Osteoporose: como ocorre? como evitar?

A osteoporose é uma doença muito comum na velhice, atinge cerca de 80% dos idosos e é mais comum nas mulheres do que nos homens. A prevenção dessa doença tem que ocorrer ao longo da vida, através do consumo de alimentos saudáveis e da prática de exercícios que fortalecem os ossos.

Com o passar dos anos os ossos do corpo se desgastam e enfraquecem, no entanto, quando esse enfraquecimento passa comprometer a qualidade de vida, causando dores e provocando fraturas com muita facilidade, é caracterizada a osteoporose.

O envelhecimento aumenta as chances de desenvolver essa doença óssea. (Foto: Divulgação)

O envelhecimento aumenta as chances de desenvolver essa doença óssea. (Foto: Divulgação)

Como ocorre Osteoporose?

A osteoporose é decorrente de um processo natural do corpo humano. Os ossos são mantidos fortes e intactos durante a juventude, devido ao trabalho intenso de dois tipos de células, uma responsável por remover os tecidos ósseos envelhecidos e outra encarregada de reconstruir esses tecidos.

Até os 20 anos de idade os ossos utilizam os nutrientes provenientes da alimentação para crescer, já dos 20 aos 35 anos eles aumentam a densidade de maneira considerável. Sendo assim, penas a partir dos 35 anos que os ossos realmente começam a envelhecer, mas é processo lento e permite que nenhuma consequência seja evidente até os 60 anos de idade, principalmente se durante o período de aumento da densidade, o indivíduo manteve uma vida saudável e cuidou da saúde dos ossos.

A osteoporose costuma dar os primeiros sinais após os 60 anos porque o processo de absorção e reconstrução de tecidos fica comprometido e o corpo mais absorve tecido ósseo do que constrói. Esse efeito é intensificado pela menopausa, por este motivo, a doença é mais comum no corpo feminino.

Sintomas de Osteoporose

Assim que os primeiros sintomas se manifestarem, procure um médico. (Foto: Divulgação)

Assim que os primeiros sintomas se manifestarem, procure um médico. (Foto: Divulgação)

A osteoporose é uma doença silenciosa, ela dificilmente apresenta sintomas quando está em estágio inicial. Geralmente, só é descoberta após dores fortes e fraturas, quando já está em estágio avançado. Confira alguns sintomas que podem ajudar a identificar a osteoporose:

Anúncio Patrocinado:
  • Sensibilidade nos ossos
  • Dores fortes na perna
  • Dor na região lombar
  • Dor no pescoço
  • Diminuição da estatura
  • Postura curvada

O diagnóstico é feito com a avaliação dos sintomas e também com exames radiológicos, que apontam fraturas ou indicam que a espessura dos ossos está fora do comum.

Como evitar osteoporose?

A principal causa da osteoporose é a deficiência de cálcio e vitamina D, sendo é assim, é muito importante consumir alimentos derivados do leite e se expor a luz do sol por 15 minutos todos os dias. A ingestão de alimentos como a castanha-do-pará, a ameixa, o brócolis, o espinafre, o quiabo e até o feijão de soja, também pode auxiliar na prevenção da doença.

Outra dica importante para evitar a osteoporose é não ser uma pessoa sedentária, os exercícios físicos aumentam a resistência e são capazes de deixar os ossos mais fortes. E quem já tem a doença também pode sentir esses benefícios, é preciso apenas tomar cuidado com a intensidade de cada exercício, nesses casos, a atividade mais indicada é a caminhada.

Pessoas que são alérgicas aos laticínios, principais fontes de cálcio, devem optar por prevenir o déficit desse nutriente no organismo com a ajuda de suplementos em cápsulas. Para isso, é necessário recorrer a um nutricionista, só esse profissional pode indicar qual a quantidade ideal a ser ingerida diariamente.

Recomendados para você:

2 comments

  1. Nadir Gonçalves

    Bt tenho 56 anos e tenho um desgaste no meu joelho direito, hj não faço exrecios físicos e tenho muitas dores, oque eu devo tornar de vitamina para aliviar as minhas dores? Obrigada Nadir Gonçalves?

    • Andreia Mattos

      Olá Nadir, obrigada pelo seu comentário. Gostamos de manter uma relação estreita com os nossos leitores e a nossa primeira sugestão é que procure um médico ortopedista, que é especialista em ossos e problemas relacionados. Esse profissional poderá indicar o melhor tratamnto, medicação e até mesmo alguma atividade física com baixo impacto. Não desista, tenha a sua saúde e corpo como prioridade. Isso também é ter qualidade de vida! Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *