Azia: como ocorre e como evitar?


A azia é comum em grande parte da população! Apesar de não ter relação com problemas graves de saúde, a queimação compromete o bem estar após as refeições e prejudica a alimentação, obrigando o individuo a passar horas em jejum.

A azia não é um problema crônico, tem tratamento e pode ser evitada através de hábitos simples. Além da alimentação incorreta, a azia pode ser ocasionada por refluxo ou pela hérnia de hiato, que tem como característica principal a projeção do estomago para dentro da cavidade torácica.

A azia se manifesta como um desconforto no estômago. (Foto Ilustrativa)

A azia se manifesta como um desconforto no estômago. (Foto Ilustrativa)

Como ocorre a azia?

Durante qualquer refeição, o estômago se prepara para receber os alimentos e fazer a digestão dos mesmos. Para isso, produz o suco gástrico, uma substância extremamente ácida que decompõe as proteínas e facilita que elas sejam absorvidas pelo organismo.

Entre o estomago e o esôfago existe uma válvula chamada esfíncter. Essa válvula permanece aberta para a passagem dos alimentos no momento da refeição e se fecha logo após, para impedir que o alimento e o suco gástrico presente no estômago não retorne a garganta.

A falha do esfíncter provoca a azia, ele se mantem aberto e permite que o ácido estomacal atinja o esôfago e o canal da garganta, causando a sintomas característicos, como o desconforto e a queimação.

A azia é comum em pessoas que sofrem de refluxo, pois a válvula entre o esôfago e o estômago dificilmente se fecha, o mesmo ocorre com quem tem hérnia de hiato. Em grávidas o problema se dá pelo uso de medicação em excesso e também pelo alto nível do hormônio progesterona no organismo, que relaxa os músculos e consequentemente, faz com que a esfíncter se mantenha aberta.


Dicas para aliviar azia

Algumas medidas simples ajudam a acabar com a azia. (Foto Ilustrativa)

Algumas medidas simples ajudam a acabar com a azia. (Foto Ilustrativa)

Uma das causas da azia é a má alimentação, ingerir bebida alcoólica, alimentos muito ácidos, ou com grande concentração de gordura pode provocar a queimação. A quantidade de alimentos por refeição também torna o problema comum, a melhor maneira de prevenir a azia é comer sem exageros.

Confira algumas dicas ficar livre desse problema:

Refeições na hora certa

Ficar por muito tempo sem comer faz com que o estomago acumule ácido gástrico e provoque queimação. Comer a cada três horas é uma boa maneira de evitar o desconforto.

Café depois do almoço

Tomar café após as refeições é um hábito comum, porém a cafeína relaxa o esfíncter e permite que o ácido gástrico entre em contato com o esôfago. Quem sofre com azia constantemente, deve optar pelo café somente durante a manhã e no mínimo duas horas antes da refeição.

Repouso após a refeição

Enquanto ocorre a digestão dos alimentos é fundamental manter-se com o tronco levemente inclinado e evitar ficar deitado de barriga para baixo ou se movimentar demais. Exercícios físicos devem ser feitos somente uma hora e meia após a refeição.

Bicarbonato de sódio

O bicarbonato ajuda a neutralizar a acidez estomacal e alivia a queimação. Misture uma colher de bicarbonato de sódio em um copo com 100 ml de água e beba sempre que sentir azia.

Leite

Apesar de muito indicado para azia, por conter pH alto e ser capaz de neutralizar a acidez, o leite também contém é rico em gorduras e cálcio, substâncias que estimulam a produção de ácido no estômago. Podendo agravar ainda mais o problema.

Gostaram das dicas?

Se você tem dúvidas ou sugestões de novos artigos, deixem nos comentários!