Hemorroida: como ocorre? Tem cura?


A hemorroida pode se desenvolver em qualquer estágio da vida e atinge homens e mulheres na mesma proporção. Conhecer o modo de prevenção da doença e saber quais são os seus sintomas é extremamente importante para evitar problemas mais graves.

A hemorroida é uma doença comum e afeta quase 80% da população. Ela é classificada em quatro graus diferentes, que são definidos conforme a gravidade e o local em que se desenvolve, sendo assim, a hemorroida pode ser interna ou externa.

hemorroida-como-ocorre-tem-cura

A hemorroida é uma doença mais comum do que você imagina. (Foto: Divulgação)

Como ocorre hemorroida?

Assim como várias outras partes do corpo, a região anal é composta por veias e músculos localizados de maneira estratégica para facilitar a evacuação. No entanto, quando a pressão do músculo aumenta, essas veias incham e mudam de posição, podendo provocar dor e a inflamação.

Essa situação pode ocorrer em dois locais. Quando acontece próximo ao esfíncter anal interno, é chamada de hemorroida interna, pois não é visível. Já quando o problema atinge as veias próximas a abertura do ânus e a inflamação é visível, recebe o nome de hemorroida externa.

De modo geral, a hemorroida pode ser ocasionada por vários fatores, um dos principais é o hábito alimentar. Além disso, vale alertar que a gravidez e a diarreia crônica aumentam as chances de desenvolvimento da doença.

Para prevenir hemorroida, é essencial beber muita água e manter uma dieta rica em fibras, substância presente em diversos alimentos, especialmente nas frutas e vegetais, que é capaz de melhorar a atividade do intestino.


O consumo de frutas ricas em fibras é essencial para prevenir hemorroidas. (Foto: Divulgação)

O consumo de frutas ricas em fibras é essencial para prevenir hemorroidas. (Foto: Divulgação)

Sintomas de hemorroida

A hemorroida apresenta vários sintomas e a intensidade de cada um deles varia de pessoa para pessoa. Normalmente, o primeiro sintoma a se manifestar é a dor, marcada pela sensação de ardência ao evacuar. Posteriormente, surgem sintomas como o sangramento e os nódulos em torno do ânus.

Se a doença for interna, os sintomas surgem esporadicamente e podem até mesmo não se manifestar, o que dificulta a percepção da doença. Por este motivo, diante de qualquer sinal de hemorroida, procure um médico e realize todos os exames necessários para um diagnóstico seguro.

Hemorroida tem cura?

A hemorroida pode ser tratada de diversas maneiras diferentes, cabe ao médico decidir qual a melhor opção para o seu caso.

Além do uso de pomadas e dos cuidados de higiene, pode ser necessário realizar uma coagulação infravermelha, onde uma luz infravermelha é utilizada para coagular o sangue do local e impedir que ele chegue até a hemorroida, fazendo com que elas diminuam de tamanho. Outra opção é a injeção, que é aplicada nas hemorroidas, também com a intenção de diminuí-las.

A cirurgia só é indicada quando nenhum dos demais tratamentos são eficazes para acabar com as hemorroidas, existem duas cirurgias para esta finalidade.

Na ligadura elástica, são utilizados elásticos para amarrar as veias inflamadas e impedir a circulação de sangue no local. E na hemorroidectomia é feita a retirada das veias inflamadas, acabando assim com o incomodo causado pelas hemorroidas.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *