorre? E como evitá-la?

Sofrendo com azia? Conheça os sintomas, por que ela ocorre, como evitar e muito mais.

Quem gosta de comer ou beber bem, vez por outra acaba passando por um desconforto estomacal, que popularmente chamamos de azia. Os episódios de azia podem ser ocasionais ou frequentes, podendo interferir na rotina e qualidade de vida do paciente, e até ser sinal de algo pior. Falaremos aqui os detalhes para que você fique bem informado(a) sobre o assunto!

O que é Azia?

Sinônimos: pirose, dor no peito não cardíaca

Quase todas as pessoas já sentiram aquela sensação de queimação vinda da parte de trás do esterno, um osso localizado na parte anterior do tórax. Pode se apresentar como uma dor que se irradia pelo peito, pescoço ou a garganta

azia

O prazer da refeição dura pouco para aqueles que são obrigados a lidar com a queimação no estômago causada pelo sintoma. Segundo a Organização Mundial da Saúde o número levantado já é alto, mas tende a ser ainda maior, já que a maioria das pessoas que convive com o problema dificilmente busca um especialista na tentativa de resolvê-lo. A maioria dos pacientes procura, por conta própria, medicamentos ou soluções naturais para amenizar o desconforto.

A azia é causada pelo refluxo de ácido gástrico (responsável pela digestão dos alimentos): ele segue do estômago para o esôfago, como se fosse retornar à boca. Esse refluxo, por sua vez, é causado pelo mau funcionamento de uma espécie de válvula, chamada esfíncter: ela se abre para o alimento passar do esôfago para o estômago e, em seguida, deve se fechar para reter o que foi ingerido e também os sucos gástricos que circulam por ali.

Anúncio Patrocinado:
   

Sintomas

  • queimação
  • refluxo gástrico
  • dor de garganta
  • mau funcionamento da vávula do esficter

Os sintomas acabam melhorando temporariamente, mas voltam a incomodar em pouco tempo sem tratamento médico.A postergação do tratamento também pode gerar consequências para a saúde do paciente.

Como evitar a azia?

Existem algumas dicas básicas do que fazer:

Evite alimentos que aumentam a produção de ácido no estômago, como: frituras, carnes gordas, álcool, refrigerantes, chocolate, café, bebidas gaseificadas ou condimentos em excesso. Coma leve, de preferência a cada 3 horas, em pequenas porções e inclua mais frutas (de preferência não ácidas) que o habitual;

Evitar o excesso de peso, para que não haja uma pressão intra-abdominal desnecessária causada por quilos a mais;

É recomendável evitar o consumo de líquido durante as refeições, além de mastigar devagar e bem. Também prefira comer várias vezes ao dia e em porções menores. Ainda é importante não ingerir comidas pesadas e gordurosas, principalmente à noite. Não é indicado deitar-se logo após as refeições.

azia alimentos

Limite o consumo de alimentos gordurosos, chocolate, tomate, alimentos picantes, café, bebidas gaseificadas, bebidas ácidas (sumo de laranja) e álcool;

Conclusão

Lebramos que todo problema estomacal, deve ser sempre observado pelo seu médico.Não se baseie apenas em websites na internet.Procure sempre tratamento ao menor problema encontrado.

Se você tem sugestões de outros artigos, pode deixar nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *