HPV: sinais e sintomas!!


O HPV ou Human Papiloma Vírus vive nas mucosas e na pele das pessoas. Leia esse texto e tire suas dúvidas!

O HPV é um assunto sério, que todos devem estar atentos! Pois trata-se de uma doença contagiosa e com alto risco de transmissão. Pode ser mais fácil encontrá-lo na vulva, vagina, colo do útero e pênis.

A principal forma de transmissão é por via sexual, já que é uma infecção transmitida sexualmente (DST).O estado clínico do paciente depende de cada organismo, seu estado imunológico, e também do subtipo do HPV pelo qual foi infectado. Alguns podem não desenvolver sintomas ou sinais aparentes da doença.

Principais sintomas do HPV

hpv

  • Verrugas nos órgãos genitais;
  • Alterações no tecido da pele que podem ser dolorosas;
  • Essas alterações podem estar isoladas ou agrupadas;
  • Alterações a nível celular causando uma predisposição a ter determinados tipos de câncer;
  • Irritação e coceira no local;

Vale ressaltar que verrugas bastante visíveis possuem o risco de transmissão muito maior e elas podem aparecer no pênis, anus, vagina, vulva, colo do útero e ate mesmo na boca e garganta, se a pessoa tiver tido sexo oral com alguém infectado.

Perguntas frequentes:

1- Quanto tempo demora para aparecer os sintomas, apos a transmissão?

O vírus do HPV pode ficar dormente no organismo e os sintomas podem demorar alguns dias ou anos para aparecer.

2- Se tiver algum  dos sintomas descritos acima, posso me automedicar com algum remédio ou pomada?

Ao observar qualquer sinal ou sintoma que esteja relacionado a infecção pelo HPV é necessário buscar a ajuda de um profissional medico e realizar os exames necessários para confirmar o diagnóstico. Após o diagnóstico correto, o tratamento adequado será indicado e iniciado.

3- Homens também podem pegar HPV?

Se um homem tiver contato com a pele infectada pelo vírus ele poderá tanto pegar quanto transmitir a doença para o parceiro (em caso de relações homoafetivas) ou para a parceira.

Sendo assim, em relações sexuais sem o uso de preservativo ou quando o preservativo não cobre a área das verrugas.

Se não for possível cobrir as verrugas a recomendação é que se tenha uma abstinência sexual durante o tratamento.


Inclusive os homens que mantem relação sexual com outros homens são o grupo mais indicado para tomar a vacina, mas todos os homens podem fazer uso dessa vacina.

Ela protege contra o aparecimento de verrugas e também previne o câncer anal.

4 – Posso tomar a vacina contra o HPV quando quiser?

 Na verdade o Ministério da Saúde adotou a vacina quadrivalente, que protege contra HPV de baixo e de alto riscos, pois ela tem a capacidade d e estimular a produção de anticorpos para cada tipo de HPV.

A proteção depende da quantidade de anticorpos que a pessoa vacinada produz, e ainda, de quanto tempo os anticorpos vão conseguir permanecer no local.

Vale frisar que  a vacina do HPV é exclusiva para a prevenção e não tem efeito quando a doença já está instalada no organismo.

5- Qual a melhor idade para fazer uso dessa vacina?

O público alvo da vacina contra HPV são as meninas na faixa etária de 9 a 13 anos de idade, que recebem duas doses da vacina, e mulheres portadoras do vírus HIV com idade de 9 a 26 anos que recebem três doses.

6- Quão segura pode ser essa vacina? Quais efeitos colaterais?

A vacina do HPV não apresenta muitos efeitos pós-vacinação. Efeitos adversos graves são raros, mas se algo acontecer deve-se procurar ajuda médica.

hpv transmissao

Salientamos ainda que a vacina não substitui o exame preventivo de câncer de colo uterino e não está indicada para gestantes.

Conclusão

Bom pessoa, lembramos que é importante sempre procurar seu médico para que ele lhe indique o melhor tratamento, evite auto medicação ou apenas simpatias. Não nos responsabilizamos pelo mal uso das informações aqui apresentadas que são de dominio público na Internet. Já falamos aqui também sobre algumas doenças raras como o pé de maracujá e outras, sugiro a leitura.

Dúvidas ou sugestões de novos artigos, podem deixar nos comentários!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *