Versátil e com muitos derivados, consumo diário das uvas é ótimo para saúde

Uma fruta saborosa e fácil de encontrar no mercado: a uva guarda uma série de benefícios importantes para o corpo humano. Utilizada em diversos segmentos da indústria de alimentação e bebidas, é uma fruta popular cujo consumo regular pode se traduzir em ótimos resultados para a saúde.

Fonte:Pxhere

Quem faz compras regularmente sabe que é fácil encontrar dois tipos de uva: verde e roxa. Cada uma, portanto, tem seus próprios benefícios e trazem consigo uma série de vantagens para nós.

Uva roxa — Esse tipo é o mais tradicional e também mais doce. Os benefícios começam logo por fora, pois a cor viva e forte traz consigo muitos antioxidantes e radicais livres, que ajudam a proteger o sistema imunológico.

Além disso, a uva roxa também é recomendada pelos especialistas para proteger o coração. “Uma das principais vantagens é que ajuda a dilatar as artérias, portanto, isso faz o sangue fluir mais naturalmente. Isso é uma grande vantagem para quem lida com problemas de coração”, afirma o cardiologista Bruno Lemos. E, por ser um agente antimicrobiano, também é útil para fortalecer o sistema imunológico.

A uva roxa também é boa para os olhos, a pele e até mesmo o cérebro. Um dos principais segmentos que a fruta é usada está na estética, pois é rica em vitamina C e os antioxidantes da fruta ajudam a entardecer o processo de envelhecimento.

Uva verde — De acordo com a nutricionista Cristina Martins, a verde atua como principal agente no intestino. “Melhora a atividade intestinal e a retenção hídrica. Não é uma fruta, portanto, que pode ser considerada [muito] calórica”, afirma a especialista.

Muito da boa ação da uva no intestino tem a ver com o baixo nível de gordura da fruta. O nível de açúcar encontrado nelas é menor do que na roxa, por exemplo, e são digeridas com mais facilidade.

A uva verde é rica em potássio, fibra, vitamina K e B1. Com isso, junto com a ação do resveratrol encontrado principalmente nas cascas, a fruta é muito boa para o funcionamento dos rins e ajuda a proteger contra muitos males em potencial.

Dicas para o consumo diário — O recomendado, de acordo com Bruno Lemos, é consumir um cacho todos os dias, sendo roxa ou verde. Não há hora para consumi-la. A uva é uma fruta muito adaptável em muitos pratos e bebidas, portanto, o consumo dela não precisa ser restrito apenas a ingeri-la de maneira natural.

Anúncio Patrocinado:

Um dos principais trunfos da uva são os derivados em bebida, e nisso se destaca o suco de uva verde. “Muito nutritivo, é um ótimo aliado aos planos alimentares de emagrecimento. Principalmente se o caso for de substituir barrinhas de cereais, biscoitos ricos em amido e outros lanches mais calóricos” afirma Cristina Martins.

Já quando o assunto é a uva roxa, o suco integral, sem açúcar, é um dos principais indicados pelos nutricionistas para manter a pele jovem e melhorar a saúde de outros órgãos. “As pesquisas mostram que esse suco (integral de uva) é realmente muito importante para a saúde. Ele sai varrendo tudo que é de ruim do nosso organismo. Ele é praticamente perfeito”, afirma a nutricionista Adna Coelho.

O vinho, que é um derivado muito conhecido da uva, também tem seus privilégios. “A gente recomenda uma taça diária de vinho tinto. Ele ajuda na digestão, então pós-almoço e pós-jantar é uma boa opção. A uva contém o resveratrol, que atua contra alguns males e ajuda na saúde”, informa a nutricionista Cibele Guerra.

No entanto, na América do Sul, não é o Brasil que se destaca quando o assunto é vinho. O Chile está à frente nesse aspecto, e ao lado da Argentina aparece como o país que mais se destaca no continente sul-americano. Em regiões chilenas como Viña del Mar e Valparaíso, por exemplo, onde há vinícolas em regiões turísticas, a produção é muito grande.

Com isso, não é qualquer vinho que é recomendado pelos especialistas. “Vale ressaltar que é bom ficar de olho nas condições do vinho. Principalmente os chilenos e portugueses se destacam muito na qualidade”, afirma Cibele.

Como todas as frutas, é bom não exagerar no consumo diário da uva. Portanto, adicionar no seu dia um cacho, uma taça de vinho de qualidade ou um copo de suco vai fazer muito bem para a saúde e prevenir contra possíveis problemas. Uma fruta acessível e popular que pode fazer a diferença.

 

 

Recomendados para você:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *