Ressaca: dicas para evitar e como curar!

Exagerou e ficou de ressaca? Veja nossas dicas para curar a ressaca e evitar que ela ocorra na próxima vez que beber.

Quem nunca exagerou na bebida e acabou sendo visitado pela ressaca? Quem costuma beber socialmente vez por outra pode acabar sentindo o desprazer de ter uma ressaca, algo que não é nem um pouco legal. Pensando nisso, hoje em nosso site vamos mostrar o por que ela ocorre, como evitar e dar algumas dicas do que fazer se você já estiver sofrendo com ela. Acompanhe com a gente.

O que é a ressaca?

ressaca

Indo direto ao assunto, o termo ressaca,  é uma palavra em cuja etimologia estão presentes os significados “mal-estar após libertinagem” e “dor”, é uma frequente, embora desagradável, experiência entre as pessoas que bebem até atingirem o nível de embriaguez. A ressaca sempre se associa à intoxicação aguda de álcool, inicia-se cerca de 6 a 8 horas após cessar o consumo e pode durar até 24 horas. Os sintomas da bebedeira duram até o fígado conseguir neutralizar todo o álcool que circula no sangue, e como explicamos acima, pode levar horas. Mas depois, é a hora da ressaca!

Sintomas

Na ressaca sentimos a boca seca com gosto amargo, tontura, fraqueza nas pernas, dor de cabeça e caso você esteja com o estômago vazio, pode acrescentar enjoo e vômitos nos sintomas. Muitas vezes a diarreia aparece também com um cheiro de álcool “no ar”.

Dicas para evitar a ressaca

Não beba de estômago vazio
Não é porque as bebidas alcoólicas têm (muitas) calorias que elas contam como refeições. Beber de estômago vazio faz o álcool ser absorvido mais rapidamente – com ele cheio, é o contrário. É importante comer bem antes de tomar todas.

Evite as misturas

Você não é alquimista, então evite misturar tudo o que vê pela frente.
Cerveja + vinho + vodka + catuaba + whisky = ressaca pré-coma alcoólico, tome cuidado!

Anúncio Patrocinado:
   

Intercale a bebedeira com água

Uma dica super importante, é que entre um drink e outro, sempre beba água, suco ou refrigerante. A água ajuda a diluir a quantidade exorbitante de álcool do seu organismo (você faz mais xixi e elimina o “veneno”). Já o açúcar do suco ou refrigerante (a famosa glicose) também ajuda a te salvar da ressaca no dia seguinte.

Outras dicas úteis:

– coma frutas antes de beber. A frutose, açúcar presente nesses alimentos, evita que o nível de açúcar no sangue diminua com a bebida;

– nunca beba de estômago vazio;

– evite alimentos de digestão difícil, como feijoada e carnes vermelhas, e escolha bebidas com menor teor alcoólico, como cervejas leves;

– reserve um tempo entre as comemorações para dormir à tarde e se alimentar em intervalos regulares;

– depois de beber, tome pelo menos meio litro de água antes de dormir;

Dica: quanto mais escura a bebida destilada, mais congêneres ela tem e mais forte a ressaca. Tequila, rum, whisky são tiro e queda.

Ela já chegou! Como curar?

A dica número um para curar a ressaca é beber muita água, especialmente se estiver calor. Água de coco, sucos naturais e isotônicos também ajudam na reposição de minerais. Mas existem outras dicas:

– Analgésicos só em último caso, seu estomago já estará perturbado, e esses remédios agridem ainda mais.

– Evitar alimentos gordurosos e excesso de cafeína

– Mesmo sem vontade de comer, é preciso se alimentar adequadamente e optar por alimentos leves.

– Tentar dormir. O corpo precisa de tempo para descansar e se

Conclusão

Bom pessoal, lembrem-se sempre que exageros sempre irão fazer mal para a saúde, mesmo que você siga as dicas acima, elas não garantem que você pode exagerar e não ter ressaca, servem apenas para tentar remediar a situação.

Ah e nada de beber e dirigir hein? Já falamos em outros artigos aqui também, sobre várias doenças, como por exemplo o famoso calcanhar de maracuja(imagens fortes) sugiro a leitura do artigo.

Dúvidas ou sugestões de novos artigos deixem aí nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *